Para professor, programas policialescos reforçam visões negativas sobre moradores de comunidades mais pobres

Ver TV reúne especialistas para uma conversa sobre os chamados “programas policialescos.”     Em diversos programas de TV com fundo policial, a notícia se transforma em espetáculo mórbido. Isso, muitas vezes, desrespeita códigos de ética, direitos humanos e legislação. Este Ver TV recebe a gerente do núcleo de qualificação de mídia da Andi – Comunicação e Direitos, Suzana Varjão; o jornalista Pedro Caribé, coordenador da Rede de Mídia Livre Bahia 1798; e a

Câmara aprova regras sobre direito de resposta nos meios de comunicação; Matéria retorna ao Senado

Projeto considera ofensivo o conteúdo que atente contra a honra, a intimidade, a reputação, o conceito, o nome, a marca ou a imagem de pessoa física ou jurídica   Foto: Marcos Santos/USP Imagens   O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (20) o Projeto de Lei 6446/13, do Senado, que estabelece procedimentos para o exercício do direito de resposta por pessoa ou empresa em relação a matéria divulgada pela imprensa. Devido às

‘Governos tiveram pouco ou nenhum êxito em democratizar comunicação’, diz relator da OEA em evento da ONU

  Relator especial para a Liberdade de Expressão da OEA, Edison Lanza participou de mesa-redonda no Sindicato dos Jornalistas do Rio de Janeiro e destacou experiências globais que buscam regular a mídia ao mesmo tempo em que defendem e ampliam a liberdade de expressão. Encontro foi promovido pela ONU, Coletivo Intervozes e IESP/UERJ. “Todo ser humano tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência,

Especialistas debatem violações de direitos humanos na mídia brasileira

    As violações de direitos na mídia brasileira, principalmente em relação a crianças e adolescentes, foram debatidas ontem (18) no último dia do seminário Andi 21 anos - A Mídia Brasileira e os Direitos Humanos: Avanços e Desafios, realizado em Brasília nesta semana. Um dos assuntos abordados foi a aprovação, na comissão especial, da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 171/1993, que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos,

Especialistas defendem limites para a concentração econômica na mídia

    Especialistas defenderam que o Congresso Nacional estabeleça limites à concentração econômica nos meios de comunicação social, em audiência pública na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados nesta quinta-feira (11). O colegiado discutiu o Projeto de Lei4026/04, que determina que a operação de emissoras em rede não poderá alcançar audiência nacional superior a 50% dos lares, em qualquer horário. Também foi debatido o PL 6667/09, apensado ao

Relatório contabiliza e analisa violações à liberdade de expressão ocorridas no Brasil em 2014

  Foto: Marcos Santos/USP Imagens   Para marcar o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, celebrado ontem (3), a ARTIGO 19 publica o relatório “Violações à Liberdade de Expressão – Relatório Anual 2014”, resultado de um processo de monitoramento e apuração das violações ocorridas no Brasil contra a liberdade de expressão durante o ano passado. (Baixe a versão em PDF). O relatório contabiliza e analisa os casos de graves violações - homicídios, tentativas de assassinato,

A crise elétrica e a grande imprensa, artigo de Heitor Scalambrini Costa

    [EcoDebate] Sem dúvida é grave a situação do setor elétrico. E pode se tornar dramática se medidas urgentes não forem tomadas. Pode-se até repetir o desabastecimento ocorrido há 15 anos, por deliberada decisão política de não se fazer os investimentos necessários na geração, transmissão e distribuição de energia. As condições de hoje não são as mesmas do passado recente, mas os resultados da atual crise poderão ser idênticos. A oferta e

Por um novo início e por uma nova verdade, artigo de Mayron Régis

    [Territórios Livres do Baixo Parnaíba] Sem sombra de dúvida: o fim se aproxima, e de um jeito que se esgota com uma rapidez que aflige os olhos. Estaremos prontos para um novo início, sendo início aquilo que nos parece único sem deixar de ser outros? Estaremos prontos para uma nova verdade que, certamente, surgirá associada ou próxima a esse início, sem esquecer, contudo, verdades anteriores que morreram ou estão para

A Veja e o grupo NASPERS, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    [EcoDebate] Millôr Fernandes, quando foi demitido da Veja por ocasião de seu apoio a Brizola na eleição de 1982, comentou – em outras palavras - com sua ironia desconcertante: “não tenho nada contra a Veja. Minha divergência é apenas de ordem política, econômica, ética...”. Mais tarde o humorista voltaria à revista. Não leio Veja desde a década de 80, a não ser algum artigo que algum amigo me envie pela internet

O ídolo Neymar e a identidade brasileira, artigo de Artur Salles Lisboa de Oliveira

  [EcoDebate] A Copa do Mundo, como qualquer outro evento, vem e vai embora, deixando apenas lembranças, frustrações e registros estatísticos para os especialistas e curiosos. Independente do resultado final, Brasil vencedor ou não, o dia seguinte à final é a única certeza que todos nós temos: trabalho duro para pagar o seguro saúde da família. Aqueles poucos privilegiados que estão podendo desfrutar dos encantos da Costa Amalfitana no sul da

Carta em defesa do livre exercício do jornalismo

    “A luta da liberdade contra a tirania é a luta da memória contra o esquecimento”, Milan Kundera   O artigo 1º da lei que regulamenta a profissão de jornalista é claro: “O exercício da profissão de jornalista é livre, em todo o território nacional”. No entanto, neste sábado (10/5), práticas de militares do Exército colocaram em risco a liberdade do exercício do jornalismo, no conjunto de favelas da Maré, na Zona Norte

Nota Pública em repúdio ao acirramento das agressões contra jornalistas no Rio

    É inaceitável e injustificável a violência dirigida contra jornalistas, em qualquer caso. O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro repudia as agressões físicas e verbais sofridas por jornalistas nos últimos dias durante o exercício da profissão. A violência têm partido não só de policiais militares e outros agentes públicos, como também creditadas a traficantes de drogas e de indivíduos que participam de manifestações públicas. Jornalistas precisam ser

Top