Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.847, de 03/06/2013

    Desalojamento pelo porrete, artigo de Bruno Peron Caravana Agroecológica vai ao encontro de famílias que resistem ao avanço do agronegócio em Minas A luta pela terra em Araponga (MG) garantida pela agroecologia Agroflorestas garantem água e biodiversidade na bacia do Alto Paraguai MPF denuncia prefeito e três secretários de Volta Redonda (RJ) por crimes ambientais Exploração de carcinicultura deve cumprir resoluções do Conama A tecnologia e a aposta na minimização

Desalojamento pelo porrete, artigo de Bruno Peron

  Foto no blog Copa Pública   [EcoDebate] Há duas causas dos desalojamentos: naturais e forçadas. A primeira decorre de condições ambientais como erosão de solos, caída de árvores, chuvas excessivas e inundações. No entanto, abordarei a segunda como um aspecto da falta de conciliação entre o discurso oficial do Maquinário brasileiro e os desalojados, que sustentam lutas históricas por maior inserção social. A modernidade estabeleceu uma incompatibilidade entre os meios rural e urbano:

Caravana Agroecológica vai ao encontro de famílias que resistem ao avanço do agronegócio em Minas

  Por Gleiceani Nogueira - Asacom, Entre uma comunidade e outra, passando por estrada de asfalto, de barro, de terra, subindo e descendo morros, adentrando a Mata Atlântica, a Caravana Agroecológica e Cultural da Zona da Mata – MG percorreu durante três dias (22 a 24 de maio) em torno de 1627 quilômetros. Para se ter uma ideia, essa distância equivale a sair de São Luiz, capital maranhense, a Salvador, na Bahia, no

A luta pela terra em Araponga (MG) garantida pela agroecologia

  Araponga (MG) - A história da comunidade Novo Horizonte, em Araponga, zona da mata mineira, é emblemática no vínculo da luta pela terra com a agroecologia. Ao todo são 84 hectares, e o que era antes um latifúndio se tornou 30 propriedades mais a Escola de Família Agrícola Puris (EFA). São quatro escrituras, por meio da Conquista Coletiva de Terras, que legitimam as áreas coletivas compradas. Essa foi uma das

Agroflorestas garantem água e biodiversidade na bacia do Alto Paraguai

    [Por Andrés Pasquis / ICV] Municípios da Bacia do Alto Paraguai estão desenvolvendo um projeto para a melhoria dos sistemas produtivos da agricultura familiar através de cursos de capacitação e elaboração de estudos que subsidiem a recuperação das Áreas de Preservação Permanente (APPs). Na última semana, o Instituto Centro de Vida (ICV) realizou um acompanhamento das atividades de manejo agroflorestal para a recuperação de APPs em propriedades localizadas nos Projetos

MPF denuncia prefeito e três secretários de Volta Redonda (RJ) por crimes ambientais

  Foto: Diário do Vale   Antonio Neto e três secretários são acusados de descaso sobre lixão A Procuradoria Regional da República da 2ª Região (RJ/ES) ofereceu denúncia à Justiça contra o prefeito de Volta Redonda, Antônio Francisco Neto, e três secretários por crimes ambientais ao se omitirem, desde 2009, sobre os danos do “lixão” para a cidade. Além de Neto, foram denunciados Carlos Amaro Carvalho (secretário de Meio Ambiente), Nelson dos Santos Gonçalves

Exploração de carcinicultura deve cumprir resoluções do Conama

  Carcinicultura. Foto Rede Brasileira de Justiça Ambiental   Parecer da PGR opina pela improcedência de ADPF que questiona normas ambientais A Procuradoria Geral da República (PGR) defendeu o não conhecimento e a improcedência da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 127, que questiona resoluções do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) que delimitam áreas de preservação permanente e licenciamento ambiental de empreendimentos que envolvam atividades de carcinicultura (criação de camarão). A ADPF

A tecnologia e a aposta na minimização da insustentabilidade. Entrevista com Jefferson Gomes

  “A nova geração aprendeu a compartilhar o tudo que faz. E esse modelo que estamos experimentando será um modelo compartilhado. A energia, tal como a internet, será compartilhada também”, afirma o engenheiro mecânico. Confira a entrevista. Foto: www.radioblog.com.br “O ser humano por si só é insustentável”. Por isso, assinala Jefferson de Oliveira Gomes, não se pode tratar o conceito “sustentabilidade como algo que está simplesmente restrito ao tripé: econômico, social e ambiental”. O

Mata Atlântica: Caça a aves e redução do bioma afetam espécies que evitariam colapso da floresta

    Mata Atlântica menos diversa A caça a aves como tucanos e arapongas acelera a perda de diversidade da Mata Atlântica. As flores deixam de ser polinizadas e as sementes, além de dispersas em uma área mais restrita, tornam-se cada vez menores, e com menor potencial de germinação. O diagnóstico, publicado hoje na revista "Science", é de um grupo de cientistas da Unesp (Universidade Estadual Paulista), USP (Universidade de São Paulo) e

Niterói: Filme Planet Ocean tem exibição gratuita durante o Dia Internacional do Meio Ambiente

    No Dia Interacional do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho, a Universidade Federal Fluminense e a Energy Marcon exibem gratuitamente, às 14h, o documentário Planet Ocean. A atividade acontece na Universidade Federal Fluminense, no auditório Macunaíma do Instituto de Letras, Campus Gragoatá , Bloco B, São Domingos em Niterói. Haverá distribuição de senhas no local às 13h. A Energy Marcon em parceria com a Good Planet, detentora dos direitos do

Os índios, a legislação e quem a desrespeita, artigo de Washington Novaes

  Brasília, 18/04/2013 – Índios fazem manifestação no Palácio do Planalto. Eles protestam contra a proposta de emenda constitucional sobre a demarcação de terras indígenas. (Foto: Valter Campanato/ABr)   [O Estado de S.Paulo] Diz o relatório anual O Estado dos Direitos Humanos no Mundo, divulgado pela Anistia Internacional (BBC Brasil, 22/5), que "vivemos em um país sob um déficit de justiça muito grande" em vários setores, principalmente indígenas e de moradores de favelas,

Aprovação da PEC 37 comprometerá combate ao trabalho escravo

  Imagem no blogue Combate ao Racismo Ambiental   Declaração do procurador-geral do Trabalho foi dada na abertura de evento ibero-americano de Ministérios Públicos O procurador-geral do Trabalho, Luís Camargo, destacou nesta terça-feira (28) as graves consequências de eventual aprovação da Proposta de Emenda Constitucional 37/11 (PEC 37) também para o Ministério Público do Trabalho (MPT). "Se aprovada essa PEC, ficaremos impedidos de atuar para erradicar o trabalho escravo no Brasil." A declaração foi

Top