Índice da edição nº 2.918, 2018 [de 06/02/2018]

  Probióticos e saúde, artigo de Roberto Naime Áreas de Risco: Sistemas de alerta escondem crime de omissão, artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos Água, período de escassez, por Pollyana Rodero Fernandes e Fernando Braz Tangerino Hernandez Amazônia: Hidrelétricas já impedem a migração de peixes e a dispersão de sedimentos, ameaçando a biodiversidade e o bem-estar de mais de 30 milhões de pessoas Pássaros pequenos são importantes para manter a floresta, mas não substituem grandes

Probióticos e saúde, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] MEYER e BEZERRA, (2013) observam que o consumo de alimentos funcionais vem aumentando gradativamente na mesa dos brasileiros, isso porque seu objetivo principal é melhorar, manter e reforçar a saúde dos consumidores via alimentação. Um dos aditivos que mantém essa função nos alimentos são os probióticos (MEIRELLES et al., 2013). Os probióticos são ingredientes não digeríveis, presentes principalmente em alimentos lácticos, que sobrevivem as condições adversas do estômago e colonizam

Áreas de Risco: Sistemas de alerta escondem crime de omissão, artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos

  [EcoDebate] Diferentemente de países com vulcanismo ativo, terremotos, furacões, tempestades tropicais cíclicas e outros poderosos agentes da Natureza, no Brasil as áreas de risco estão inequivocamente associadas a erros humanos na ocupação de terrenos geológica, geotécnica ou hidrologicamente mais sensíveis e instáveis. Por exemplo, no caso de deslizamentos são ocupados terrenos que por sua enorme suscetibilidade natural a esse tipo de fenômeno não poderiam de forma alguma ser ocupados, ou

Água, período de escassez, por Pollyana Rodero Fernandes e Fernando Braz Tangerino Hernandez

    [UNESP] Água é um bem público de suma importância para a humanidade, que além de manter todo o ecossistema terrestre em equilíbrio, é importante para a manutenção de atividades antrópicas, como a agricultura, a pecuária, o lazer, a produção de bens de consumo e a, primordial, que é a de abastecimento público. Sendo essencial para a sobrevivência humana, a sua ausência causa muitos transtornos ambientais, sociais e econômicos. Parece simples e

Amazônia: Hidrelétricas já impedem a migração de peixes e a dispersão de sedimentos, ameaçando a biodiversidade e o bem-estar de mais de 30 milhões de pessoas

      Hidrelétricas infartam rios da Amazônia IHU Barragens já impedem a migração de peixes e a dispersão de sedimentos, ameaçando a biodiversidade e o bem-estar de mais de 30 milhões de pessoas. A maior bacia hidrográfica do mundo está prestes a sofrer uma severa fragmentação se parte das 160 barragens em planejamento forem de fato construídas, afirmou uma equipe de pesquisadores dos EUA e de vários países da América do Sul em artigo publicado pela revista científica Science Advances. As hidrelétricas construídas na bacia do rio Amazonas para atender

Pássaros pequenos são importantes para manter a floresta, mas não substituem grandes aves, diz pesquisa

  UNESP     Um estudo liderado por pesquisadores da Universidade Estadual Paulista (UNESP-Rio Claro) e do Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC-Sevilha, Espanha) mostra que as transformações do ambiente pelo homem podem estar afetando gravemente as interações ecológicas que mantêm a floresta em pé. A redução da floresta à fragmentos florestais pode levar ao isolamento das espécies que realizam funções ecológicas importantes, como a dispersão de sementes. A longo prazo, além da perda

Saúde no semiárido: Impactos da seca na saúde humana

  Saúde no semiárido é tema de reportagem da série Clima e Saúde Por Graça Portela (Icict/Fiocruz) Como será morar em cidades que a média do índice pluviométrico mensal varia entre 0,67 mm a 2,48 mm? Como será morar em uma cidade que a chuva é rara, impactando a saúde física e mental da população? Essa é a realidade com a qual convivem, em tempos de seca, cidades como Sebastião Laranjeiras (BA), Janaúba

Especialista explica os dilemas da perda de peso no diabetes

    Por Dra. Dhianah Santini As pessoas com diabetes recebem variadas mensagens sobre perda de peso em revistas, jornais, amigos, familiares e, sim, até mesmo profissionais de saúde. Poucos assuntos têm acumulado tanto folclore enganador e potencialmente perigoso como o assunto da obesidade. Uma mensagem comum é que perder peso é apenas uma questão de força de vontade, e se você não está perdendo peso e atingindo um patamar, é porque você

Top