Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.280, de 15/02/2011

Memes, uma nova cultura, artigo de Montserrat Martins As uvas continuam verdes, artigo de Maurício Gomide Martins As tragédias e o essencial da dinâmica evolutiva da escarpa da Serra do Mar, artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos Após 6 anos da morte de Dorothy, tensão ronda assentamento, artigo de Felipe Milanez Conselho de Defesa dos Direitos Humanos cria comissão para apurar conflitos agrários no Pará Survival International: Nômades isolados da Amazônia enfrentam aniquilação MPF/MG vai à

Memes, uma nova cultura, artigo de Montserrat Martins

[Ecodebate] Se eu disser que aquela mulher do “eu te conheço?”, do Zorra Total, agora está na novela das nove, você talvez lembre de quem estou falando. “Eu te conheço?” é um “bordão”, frase curta que entra na sua mente e fica gravada na sua memória. É um exemplo de “meme”. Você nunca ouviu falar de “meme”, mas sua vida está cheia deles – é tudo que se fixa

As uvas continuam verdes, artigo de Maurício Gomide Martins

[EcoDebate] Já que não conseguimos alterar as ações irracionais da atual civilização, em sua sanha de crescimento material e concomitante destruição dos valores espirituais, vamos procurar um caminho que nos traga compensação, tirando por um momento nosso olhar do parreiral ecológico, donde pendem as uvas a que tanto desejamos. Vamos acomodar nossos ideais e gritos de vida em pontos suaves e tranqüilos – enganando-nos por esforço de auto-anestesia mental –, num

As tragédias e o essencial da dinâmica evolutiva da escarpa da Serra do Mar, artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos

[Ecodebate] Ao menos aprender definitivamente a lição: caso os empreendimentos humanos não levem em conta, desde seu projeto até sua implantação e operação, as características dos materiais e dos processos geológicos naturais com que vão interferir e interagir, é certo que a Natureza reagirá com conseqüências extremamente onerosas social e financeiramente, e muitas vezes trágicas no que diz respeito à perda de vidas humanas. Há cerca de 60 milhões de anos,

Após 6 anos da morte de Dorothy, tensão ronda assentamento, artigo de Felipe Milanez

Esperança A lua cheia se recolheu atrás das nuvens, e algumas gotas anunciam a chuva iminente. "Mas não vai chover agora", comenta João Araújo. "Só mais tarde, de madrugada." Ele fala como quem conhece as intempéries da Amazônia. O telhado de lona que protege algumas redes deve dar conta. João preferiu apenas palha de palmeira, num cantinho onde armou sua rede. Costume de dormir na mata, dos tempos em que trabalhou nos

Conselho de Defesa dos Direitos Humanos cria comissão para apurar conflitos agrários no Pará

Dois dias após o assassinato da missionária norte-americana Dorothy Stang ter completado seis anos, a tensão e a violência que tem caracterizado os conflitos agrários no estado do Pará voltaram a mobilizar o Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (CDDPH). Ontem (14), na primeira reunião do órgão presidida pela ministra de Direitos Humanos, Maria do Rosário, os conselheiros aprovaram a criação de uma comissão especial para analisar e propor

Survival International: Nômades isolados da Amazônia enfrentam aniquilação

Um homem Awá no meio dos restos queimados da floresta da sua tribo. © Survival Um relatório chocante obtido pela Survival International revela que o lar da tribo de nômades Awá sofreu mais desmatamento do que qualquer outro território indígena na Amazônia Legal em 2009. Cerca de 60 a 100 Awá conseguiram permanecer isolados, mas o seu último refúgio está sendo destruído. Um enorme afluxo de madeireiros e colonos está invadindo o território,

MPF/MG vai à Justiça para obrigar ICMBio a elaborar o plano de manejo da APA Morro da Pedreira

A falta do instrumento coloca em risco a conservação ambiental do próprio Parque Nacional da Serra do Cipó O Ministério Público Federal (MPF) em Minas Gerais (MG) ajuizou ação civil pública para obrigar o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) a concluir, no prazo máximo de 12 meses, o plano de manejo da APA Morro da Pedreira. A APA Morro da Pedreira, além de sua relevância para o ecossistema da

IPT vai construir usina de cana com triplo de capacidade para geração de energia elétrica

O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) vai construir uma usina de processamento de cana-de-açúcar capaz de gerar o triplo da energia elétrica produzida em empreendimentos desse tipo já existentes no Brasil. A usina deve entrar em atividade em três anos no município de Piracicaba, no interior de São Paulo, e servirá de modelo ao setor sucroalcooleiro. O projeto da usina foi apresentado ontem (14) ao ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio

Inpe produz vídeo que mostra os deslizamentos causados pelas chuvas na região serrana do Rio de Janeiro

Os deslizamentos causados pelas chuvas em Nova Friburgo, na região serrana do Rio de Janeiro, em janeiro, podem ser melhor observados em um vídeo produzido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), a partir da imagem de satélite aplicada sobre um modelo que confere perspectiva 3D. Chamada pelos especialistas de DEM (sigla em inglês para Modelo Digital de Elevação), a técnica, que reproduz a distribuição espacial

Movimentos sociais convocam ações mundiais

Inspirados pelas lutas no norte da África – mencionadas em quase todas as falas – centenas de ativistas lotaram completamente o anfiteatro, para a assembléia dos Movimentos Sociais. Organizada pela Marcha Mundial de Mulheres, Via Campesina, CADTM, CERPAC, UNSAS, COMPA, ASC, CUT, entre outras, a assembléia, bem como o documento final, convoca atores e forças populares de todos os países a desenvolver ações de

‘A sagrada herança de Ir. Dorothy precisa ser defendida e multiplicada’. Entrevista com Zenilda Petry, Margarida Pantoja e Jane Dwyer

“Um martírio é sempre gerador de ressurreição”. É com essas palavras de entusiasmo e esperança que a presidente da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB) – Regional de Belém, Pará, Ir. Zenilda Petry, lembra os seis anos do falecimento da missionária católica Dorothy Stang, assassinada em 12 de fevereiro de 2005, depois de sofrer diversas ameaças de morte de grileiros e madeireiros da região. Dorothy foi morta com tiros a

Top