Índice da edição nº 2.870, 2017 [de 14/11/17]

    Consumismo e obsolescência psicológica, artigo de Roberto Naime Os Resíduos Sólidos na Região Sudeste do Brasil em 2016, artigo de Antonio Silvio Hendges Emissões globais de dióxido de carbono (CO2) aumentaram novamente após um hiato de três anos Entre 2000 e 2015, o desmatamento no Cerrado foi maior do que o da Amazônia Cuidado da água no contexto da globalização - Mercantilização ou Republicanização? por Leonardo Boff Royalties do petróleo

Consumismo e obsolescência psicológica, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Fabián Echegaray é Ph.D em Ciência Política pela Universidade de Connecticut (EUA) e diretor-geral da Market Analysis, instituto de pesquisas especializado em sustentabilidade e responsabilidade social. Ao lado de Tomas Ariztia (UDP, do Chile), são os responsáveis pela discussão sobre politização e ambientalização do consumo. Fabian exerce instigante reflexão. Apoiado em manifestações assertivas e interrogatórias introduz pedagógica interpretação. Você se lembra de quantos celulares já teve? Por que motivos trocou sua

Os Resíduos Sólidos na Região Sudeste do Brasil em 2016, artigo de Antonio Silvio Hendges

    [EcoDebate] A Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais – Abrelpe divulgou o Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil em 2016, obtidos com a soma das projeções de cada região do país em que está descrita a produção e destino final dos resíduos sólidos urbanos – RSU, resíduos de saúde - RSS, resíduos de construções e demolições - RCD e alguns dos previstos nos acordos de logística

Emissões globais de dióxido de carbono (CO2) aumentaram novamente após um hiato de três anos

  University of Exeter* As emissões globais de dióxido de carbono da queima de combustíveis fósseis aumentaram novamente após um hiato de três anos, de acordo com novas figuras do Global Carbon Project (GCP).     A projeção alarmante para 2017 é revelada em um novo relatório do GCP - co-autor de muitos dos principais cientistas climáticos do mundo, incluindo os Professores Pierre Friedlingstein, Stephen Sitch, Richard Betts e Andrew Watson da Universidade de Exeter

Entre 2000 e 2015, o desmatamento no Cerrado foi maior do que o da Amazônia

    O Cerrado perdeu 236 mil quilômetros quadrados de mata entre 2000 e 2015. No mesmo período, a Amazônia perdeu 208 mil km2 – bioma duas vezes maior. Esse desmatamento no Cerrado gerou a emissão de 8,16 milhões de toneladas de dióxido de carbono (CO2), o principal gás do efeito estufa. O volume equivale a 3,6 anos da emissão total do Brasil registrada em 2016. A ocupação desordenada do segundo maior bioma

Cuidado da água no contexto da globalização – Mercantilização ou Republicanização? por Leonardo Boff

  Por Leonardo Boff*, da comissão da Carta da Terra Nenhuma questão hoje é mais importante do que a da água. Dela depende a sobrevivência de toda a cadeia da vida e, consequentemente, de nosso próprio futuro. Ela pode ser motivo de guerra como de solidariedade social e cooperação entre os povos. Mais ainda, como querem fortes grupos humanistas, ao redor da água poder-se-á e seguramente dever-se-á criar o novo pacto social

Royalties do petróleo não ajudam municípios do RJ a crescer, revela estudo

  Dependência dos royalties tem efeitos negativos tanto para o município que recebe o recurso, quanto para os que o circunscrevem Jornal da USP Na literatura econômica existe um paradoxo conhecido por “a maldição dos recursos naturais”. Ele é identificado quando países ou regiões abundantes em recursos naturais não renováveis (mineral e combustível) tendem a ter menos crescimento econômico em relação a países ou regiões com escassez desses recursos. Foi o que ocorreu

Justiça Federal retoma andamento de ação criminal sobre tragédia de Mariana

  ABr O juiz federal Jacques de Queiroz Ferreira determinou ontem (13) a retomada da ação criminal vinculada à tragédia de Mariana (MG). O processo estava suspenso há mais de quatro meses para verificar alegações feitas pela defesa de dois dos 22 réus. Eles pediam a anulação da ação, sob o argumento de que foram usadas provas ilegais. O magistrado considerou a solicitação improcedente. A tragédia de Mariana completou dois anos no dia

Top