Amazônia: grandes números, grandes contrastes, artigo de Rinaldo Segundo

Amazônia Legal

    “... a grandeza sabe se reconhecer.” Shakespeare, Henrique IV. [EcoDebate] A Amazônia é grande em todos os sentidos. Territorialmente, mais de 60% do território brasileiro é ocupado pela Amazônia Legal. Isso é meia Europa. Ambientalmente, 42% da Amazônia brasileira é área protegida (Onde o desmatamento é menor. Por isso, criar áreas de proteção tem sido estratégia eficaz para reduzir o desmatamento) Isso representa 2,15 milhões km². Embora tenha diminuído nos últimos 10

Aedes aegypti: Um único agente transmissor e várias doenças transmitidas, por Jan Carlo Delorenzi e Gabrielle de Souza Mury

Aedes aegypti

[EcoDebate] O Aedes aegypti tornou-se uma das principais ameaças ao bem-estar das pessoas nos últimos tempos, sendo transmissor de doenças como Zika, Chikungunya, Dengue e Febre Amarela. O Aedes está extremamente adaptado às áreas urbanas, onde a fêmea consegue facilmente se alimentar e ainda encontra muitos criadouros para depositar seus ovos. Após uma intensa campanha de extermínio, com o objetivo de reduzir os casos de Febre Amarela, o mosquito foi totalmente

Mortalidade elevada do boto-cinza na baías de Sepetiba e da Ilha Grande pode levar a sua extinção em menos de 10 anos

    O Ministério Público Federal (MPF) em Angra dos Reis (RJ) vem atuando, por meio de sucessivas recomendações, para que os órgãos públicos ambientais e de fiscalização tomem providências para paralisar a mortalidade de boto-cinza na baías de Sepetiba e da Ilha Grande. Caso o número alarmante de mortes persista, em menos de dez anos a espécie estará completamente extinta na região. Paralelamente, o MPF também cobra ações para preservação das

Cidades têm papel de destaque no combate à mudança do clima, diz especialista

aquecimento

    Num cenário em que mais de 80% da população brasileira vive no ambiente urbano, as cidades assumem papel de protagonistas na implementação de ações sustentáveis e no enfrentamento às mudanças climáticas. Em Fortaleza, gestores municipais, pesquisadores e entidades nacionais e internacionais debateram as responsabilidades, os desafios e as oportunidades dos governos locais diante dessa realidade. A 2ª Jornada sobre Cidades e Mudanças Climáticas ocorre após a 21ª Conferência das Partes da

Projeto da Fiocruz é alternativa no controle de Aedes

  Por Nathane Dovale (Fiocruz Amazonas) O projeto de pesquisadores do Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazonas) e do Centro de Pesquisas René Rachou (CPqRR/ Fiocruz Minas), que utiliza mosquitos no combate de doenças como dengue, chikungunya e zika, foi o único escolhido, pelo Ministério da Saúde (MS), como uma das principais novas alternativas para o controle do Aedes aegypti no Brasil. A metodologia será incorporada, ainda sem data, nas diretrizes

Álcool na gravidez, substâncias químicas ou desnutrição também podem provocar microcefalia, diz OMS

saúde

    Lembrete foi dado pela porta-voz da OMS em Genebra, destacando que a suspeita de ligação entre o vírus zika, a microcefalia e outras desordens neurológicas – declarada emergência pública internacional – está sendo investigada, com foco nos casos do Brasil Uma porta-voz da Organização Mundial da Saúde (OMS) disse a jornalistas durante uma coletiva em Genebra que a agência da ONU está preparando quatro informes que seriam lançados em breve. Segundo Fadela

nº 2.477, 2016 [24/02/2016]

    Declínio do império americano e populismo nas eleições dos Estados Unidos, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Consequências de agrotóxicos na saúde pública, parte II, artigo de Roberto Naime A Rotulagem Ambiental e o Consumidor, por Isabel de Araujo Sbragia e Renata Menezes Rocha Pelo acordo extrajudicial, Samarco, Vale e BHP vão decidir quem e como indenizar por desastre ES: Projeto de Lei proíbe pulverização aérea de agrotóxico no Estado

Declínio do império americano e populismo nas eleições dos Estados Unidos, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] O declínio do poderio da economia dos Estados Unidos da América (EUA) é um fato incontestável. Segundo dados do FMI, a percentagem do Produto Interno Bruto (PIB) americano no PIB mundial caiu de 23% em 1980, para pouco acima de 15% em 2015, devendo ficar abaixo de 15% em 2020. A cada ano o peso da influência da economia americana fica menor. Os pessimistas dizem que a continuidade deste

Consequências de agrotóxicos na saúde pública, parte II, artigo de Roberto Naime

contaminação por agrotóxicos

    [EcoDebate] CASSAL et. al. (2014) numa comparação simples, estimam que a concentração de uso de ingrediente ativo de fungicida em soja no Brasil, no ano de 2008, foi de 0,5 litro por hectare, bem inferior à estimativa de quatro a oito litros por hectare em hortaliças, em média. Asseguram constatar que cerca de 20% da comercialização de ingrediente ativo de fungicida no Brasil é destinada ao uso em hortaliças. Dessa maneira

A Rotulagem Ambiental e o Consumidor, por Isabel de Araujo Sbragia e Renata Menezes Rocha

  A rotulagem ambiental é uma importante ferramenta de comunicação entre fabricantes, autoridades públicas e consumidores. No entanto, atualmente, há um grande número de selos e rótulos no mercado. No meio de tanta informação, como o consumidor pode entender o que está sendo comunicado por um selo ambiental? Nos tempos atuais, estão em foco discussões sobre compras éticas de produtos que impactem menos o meio ambiente, ou seja, as compras sustentáveis. Aumentou

Pelo acordo extrajudicial, Samarco, Vale e BHP vão decidir quem e como indenizar por desastre

  Obtida pela Pública, minuta do acordo extrajudicial entre mineradoras e governo cria uma Fundação, gerida pelas empresas, com poder de decisão sobre atingidos Por Anna Beatriz Anjos, Ciro Barros, Jessica Mota, Maurício Morae, em A Pública A minuta do acordo extrajudicial entre Samarco, Vale e BHP Billiton, os Ministérios Públicos Federal e Estadual e entidades governamentais sobre o desastre de Mariana, obtida com exclusividade pela Agência Pública, revela que as empresas terão o

ES: Projeto de Lei proíbe pulverização aérea de agrotóxico no Estado

agratóxico, pulverização aérea

  Foto: Divulgação/Abrasco Tramita na Assembleia Legislativa (Ales) o Projeto de Lei (PL) 31/2015, de autoria de Padre Honório (PT), que proíbe a pulverização aérea de agrotóxicos nas lavouras do Espírito Santo. A medida visa proteger a saúde da população capixaba e também o meio ambiente. De acordo com o argumento da proposta, desde 2008 o Brasil ocupa a primeira posição mundial no consumo de defensivos agrícolas, o que vem provocando inúmeras consequências

Top