Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.554, de 21/03/2012

  A Amazônia não é nossa! artigo de José Eustáquio Diniz Alves O golpe da venda de créditos de carbono, artigo de Telma Monteiro Verdades inconvenientes sobre a termelétrica Suape III, artigo de Heitor Scalambrini Costa Crisis Urbanas: Privilegios e Inequidades, por Ricardo Luis Mascheroni Desmatamento na Amazônia: Imazon regista aumento de 59% em relação a fevereiro de 2011 Agrotóxicos: uso excessivo compromete saúde da população. Entrevista com João Paulo Stedile

A Amazônia não é nossa! artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  [EcoDebate] A Amazônia não é nossa e nem de ninguém. A Amazônia não pertence ao Brasil, nem à Bolívia, Peru, Colômbia ou Venezuela. Não pertence a país algum. A Amazônia não é um patrimônio da humanidade. Desde seu berço, ela nunca teve dono, pois nasceu e cresceu muito antes do surgimento do ser humano. A Amazônia pertence a ela mesmo. A Amazônia deveria ser entendida como um “patrimônio” da natureza e

O golpe da venda de créditos de carbono, artigo de Telma Monteiro

O contrato de venda de carbono (REDD) assinado por alguns indígenas da etnia Munduruku com a empresa irlandesa Celestial Green pôs em evidência uma discussão até então marginalizada.  Sobre esse assunto leia Empresa irlandesa compra direitos sobre créditos de carbono dos índios Munduruku, no Pará  O golpe da Celestial Green Ciaran Kelly, CEO da Celestial Green é um gênio do ilusionismo. Tem sob sua única responsabilidade e direção mais de 14 empresas, quase

Verdades inconvenientes sobre a termelétrica Suape III, artigo de Heitor Scalambrini Costa

  [EcoDebate] Com o anúncio e a repercussão da instalação da usina termelétrica mais suja do mundo no Cabo de Santo Agostinho, a 10 km do balneário de Porto de Galinhas, vários posicionamentos prós e contras foram apresentados. A decisão solitária e incompreensível do governo de Pernambuco de atrair esta usina provocou um debate indesejável para aqueles que não querem discutir os rumos do desenvolvimento sustentável no Estado, e conseqüentemente a

Crisis Urbanas: Privilegios e Inequidades, por Ricardo Luis Mascheroni

  “el apetito por la ganancia rápida contribuye a la presente concentración de edificios altos,…y es dañina desde el punto de vista del bienestar público. De manera que mirando más de cerca…., se recibe una impresión más clara de la devastación urbana." Lewis Mumford (1) [EcoDebate] Estas reflexiones se basan en situaciones localizadas en la ciudad de Santa Fe, en torno a la insuficiencia, empobrecimiento y obsolescencia de servicios básicos, como electricidad,

Desmatamento na Amazônia: Imazon regista aumento de 59% em relação a fevereiro de 2011

  Em fevereiro de 2012, o Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) detectou 107 quilômetros quadrados de desmatamento na Amazônia legal. Isso representou um aumento de 59% em relação a fevereiro de 2011 quando o desmatamento somou 67 quilômetros quadrados. O desmatamento acumulado no período de agosto de 2011 a fevereiro de 2012 totalizou 708 quilômetros quadrados. Houve  redução de 23% em relação ao período anterior (agosto de 2010  a

Agrotóxicos: uso excessivo compromete saúde da população. Entrevista com João Pedro Stedile

  João Paulo Stedile em palestra na Fiocruz. Foto: Fernando Taylor (Asfoc). O uso de agrotóxicos no campo como forma de aumentar a produção agrícola é o principal alvo da Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida, lançada em 2011 e coordenada por João Pedro Stedile, líder do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Stedile arrebatou o público da Fiocruz na última quarta-feira (14/2), com palestra sobre o tema, que

Banco de dados reúne informações sobre espécies arbóreas da floresta pluvial atlântica

  A chave da diversidade Ainda persistiam alguns pontos obscuros sobre o conhecimento da floresta pluvial atlântica que, em grande parte, foram desvendados pela ecóloga Roberta Macedo Cerqueira em sua tese de doutorado, defendida no Instituto de Biologia (IB). Ela descobriu que não a chuva e sim variáveis espaciais como altitude, latitude e longitude foram os únicos fatores a influenciar na maior ou menor diversidade das espécies arbóreas. “Conforme aumentava a altitude

Estudo analisa a relação entre o tráfego de veículos e a mortalidade por doenças do aparelho circulatório

  Densidade de ruas pode se relacionar a doenças circulatórias Habermann analisou o tráfego na cidade de São Paulo, para analisar sua relação com a mortalidade por doenças do aparelho circulatório Estudo da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), publicado em artigo da Revista de Saúde Pública, analisou a relação entre o tráfego de veículos e a mortalidade em homens adultos por doenças do aparelho circulatório. Segundo a pesquisa, quanto maior a densidade

Estudo avalia a relação entre comportamentos de risco e suicídio em jovens de Pelotas

  Dentre os jovens que exibiram risco de suicídio, 31,6% tinham transtorno de ansiedade generalizada, 37,7% transtorno bipolar e 36,7% apresentaram episódio depressivo maior Para os profissionais da saúde, avaliar o risco de suicídio, que abrange tanto a idealização do ato quanto as tentativas cometidas, constitui um desafio mais importante do que buscar a causa imediata da ação. Cientes da necessidade de compreender melhor esse risco a fim de auxiliar o desenvolvimento

Impasse na Câmara adia votações do Código Florestal e da Lei Geral da Copa

  PSDB e DEM ameaçaram obstruir sessões se não for marcada a votação do Código Florestal. Foto de J.Batista, Agência Câmara de Notícias A votação da Lei Geral da Copa prevista para ontem (20) foi adiada em função da não definição da data de votação do novo Código Florestal. A oposição quer atrelar a votação da Lei da Copa à votação do código. Para tentar uma saída para o impasse, os líderes

Pedreiras são interditadas e trabalhadores são resgatados no noroeste do Estado do Rio de Janeiro

  Cerca de 20 pedreiras foram alvo de fiscalização durante operação conjunta do Ministério Público do Trabalho, Ministério do Trabalho e Emprego e Polícia Rodoviária Federal dias entre os dias 12 a 16 de março. Inúmeras irregularidades trabalhistas foram encontradas, como risco iminente à integridade física dos empregados devido ao uso de maquinários inadequados. Condições degradantes nas frentes de trabalho também foram detectadas e sete trabalhadores foram resgatados. Os pontos de extração

Cúpula dos Povos vai criticar metas da Rio+20 e propor alternativas

  Questionar modelos de desenvolvimento, debater o conceito de ‘economia verde’ e propor soluções alternativas para um verdadeiro mundo sustentável. São essas as principais resoluções da Cúpula dos Povos, reafirmadas na tarde desta segunda-feira (19/3), durante coletiva de imprensa realizada no Rio de Janeiro. A mesa de entrevistados foi composta por um diversificado grupo de representantes de organizações sociais – integrantes do Comitê Facilitador da Sociedade Civil Brasileira para a Rio+20

Mulheres querem mais participação e voz ativa nos debates da Rio+20 sobre o futuro do planeta

  As mulheres querem entender os efeitos que as novas decisões dos governos de todo o mundo terão no seu dia a dia e também pretendem apresentar as alternativas que estão sendo construídas em contraponto a esse modelo. Esse é o posicionamento que será levado pelas organizações representativas das mulheres na Cúpula dos Povos, evento que ocorrerá em junho, no Rio de Janeiro, paralelamente à Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento

Ponte entre Rios: os rumos da Terra desde 1992

  Em junho de 1992, na Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, no Rio de Janeiro, durante pouco menos de sete minutos, o discurso de uma australiana de apenas 12 anos chamou a atenção de vários chefes de Estado presentes na ocasião. O texto que Severn Cuttis Suzuki lia versava sobre o futuro do planeta e sua voz ecoava as gerações vindouras. Dizia aos presentes: "Vocês não sabem

Educação ambiental no Brasil: o que mudou nos vinte anos entre a Rio 92 e a Rio+20, artigo de Philippe Pomier Layrargues

  [ComCiência] Como a cultura científica brasileira não tem incorporada a rotina de produção e sistematização da informação em séries históricas periódicas, o que pode então nos auxiliar para efetuar a reflexão sobre as mudanças que ocorreram em certo campo social ao longo de um determinado período é, basicamente, o testemunho da vivência militante dos profissionais que acompanharam o desenrolar dessa história. Se para exercícios dessa natureza, como no campo da

Empresas do setor elétrico começam a tirar do papel projetos de energia solar no Brasil

  As empresas do setor elétrico começam a tirar do papel os projetos de pesquisa e desenvolvimento que têm o objetivo de tornar a energia solar economicamente viável no País. No ano passado, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou 18 propostas, que totalizam cerca de R$ 400 milhões e buscam encontrar as tecnologias capazes de derrubar o preço da energia fotovoltaica a um terço do cobrado atualmente. Reportagem de

Aumento das emissões de gases de efeito estufa podem causar US$ 2 tri danos aos oceanos

  Foto: WWF Estudo estima em US$ 2 tri danos do aquecimento aos oceanos - As emissões de gases de efeito estufa podem chegar a provocar danos da ordem de US$ 2 trilhões ao ano aos oceanos, segundo um estudo sueco publicado nesta quarta-feira. Matéria da AFP. A estimativa, feita pelo Instituto Ambiental de Estocolmo, se baseia na suposição de que as emissões de carbono que alteram o clima continuarão numa espiral ascendente

Energia Termosolar: A usina Gemasolar, na Andaluzia, funciona até de noite

  A usina Gemasolar possui painéis que refletem os raios do sol numa grande intensidade. Foto: divulgação Na usina Gemasolar, ninguém se preocupa quando o céu está nublado: graças a uma tecnologia única no mundo, a energia acumulada quando o sol brilha permite produzir eletricidade mesmo à noite ou em dias chuvosos. Por Katell Abiven, AFP. A central, que entrou em operação em maio passado, não passa despercebida na planície andaluza, no sul

Top