Índice da edição nº 2.940, 2018 [de 13/03/2018]

    Agrotóxicos e contaminação das águas, artigo de Roberto Naime Prazer, Gestão das águas! artigo de João Ricardo Raiser Rompimento de mineroduto da Anglo American polui manancial, na região da Zona da Mata, em Minas Gerais Líder de associação que denunciava crimes ambientais em Barcarena é assassinado Mineradora Hydro AluNorte confirma que jogou água com poeira de bauxita e soda em rio do Pará MPPA notifica Hydro Alunorte após descoberta de outro canal de despejo não

Agrotóxicos e contaminação das águas, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Leandro Carrasco revela que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou um estudo sobre o saneamento básico no país. Um fato soa um tanto quanto curioso. Se constata que os resíduos de agrotóxicos são a segunda principal fonte de contaminação das águas brasileiras, atrás apenas do esgoto sanitário. A análise apresenta ainda que, com 6,24%, os agrotóxicos ficaram a frente dos despejos industriais e da atividade mineradora como

Prazer, Gestão das águas! artigo de João Ricardo Raiser

    [EcoDebate] Hoje, nossos problemas com a água parecem resolvidos. Está chovendo! Mas não é bem assim, segundo dados hidrometeorológicos, tem chovido abaixo das médias históricas, como nos últimos 3 anos, e as chuvas tem sido mais concentradas. Ou seja, a situação de escassez pode se agravar no próximo período de seca. Como enfrentar essa situação? Algo deve ser feito antes que a crise se instale. Assim, apresento-lhes uma antiga amiga, a "Gestão

Rompimento de mineroduto da Anglo American polui manancial, na região da Zona da Mata, em Minas Gerais

  ABr Um mineroduto da empresa britânica Anglo American se rompeu ontem (12) em Minas Gerais, na região da Zona da Mata, e levou poluição ao Ribeirão Santo Antônio. O manancial fornece água para o abastecimento do município de Santo Antônio do Grama (MG), com população de aproximadamente 4,2 mil pessoas. A mineradora disponibilizou caminhões-pipa para atender aos moradores da cidade. A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (Semad)

Líder de associação que denunciava crimes ambientais em Barcarena é assassinado

  A vítima era ligada a movimento pela terra no distrito de Vila dos Cabanos, em Barcarena e era diretor da Cainquiama Repórter Amazônia / EBC Representante de associação que denunciava crimes ambientais no Pará foi assassinato na madrugada de hoje, no município de Barcarena. Paulo Sérgio Almeida Nascimento, de 47 anos foi morto a tiros por um homem ainda não identificado. O crime ocorreu no Ramal Fazendinha, zona rural de Barcarena. Por volta

Mineradora Hydro AluNorte confirma que jogou água com poeira de bauxita e soda em rio do Pará

  ABr Secretaria de Meio Ambiente do Pará monitora níveis das bacias do sistema de tratamento de rejeitos nas instalações da mineradora Hydro Alunorte, acusada de ser responsável por um vazamento em Barcarena Três semanas após moradores de Barcarena, na região metropolitana de Belém (PA), denunciarem às autoridades a suspeita de que um depósito de resíduos da mineradora Hydro AluNorte havia transbordado, despejando efluentes tóxicos no meio ambiente, a empresa norueguesa confirmou que

MPPA notifica Hydro Alunorte após descoberta de outro canal de despejo não autorizado

  Detalhe da separação dos canais "antigo" e "novo" e da comporta, que permite a possibilidade de utilização do "antigo" e lançamento de efluentes no Rio Pará A Promotoria de Justiça de Barcarena, Promotoria Agrária da I Região e Ministério Público Federal notificaram a empresa Hydro Alunorte para que faça imediatamente, no prazo de até 48 horas, os procedimentos necessários para vedação de um canal não autorizado de despejos, descoberto semana passada após

Mudanças Climáticas: estudo estima que rendimentos da pesca podem ser dramaticamente reduzidos

  AMERICAN ASSOCIATION FOR THE ADVANCEMENT OF SCIENCE* Até 2300, as mudanças climáticas podem fazer com que os rendimentos das pescarias diminuam em até 20% em todo o mundo, e em até 60% no Atlântico Norte, sugere um novo estudo de modelagem. O estudo atribui principalmente esse declínio à falta de mistura oceânica, de modo que os nutrientes afundem no oceano profundo em vez de permanecerem na superfície do oceano; tais alterações

Top