Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.186, de 23/09/2010

Edifícios sustentáveis: o exemplo do Bahrain WTC, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Eleições 2010: Os riscos da irresponsabilidade eleitoral, artigo de Pedro Luiz Teixeira de Camargo Dia mundial sem carro em contraponto à mobilidade motorizada individual, artigo de Carlos Henrique Ribeiro de Carvalho Trânsito ainda é o maior vilão da poluição no Rio de Janeiro CNBB condena violência contra os Guarani Kaiowá MPF/MS aguarda da Justiça autorização para acesso urgente a índios isolados em

Edifícios sustentáveis: o exemplo do Bahrain WTC, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

Bahrain WTC [EcoDebate] A urbanização é uma realidade que tem marcado a evolução da história humana. Atualmente, cerca da metade da população mundial vive em cidades, enquanto a outra metade vive no campo. Até 2030, em torno de 60% da população do mundo estará morando no meio urbano. A urbanização mundial deve chegar a 70%, em uma população de 9 bilhões de habitantes, no ano de 2050. Desta forma, qualquer solução ambiental

Eleições 2010: Os riscos da irresponsabilidade eleitoral, artigo de Pedro Luiz Teixeira de Camargo

[EcoDebate] Quando se olha para as eleições deste ano, especialmente nas de deputados vemos uma séria de artistas, ex-artistas ou mesmo ex-famosos tentando vaga seja na assembléia legislativa de diversos estados seja na câmara federal. Exemplos disso são alguns personagens de televisão como Tiririca, Ronaldo Esper, Mulher-Pera, Tati Quebra Barraco e Batoré serem candidatos, tanto faz se para deputado estadual ou para deputado federal. Nada contra as pessoas serem candidatas a cargos

Dia mundial sem carro em contraponto à mobilidade motorizada individual, artigo de Carlos Henrique Ribeiro de Carvalho

O dia 22 de setembro é celebrado no mundo inteiro como o Dia sem Carro. Essa iniciativa nasceu da proposta de ONGs ambientalistas e ligadas às questões de mobilidade para mostrar à população que é possível um padrão de mobilidade mais humano, com menos dependência do transporte individual, estimulando o uso do transporte público e o transporte não motorizado. Atualmente, várias prefeituras espalhadas pelo

Trânsito ainda é o maior vilão da poluição no Rio de Janeiro

Indústria precisa modernizar urgente seus sistemas de controle da poluição com novas tecnologias para reduzir emissão de gases de estufa, mas carro ainda é o grande causador da poluição. Assunto está na pauta do workshop Carbono Zero Embora seja consenso que a indústria precisa modernizar seus processos e tecnologias de controle da poluição, seja atmosférica ou através de efluentes líquidos, está provado que os transportes rodoviários são os principais responsáveis pela

CNBB condena violência contra os Guarani Kaiowá

A Presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou, na tarde desta quarta-feira, 22, uma nota pedindo a demarcação das terras do povo Guarani-Kaiowá, no Mato Grosso do Sul. A CNBB repudiou a violência que os indígenas têm sofrido, especialmente nas comunidades Y’poí, no município de Paranhos, e Ita’y Ka’aguyrusu, em Douradina. “São ataques a mão armada numa brutal intimidação aos habitantes dessas comunidades que se veem não

MPF/MS aguarda da Justiça autorização para acesso urgente a índios isolados em fazenda há 30 dias

Indígenas lutam pelo reconhecimento de área de ocupação tradicional em Paranhos, fronteira com o Paraguai O Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul (MPF/MS) ajuizou, no último dia 31 de agosto, ação civil pública para que os proprietários da Fazenda São Luiz, situada no município de Paranhos, fronteira com o Paraguai, sejam obrigados a aceitar o ingresso de órgãos estatais de assistência aos indígenas que estão acampados em uma pequena

Estudo analisa invasão da soja em terras indígenas no Mato Grosso

Relatório analisa o caso da TI Maraiwatsede, dos índios Xavante, com 90% da área invadida por fazendeiros, onde dois projetos de soja são responsáveis pelo maior desmatamento em Unidades de Conservação do Estado. O Centro de Monitoramento de Agrocombustíveis (CMA) da ONG Repórter Brasil lançou nesta semana um novo estudo sobre impactos da soja, focando a relação da sojicultura com as terras indígenas no Mato Grosso. Maior produtor do grão do país,

Estudo do Ipea mostra que mudanças climáticas podem reduzir capacidade de geração energia

As mudanças climáticas poderão provocar, nas próximas décadas, impactos "alarmantes" em algumas bacias hidrográficas brasileiras, especialmente no Nordeste. A redução dos estoques de água até 2100 seria mais moderada na Região Norte. Mas, nas demais, pode haver redução da capacidade de geração de energia hidrelétrica, de 29,3% a 31,5%. Os dados são do Boletim Regional, Urbano e Ambiental nº 4, divulgado ontem (22) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Regiões Norte e Nordeste serão as mais afetadas por mudanças climáticas

As populações das regiões Norte e Nordeste serão as mais afetadas nas próximas décadas se houver agravamento das condições climáticas no Brasil, o que pode aprofundar as atuais desigualdades regionais e de renda. O diagnóstico consta do Boletim Regional, Urbano e Ambiental número 4, elaborado por pesquisadores do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), e feito com a participação de especialistas de diversos setores no país. O documento associa os problemas

Mato Grosso lidera o ranking de queimadas no Brasil

Queimada no Cerrado, em foto de arquivo Fonte: SIG / ICV Mato Grosso é o estado com maior número de focos de calor do Brasil, totalizando 26.543 ocorrências entre primeiro de janeiro e 21 de setembro de 2010. Em segundo lugar está Tocantins, com 13.929 e, em terceiro, o Pará, que registrou 12.210 focos de calor neste ano. Os dados são do satélite NOAA-15, do Instituto Nacional

Programa BNDES Mata Atlântica aprova primeiro projeto de reflorestamento

O projeto de reflorestamento de 155 hectares de Mata Atlântica em Minas Gerais e no Espírito Santo do Instituto Terra vai receber R$ 2,5 milhões em recursos não reembolsáveis do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O anúncio foi feito ontem (22) pelo banco. É o primeiro projeto do Programa Iniciativa BNDES Mata Atlântica, que foi lançado no primeiro semestre do ano passado, com dotação prevista de R$ 15

Top