Se a decisão é nada decidir, então chega de COPs, por Henrique Cortez

  [EcoDebate] A tão esperada COP17 chegou a duas decisões marcantes: 1) decidiu que a COP18 será no Qatar, de 26 de novembro e 7 de dezembro de 2012 e 2) que iniciaria as discussões sobre um acordo global vinculante, a ser definido até 2015, com metas obrigatórias de corte de emissão de gases de efeito estufa, para entrar em vigor logo após 2020. O Protocolo de Kyoto foi 'prorrogado', pelo menos,

Vazou petróleo na bacia de Campos. E qual é a surpresa? Por Henrique Cortez

  [EcoDebate] A prospecção/produção de petróleo enfrenta o seu primeiro grande vazamento de petróleo na bacia de Campos, mas e daí? Qual a surpresa? Quem imaginava que vazamentos de petróleo não ocorrem com razoável frequência? É estranha a aparente reação de surpresa das autoridades, políticos e da própria sociedade, porque este risco sempre foi real e discutido em incontáveis reportagens e artigos. Reportagens e artigos que, inclusive, já alertavam que se os riscos na

O ambientalismo ‘coleciona’ derrotas, mas desistir não é opção, artigo de Henrique Cortez

[EcoDebate] A causa socioambiental passa por momentos difíceis, com seguidas derrotas. 'Novo' Código Florestal, Belo Monte, usinas no rio Madeira, transposição do Rio São Francisco, expansão do programa nuclear, poluição atmosférica crescente em nossas cidades, contaminação de alimentos e da água por agrotóxicos, abandono completo dos mais elementares cuidados de biossegurança, criminalização dos movimentos sociais, reforma agrária patinando e por aí vai. Uma observação minimamente crítica indica que tivemos pequenos avanços

A ‘ameaça’ de internacionalização da Amazônia é mito, por Henrique Cortez

[EcoDebate] Novamente retornam as preocupações para com a internacionalização da Amazônia, inclusive servindo de lastro para acusar os ambientalistas, ONGs e críticos da devastação, como se estivessem a soldo de interesses escusos. Como pano de fundo, temos o medo de uma pretensa internacionalização de nossa Amazônia. Aliás, freqüentemente falamos da nossa Amazônia, das ameaças à nossa Amazônia, dos desafios da Amazônia brasileira e por aí vai, sempre esquecendo que a região

A continuada devastação da Amazônia e o modelo de desenvolvimento, por Henrique Cortez

[EcoDebate] Dentre os movimentos sociais, os ambientalistas têm sido os críticos de primeira hora dos equívocos das políticas públicas, principalmente dos modelos econômico e de desenvolvimento, bem como de seus impactos sociais e ambientais. Por diversas vezes alertamos que o processo de devastação avança sem controle e que não observamos medidas estruturais que possam interromper este processo equivocado de desenvolvimento, socialmente injusto e ambientalmente irresponsável. Ninguém está propondo a insanidade de condenar

Fazendo de conta que os licenciamentos ambientais são de verdade, por Henrique Cortez

[EcoDebate] O título deste texto é menos absurdo do que pode parecer à primeira vista. Nos últimos anos, estão cada vez mais freqüentes as denúncias de EIA-RIMAs tecnicamente inconsistentes ou fraudulentamente produzidos. E isto é um problema extremamente sério. Já é evidente que surgiu uma indústria de EIA-RIMAs pré-fabricados apenas e tão somente para atender às exigências legais mínimas. A cada dia surgem novos questionamentos sobre a veracidade destes estudos. Neste sentido

Afinal, mídia alternativa e independente para que? por Henrique Cortez

[EcoDebate] Atitude e consciência não são assuntos diretamente socioambientais, mas relacionam-se com nossos projetos, quer sejam ambientais, sociais ou culturais. Aos leitores que não gostam de textos longos e reflexivos, peço desculpas, mas realmente gostaria de contar com a reflexão e opinião de vocês, porque acredito que ainda enfrentaremos sérios problemas pela frente. Nos últimos anos, as empresas estão concentrando suas verbas de apoio, publicidade e patrocínio em projetos que tenham

COP-16 caminha para o fracasso. E agora? Que futuro teremos? por Henrique Cortez

[EcoDebate] O movimento ambientalista evita dizer a verdade sobre o aquecimento global e as mudanças climáticas, temendo que isto incentive uma atitude de inércia, em relação às mudanças necessárias. Esta “estratégia” de comunicação é cega, para não dizer burra, porque o processo de aquecimento global já está em uma espiral crescente e as mudanças climáticas já causam severos impactos em todo o planeta. Nos aproximamos de uma crise quase apocalíptica, que

A causa ambientalista é um compromisso de vida, por Henrique Cortez

[EcoDebate] O tom irado com que diversos ambientalistas estão se manifestando indica o nosso grau de frustração, mas também demonstra desesperança e um alto grau de intolerância, indicando que estamos perdendo o contato com alguns conceitos essenciais do ambientalismo. Não é e nunca foi fácil ser ambientalista. Acredito que, sempre que possível, devemos compartilhar experiências e opiniões com nossos companheiros e é exatamente isto que estou fazendo. Como o texto é

É fácil ser ecocético, difícil é assumir as responsabilidades, por Henrique Cortez

[EcoDebate] Aos menos desatentos não é difícil perceber que passamos por momentos difíceis e delicados, não apenas em termos ambientais como também em termos humanitários. No entanto, não são poucos que se sentem confortáveis e seguros no papel de ecocéticos, ora negando a crise ambiental, ora ‘duvidando’ do aquecimento global e, muitas vezes, até fazendo de conta que a grave crise alimentar que assolou o planeta entre 2007 e 2008 não

Envenenamos o planeta que, agora, nos envenena, por Henrique Cortez

[EcoDebate] Estamos, permanentemente, expostos a um ‘oceano’ de contaminantes químicos, sobre os quais pouco ou nada sabemos. Incontáveis produtos químicos estão presentes em tudo que usamos, das embalagens de alimentos aos produtos de limpeza. Sem falar dos conservantes presentes nos próprios alimentos. E, exatamente porque os produtos químicos estão presentes em tudo que usamos, também acabam presentes na água e nos alimentos que consumimos. Contaminamos o planeta com incontáveis produtos químicos,

No Dia Mundial da Água precisamos reafirmar que a água é um direito humano fundamental, por Henrique Cortez

Infográfico O Globo. Para acessar no tamanho original clique aqui. [EcoDebate] Durante milênios, a água foi bem comum e direito fundamental a todos os seres vivos… até que o modelo consumista e predador da civilização contemporânea decidiu que apenas os que podem pagar têm acesso à água. De bem comum a água tornou-se commodity e instrumento de domínio: quem controla nascentes e mananciais controla a vida! 26459

Haiti, uma tragédia e algumas lições, por Henrique Cortez

Vista aérea do centro de Port-au-Prince, arrasado pelo terremoto. Foto: ONU/Logan Abassi Vista aérea do centro de operações da ONU em Port-au-Prince, logo após o terremoto. Foto: ONU/Logan Abassi [EcoDebate] Já muito se disse sobre a imensa tragédia humanitária que se abateu sobre o já frágil e debilitado Haiti, lamentavelmente o país mais pobre das Américas, mas, ainda assim, há muito que aprender com o desastre em si mesmo e com

Em questão os céticos do aquecimento global, por Henrique Cortez

[EcoDebate] Não existe resposta simples para problemas complexos e isto também é verdade em relação ao aquecimento global e as consequentes mudanças climáticas. A ciência não é e não pode ser baseada em fé ou crenças consolidadas. O conhecimento científico se desenvolve ao longo do tempo, a partir de novas descobertas, melhores metodologias, instrumentos de análise e modelos matemáticos cada vez mais precisos e complexos. O conhecimento científico relativo ao aquecimento global

No limite da intolerância, por Henrique Cortez

[Ecodebate] O noticiário, seguidamente, informa os mais variados atos de intolerância, no Brasil e no mundo, no que parece ser uma perigosa e crescente 'onda' de ódio e preconceitos. Uma 'onda' assustadora que pode por em risco nosso futuro comum. Seria de se esperar que, com o advento de um novo século, fosse iniciado um novo período de tolerância e de respeito ao outro, quem quer que seja. No entanto, lamentavelmente,

A ganância corporativa e o marketing irresponsável, por Henrique Cortez

Imagem: Corbis/Charles Waller [Ecodebate] É impressionante como as montadoras e suas agências de propaganda são incapazes de compreender o que seja marketing responsável. Em recente campanha em televisão uma montadora, em off, pergunta porque você precisa de um carro com motor 2.0 e 145 cv se vai ficar parado no sinal. Em seguida afirma porque uma hora o sinal abre e continua com imagens do carro em velocidade em uma via inacreditavelmente

Os crimes de ódio contra indígenas no MS não param, por Henrique Cortez

Coronel Sapucaia (MS) – Dentro de barracões de lona à beira de rodovia, índios da comunidade do Kurussu Ambá chegam a dormir no chão pela falta de espaço e de colchões Foto: Valter Campanato/ABr [EcoDebate] O Mato Grosso do Sul continua o principal palco de continuados crimes e agressões contra índios do povo Guarani-Kaiowá. No mais recente episódio dois professores Guarani Kaiowá foram sequestrados e permanecem desaparecidos. 20856

Eco-ceticismo, comodismo e alienação, por Henrique Cortez

[EcoDebate] Aos mais atentos não é difícil perceber que passamos por momentos difíceis e delicados, não apenas em termos ambientais como também em termos humanitários. No entanto, não são poucos que se sentem confortáveis e seguros no papel de eco-céticos, ora negando a crise ambiental, ora 'duvidando' do aquecimento global e, muitas vezes, até fazendo de conta que a grave crise alimentar que assolou o planeta entre 2007 e 2008 não

Agroquímicos: Os venenos continuam à nossa mesa, por Henrique Cortez

[EcoDebate] Já discuti este tema antes, mas, diante do continuado crime de nosso envenenamento alimentar, acho necessário retomar a discussão e atualizar as informações e referências. A agricultura “tradicional” se orgulha de produzir alimentos mais do que suficiente para alimentar o planeta e a indústria química se orgulha de ter desenvolvido os insumos utilizados para isto. Devemos nos perguntar qual é o real custo social, ambiental e de saúde desta grande produção

Áudio Editorial de 19/09/2009: Muitos dias comemorativos de meio ambiente e poucas mudanças

Esta edição de áudio editorial, no formato MP3, dura 9:12 min e o arquivo possui 11,6 Mb. [dewplayer:http://www.ecodebate.com.br/mp3/090919.mp3] Para fazer o download do arquivo MP3 clique aqui. EcoDebate, 19/09/2009 Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta utilizar o formulário abaixo. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição. Participe do grupo Boletim

Top