Natal: Deus se fez índio, quilombola… por Gilvander Moreira

Natal: Deus se fez índio, quilombola... Por Gilvander Moreira1 É tempo de natal, mas dá para celebrar o natal no meio da fase mais cruel do capitalismo, máquina de moer vidas humanas e vidas de todos os seres vivos, que atualmente não apenas explora, mas superexplora a dignidade humana, a dignidade da mãe terra, da irmã água e de toda a biodiversidade? A realidade está mais para sexta-feira da paixão, porque

A emergência climática pode ser enfrentada por todos, ricos e pobres. Ou todos enfrentaremos um desastre em escala bíblica

  Racismo ambiental. A emergência climática pode ser enfrentada por todos, ricos e pobres. Ou todos enfrentaremos um desastre em escala bíblica. Entrevista especial com Henrique Cortez Por Patricia Fachin, IHU O fracasso da COP25 realizada em Madri no mês de dezembro não é uma novidade, apesar do crescimento de manifestações globais e da Greve Global pelo Clima, realizada em vários países em setembro deste ano. “Com exceção do Acordo de Paris, as COPs são marcadas pelos fracassos. Ao longo do tempo, a

Nossos votos de Boas Festas e de um Feliz 2020

Amig@s, Estaremos de recesso durante as festas de fim de ano e retomaremos nossas edições normais no dia 02/01/2020. Recebam os nossos votos de Boas Festas e de um Feliz 2020. Que este novo ano seja repleto de saúde e realizações. Abraços de Regina Lima e Henrique Cortez

EcoDebate: Índice da edição nº 3.346, de 20/12/2019

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   Emissões de CO2, por área territorial, nos 3 países mais poluidores do mundo, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Arborização urbana: variáveis a levar em conta para um desenvolvimento sustentável, por Jhuly Aparecida Madalena Caldas Farias Mota e Juan Carlos Valdés Serra Amazônia: As florestas secundárias estão cada vez mais fragmentadas e isoladas das florestas primárias restantes Bolsonaro diz que projeto para exploração de minério em terras indígenas está

Emissões de CO2, por área territorial, nos 3 países mais poluidores do mundo, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

“A estabilidade e a resiliência do nosso planeta estão em perigo” Timothy Lenton (27/11/2019)   [EcoDebate] O mundo vive uma emergência planetária em decorrência do caos climático e das mudanças ambientais descontroladas. A temperatura da Terra já subiu mais de 1º C desde o início da Revolução Industrial e o ritmo do aquecimento global tem se acelerado, prenunciando um grande desastre ecossocial nas próximas décadas. O que provoca o aumento do aquecimento global é

Arborização urbana: variáveis a levar em conta para um desenvolvimento sustentável, por Jhuly Aparecida Madalena Caldas Farias Mota e Juan Carlos Valdés Serra

ARBORIZAÇÃO URBANA: VARIÁVEIS A LEVAR EM CONTA PARA UM DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Jhuly Aparecida Madalena Caldas Farias Mota¹ Juan Carlos Valdés Serra² RESUMO A arborização urbana gera benefícios ambientais e sociais e contribui para uma melhoria da qualidade de vida da população dos centros urbanos. Por falta de um planejamento, o plantio de árvores em vias públicas tem gerado problemas a moradores, tais como o confronto com equipamentos urbanos, como rede elétrica, de esgoto, de

Amazônia: As florestas secundárias estão cada vez mais fragmentadas e isoladas das florestas primárias restantes

  O crescimento da floresta secundária na Amazônia é muito mais lento do que se pensava © Marizilda Cruppe / Rede Amazônia Sustentável Lancaster University* O novo crescimento das florestas amazônicas após o desmatamento pode acontecer muito mais lentamente do que se pensava anteriormente, mostra um novo estudo. As descobertas podem ter impactos significativos nas previsões de mudanças climáticas, já que a capacidade das florestas secundárias de absorver carbono da atmosfera pode ter sido superestimada. O

Bolsonaro diz que projeto para exploração de minério em terras indígenas está pronto

  Proposta de exploração de minério em terras indígenas deve ser encaminhada ao Congresso a qualquer momento ABr O presidente Jair Bolsonaro disse, ontem (19), que já está pronto, e em vias de ser apresentado ao Congresso Nacional, o projeto de lei que possibilitará a exploração de minério em terras indígenas. Segundo o presidente, a ideia é dar condições aos índios de arrendar suas terras para pecuária ou para produção de soja ou

Parecer da Advocacia-Geral da União (AGU) permite produção agropecuária na Mata Atlântica

  O presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou ontem (19), durante transmissão ao vivo na internet, que a Advocacia-Geral da União (AGU) emitiu parecer para dar segurança jurídica a produtores rurais que desenvolvem atividades no bioma Mata Atlântica. Segundo a AGU, "o parecer destaca que o Código Florestal (Lei nº 12.651/2012) admite a produção agropecuária na Mata Atlântica, uma vez que os artigos 61-A e 61-B da norma preveem a continuidade

Geração distribuída bate novo recorde no Brasil em 2019 com placas solares

Por: Ruy Fontes – Agência #movidos O segmento de geração distribuída no Brasil registrou novo recorde de instalações em 2019, sendo mais de 99% de sistemas solares. Gerar a própria energia elétrica, algo impensável até alguns anos atrás, está rapidamente se tornando a realidade para mais brasileiros que a cada ano adentram o segmento de geração distribuída. Em 2019, o número de instalações bateu novo recorde, sendo mais de 92 mil conexões até

EcoDebate: Índice da edição nº 3.345, de 18/12/2019

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   Aquecimento global, pontos de inflexão climática e o efeito dominó, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH) reconhece a tragédia de Mariana como crime contra a humanidade Tragédia de Mariana: Estudo revela poeira com metais em áreas afetadas por lama da Samarco Agrotóxico mais encontrado em frutas e verduras no Brasil é fatal para abelhas Brasil pode atingir 24,8 GW em

Aquecimento global, pontos de inflexão climática e o efeito dominó, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “O ponto de não retorno não está mais no horizonte. Ele já está à vista e avançando na nossa direção” António Guterres (02/12/2019)     [EcoDebate] O fenômeno do aquecimento global já devasta o Planeta, causa danos crescentes e está apenas em seu começo. Seguindo as tendências das últimas décadas, a Terra caminha para um “ponto de inflexão global" que pode ser o início de um efeito dominó - capaz de gerar uma série de

Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH) reconhece a tragédia de Mariana como crime contra a humanidade

    O Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH) reconheceu a tragédia de Mariana (MG) como violação "a direitos humanos de excepcional gravidade". A decisão tomada de forma unânime pelos 22 conselheiros foi registrada na Resolução nº 14/2019. Segundo o próprio conselho, trata-se de classificação equivalente a crime contra a humanidade, definido no âmbito do Tribunal Penal Internacional. ABr A tragédia de Mariana ocorreu em 5 de novembro de 2015, quando uma barragem da mineradora

Tragédia de Mariana: Estudo revela poeira com metais em áreas afetadas por lama da Samarco

  Concentrações de ferro, cádmio e cobre acima dos valores de referência estabelecidos pelos padrões de saúde no Brasil foram detectadas na poeira coletada dentro das casas em comunidades de Mariana (MG) e Barra Longa (MG). ABr As duas cidades são as mais afetadas pela lama que vazou da barragem da mineradora Samarco, após a ruptura ocorrida em novembro de 2015. A análise foi realiza pelas empresas Ambios e Technohidro e os resultados

Agrotóxico mais encontrado em frutas e verduras no Brasil é fatal para abelhas

Sem abelhas, produção de lavouras fica prejudicada; estudo da Anvisa analisou que mais da metade das 4 mil amostras de 14 alimentos vegetais no país contém agrotóxico Por Pedro Grigori, Agência Pública/Repórter Brasil Um agrotóxico fatal para as abelhas foi o mais encontrado em um levantamento do governo que analisa o resíduo de pesticidas em frutas e verduras vendidas em todo país. O resultado da nova edição do Programa de Análise de

Brasil pode atingir 24,8 GW em capacidade instalada de energia solar até 2029

Por: Ruy Fontes – Agência #movidos O último estudo sobre a expansão de energia no Brasil feito pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), aponta que o país pode atingir 24,8 Gigawatts (GW) de energia solar até 2029. Realizado anualmente como base de planejamento, o Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE) traça as perspectivas do governo para os próximos 10 anos do setor elétrico brasileiro. Segundo o estudo, o crescimento atual das placas

A crescente ameaça do lixo eletrônico

Por Henrique Cortez, redação EcoDebate. Os incríveis avanços da tecnologia nas últimas décadas trouxeram grandes avanços à nossa comodidade, segurança e saúde, mas também trouxeram severos impactos socioambientais, da extração de recursos naturais à geração de lixo eletrônico ou e-lixo. E o lixo eletrônico é um dos resíduos tóxicos que mais crescem de ano para ano. Em 2017, a ONU estima que foram produzidos 44 milhões de toneladas de lixo eletrônico e

EcoDebate: Índice da edição nº 3.344, de 17/12/2019

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   Rio Opará: um rio marcado para morrer? artigo de Flávio José Rocha Minúsculas conchas revelam que águas da Califórnia acidificam duas vezes mais rápido que o oceano global Estudo aponta responsabilidade de empresas petrolíferas pela acidificação dos oceanos Retrospectiva de 2019 e perspectivas para 2020 na área ambiental As diferentes realidades fluviais serão tema da nova exposição do Museu da Vida da Casa de Oswaldo Cruz

Rio Opará: um rio marcado para morrer? artigo de Flávio José Rocha

Rio Opará: um rio marcado para morrer? Flávio José Rocha1 Está secando o velho Chico. Está mirrando, está morrendo. Já não quer saber de lanchas-ônibus nem de chatas e seus empurradores. Cansou-se de gaiolas e literatura encomiástica e mostra o leito pobre, as pedras, as areias desoladas onde nenhum minhocão ou cachorrinha-d’água, cativados a nacos de fumo forte, restam para semente de contos fabulosos e assustados. O trecho acima, retirado do poema Águas e Mágoas do Rio São Francisco e escrito há

Minúsculas conchas revelam que águas da Califórnia acidificam duas vezes mais rápido que o oceano global

  Em uma pesquisa inédita, os cientistas e parceiros acadêmicos da NOAA usaram 100 anos de conchas microscópicas para mostrar que as águas costeiras da Califórnia estão se acidificando duas vezes mais rápido que a média global do oceano - com o suprimento de frutos do mar na mira. Da NOAA - National Oceanic and Atmospheric Administration* As águas costeiras da Califórnia contêm algumas das pescarias economicamente mais valiosas do país, incluindo salmão,

Top