Índice da edição de 18/05/2010

Crise Ambiental: Ação e Reação, artigo de Maurício Gomide Martins Um sopro de energia renovável, artigo de Heitor Scalambrini Costa Contribuição com a luta imensa do povo contra o capital e o latifúndio, artigo de Virgílio de Mattos Exposição a agrotóxicos organofosforados pode contribuir para o Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) Reportagem Especial: Lixão de Paracambi, meio século de problemas para população de município fluminense Ministério Público aponta indícios de falhas no

Crise Ambiental: Ação e Reação, artigo de Maurício Gomide Martins

Foto: AP [EcoDebate] Esse é o ponto mais importante no momento para um perfeito entendimento do grave problema do meio ambiente. Referimo-nos ao interregno entre a ação e a reação. É lei básica, natural, de que à ação corresponde uma reação de força igual e em sentido contrário. Essa reação natural sempre se manifesta, mas o espaço de tempo entre a causa e o efeito varia muito segundo as circunstâncias. O

Um sopro de energia renovável, artigo de Heitor Scalambrini Costa

Foto de Lars Sundstrom, SXC.hu [EcoDebate] Os gestores da política econômica têm a convicção de que crescimento econômico é uma panacéia para todos os males do país. Pobreza? Basta fazer a economia crescer, ou seja, incrementar a produção (consumo de energia) de bens e serviços e estimular os gastos dos consumidores, e a riqueza se espalhará de cima para baixo na sociedade. Contra o desemprego é só intensificar a demanda

Contribuição com a luta imensa do povo contra o capital e o latifúndio, artigo de Virgílio de Mattos

[EcoDebate] Nunca foi tão importante o espaço do DOM TOTAL quanto hoje, para noticiarmos à população em geral que os sem-teto, os sem-casa, os sem-nada e sempre alvo do Direito Penal, do Estado Penal, estão nas ruas. Mais precisamente nas ruas de Belo Horizonte, mais exatamente na Praça 7 de Setembro, o marco zero da capital mineira. Após marcharem 25 quilômetros da Comunidade Dandara, bairro Céu Azul, até ao centro

Exposição a agrotóxicos organofosforados pode contribuir para o Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH)

[Por Henrique Cortez, do Ecodebate] Uma equipe de cientistas da Universidade de Montreal e da Universidade de Harvard descobriram que a exposição a agrotóxicos organofosforados está associada ao aumento do risco de Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) em crianças. Publicado na revista Pediatrics, a pesquisa [Attention-Deficit/Hyperactivity Disorder and Urinary Metabolites of Organophosphate Pesticides] descobriu uma ligação entre a exposição a pesticidas e a presença de sintomas de TDAH.

Reportagem Especial: Lixão de Paracambi, meio século de problemas para população de município fluminense

Lixo de Paracambi polui mananciais e governo promete novo aterro em um ano Produtores rurais de Paracambi não querem aterro sanitário no município fluminense Construção de aterros sanitários é a principal política de gestão de resíduos no Rio Um lixão a céu aberto, instalado há cerca de cinquenta anos, de maneira irregular no município de Paracambi, situado a 70 quilômetros da capital, preocupa os moradores. Ambientalistas cobram providências e exigem a

Ministério Público aponta indícios de falhas no aterro sanitário de Maceió

MPF e MP/AL vão aguardar relatório do Ibama para tomar providências e acionar Justiça Uma série de irregularidades no aterro sanitário de Maceió chamaram a atenção dos Ministérios Públicos Federal (MPF/AL) e Estadual (MP/AL), durante vistoria realizada em 12 de maio, em conjunto com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Acompanhada pela promotora de Justiça Micheline Tenório e pela gestora do Ibama/AL Sandra Menezes, a procuradora

Moradores de favelas cariocas cobram participação nos projetos destinados às suas comunidades

Nove comunidades populares cariocas, representando uma população favelada de 650 mil habitantes, entregaram ontem (17) aos governos estadual e municipal projetos de integração social com objetivo de tornar os moradores das favelas protagonistas de sua história de transformação. Os projetos foram entregues ao vice-governador Luiz Fernando Pezão e ao vice-prefeito carioca Carlos Alberto Muniz, durante a abertura do 22º Fórum Nacional. O fórum é promovido anualmente pelo Instituto Nacional de Altos

MPF/CE determina que Ibama e DNOCS preservem área do açude São Mateus

TAC resolve situação em relação à área de preservação permanente O Ministério Público Federal no Ceará assinou neste mês um termo de ajustamento de conduta (TAC) com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), no qual se comprometeram a não conceder licença, autorização ou permissão para qualquer atividade, obras ou serviços, na área de preservação permanente

Agricultura familiar é a maior categoria produtiva do Brasil

Hoje são cerca de 20 milhões de trabalhadores na agricultura familiar brasileira. O setor, que era visto como uma área de atraso e pobreza, passou a produzir além de alimentos, artesanato, moda e cultura. “O Brasil mudou muito. O setor que era desconsiderado antes, agora está fortalecido”, disse o ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, na última quinta-feira (13), durante abertura da Feira Nacional de Agricultura e Reforma Agrária - Brasil

Brasil poderia economizar cerca de R$ 8 bilhões por ano com reciclagem de todos os resíduos

Foto: ABr De acordo com estudo do Ipea, essa cifra poderá ser alcançada, caso a sociedade brasileira recicle todos os resíduos que são encaminhados aos lixões e aterros sanitátrios Se a sociedade brasileira reciclasse todos os resíduos que são encaminhados aos lixões e aterros, poderíamos economizar cerca de R$ 8 bilhões ao ano. Hoje, a economia gerada com a atividade de reciclagem varia de R$ 1,3 a 3 bilhões anualmente. Os dados são

Organizações preparam cartilha para que educadores estimulem jovens a preservar o meio ambiente

Três organizações não governamentais preparam o lançamento da cartilha Investigando a Biodiversidade: Guia de Apoio aos Educadores do Brasil. O objetivo é fazer com que os educadores consigam estimular os alunos para a preservação e conservação da biodiversidade a partir de sugestões didáticas e lúdicas. O guia é voltado para adolescentes de 11 a 14 anos. Mas, segundo os responsáveis, as atividades podem ser adaptadas para grupos de crianças e

Top