Acusados de derrubar mais de 20 mil m3 de florestas nativas em Santarém (PA) são condenados a recuperar a área degradada

  O total de madeira ilegal movimentada ultrapassou os 20 mil metros cúbicos, equivalente a cerca de 500 caminhões carregados de toras Arte: Secom/PGR A Madesa Madeireira Santarém e seu sócio Luiz Fernando Ungenheuer foram condenados pela Justiça Federal a recuperar uma área degradada em decorrência de derrubadas ilegais de florestas nativas dentro do assentamento Corta Corda e outras áreas públicas, no município de Santarém, na região oeste do Pará. Em sentença assinada em 8

Imazon divulga dados do desmatamento na Amazônia e aponta aumento em comparação com janeiro do ano passado

Boletim do desmatamento da Amazônia Legal (janeiro de 2019) SAD Por Stefânia Costa O Imazon publicou os dados do Boletim do Desmatamento (SAD) referentes ao mês de janeiro de 2019. No total, foram detectados 108 km² de desmatamento na Amazônia Legal. Segundo o boletim, no primeiro mês de 2019, houve um aumento de 54% em comparação com os dados de janeiro de 2018. O estado do Pará é o primeiro do ranking com

Denúncia de desmatamento nos municípios de Buriti e Chapadinha, MA

    Os municípios de Buriti, Mata Roma, Chapadinha e Afonso Cunha se localizam na bacia do Médio Rio Munim, rio que corta e abastece vários povoados e municípios do norte e centro-norte maranhense. O rio Munim tem suas nascentes principais no município de Aldeias Altas, região dos Cocais, onde sofre impacto pela produção de cana-de-açúcar, e no município de Codó, onde sofre impactos pela criação de gado. No final dos anos 90, a

Amazônia: Primeiro a motosserra, depois o fogo; o vento vem enfim encerrar a saga

  Tempestades de vento intensificam a degradação de florestas Nova pesquisa do IPAM detalha como as árvores altas que sobreviveram, ainda que combalidas, ao desmatamento e às queimadas padecem por fim às tempestades, que estão a cada dia mais fortes e frequentes. Do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM) As tempestades de vento são distúrbios que ocorrem naturalmente na Amazônia, porém podem amplificar os impactos na floresta do desmatamento e o fogo. Um artigo científico

Cerrado é o bioma brasileiro com maior taxa de desmatamento, diz estudo

  Cerrado - Região possui apenas 7,7% de seu território integrado às áreas públicas de proteção integral, enquanto 45% da superfície original é ocupada por pastagens e cultivos agrícolas     Conhecido como a “savana brasileira”, o Cerrado é o bioma que vem sendo mais impactado pelo desmatamento no País. Cerca de 10 mil km² são devastados na região por ano, o que corresponde a 1 milhão de campos de futebol – área equivalente

Desmatamento da Amazônia Legal segue com tendência de aumento, informa o Imazon

  O desmatamento na Amazônia Legal segue com tendência de aumento, segundo dados do Boletim do Desmatamento (SAD) novembro 2018 divulgados pelo Imazon. Por Stefânia Costa* O Estado do Pará contribuiu com 63% dos alertas de desmatamento registrados em novembro de 2018. As áreas que mais sofreram destruição encontram-se principalmente no nordeste do estado, na região da Terra do Meio, e no oeste com alta concentração de alertas na região da Calha Norte

Desmatador foi condenado por extrair ilegalmente 9 mil e 300 m3 de madeira da floresta amazônica, o equivalente a 232 caminhões carregados de toras

  Arte: Secom/PGR A Justiça Federal em Itaituba (PA) condenou Giovany Marcelino Pascoal a pagar mais de R$ 1,6 milhão em indenizações e danos pelo desmatamento de 244,74 hectares de floresta amazônica. Pascoal foi preso em 2014 na Operação Castanheira, uma das maiores operações contra o desmatamento na Amazônia e responde a 25 processos por devastação florestal. Na época, ele foi considerado pelo Ministério Público Federal (MPF) como um dos principais líderes

O desmatamento na Amazônia e sua influência no regime de chuvas do Brasil, artigo de Marco Antonio Ferreira Gomes

    [EcoDebate] No artigo veiculado em 2017 neste site sob o título “A importância dos rios voadores e da floresta amazônica”, foi enfatizado pelo autor deste trabalho o quão é relevante a conservação do bioma amazônico para a manutenção e equilíbrio do regime de chuvas em todo território brasileiro. No entanto, o desmatamento na região amazônica continua sem controle. Informações recentes, por exemplo, dão conta de que em 1 ano foi desmatada

Desmatamento no Cerrado é de 6.657 km2, no período de agosto de 2017 a julho de 2018

  Desmatamento no Cerrado - O resultado do mapeamento no bioma Cerrado, realizado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), aponta 6.657 km2 de desmatamento no período de agosto de 2017 a julho de 2018. INPE Por meio do projeto chamado PRODES Cerrado, foram analisadas 118 imagens do satélite Landsat 8/OLI para registrar e quantificar as áreas desmatadas maiores que 1 hectare. O PRODES Cerrado considera como desmatamento a supressão da vegetação nativa, independentemente da futura

INPE estima 7.900 km2 de desmatamento por corte raso na Amazônia em 2018, aumento de 13,72% em relação a 2017

  A taxa estimada pelo Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite (PRODES), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), corresponde a 7.900 km2 de corte raso no período de agosto de 2017 a julho de 2018. A estimativa do PRODES 2018 indica um aumento de 13,72% em relação a 2017, quando foram apurados 6.947 km2. Este valor é 71,6% menor que a taxa registrada em 2004, ano em que

Emissões de gases de efeito estufa do Brasil caem 2,3% em 2017

As emissões brasileiras de gases de efeito estufa caíram 2,3% em 2017 em comparação com o ano anterior Emissões de gases de efeito estufa do Brasil - Redução do desmatamento na Amazônia puxou queda, que foi parcialmente cancelada por aumento da destruição no Cerrado, indicam dados do SEEG, sistema do Observatório do Clima, em sua sexta edição As emissões brasileiras de gases de efeito estufa caíram 2,3% em 2017 em comparação com

Desmatamento na Amazônia Legal reduz em outubro de 2018, mas alerta tendência de aumento no acumulado

  Boletim do desmatamento da Amazônia Legal (outubro 2018) SAD Em outubro de 2018 o SAD detectou 184 km² de desmatamento na Amazônia Legal. Essa área representa uma redução de 28% em relação ao desmatamento mapeado em outubro de 2017. Porém, na somatória dos 3 primeiros meses do calendário do desmatamento de 2019 (agosto a outubro), a área desmatada equivale a 1.1176 km², um aumento de 72% em relação ao mesmo período

Top