Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.209, de 05/12/2014

    Brasil precisa de plano de gestão de águas, alertam especialistas Secretário-geral da ONU apresenta síntese dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável pós-2015 2014 pode ser o ano mais quente do Holoceno, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Obesidade pode reduzir esperança de vida em até oito anos, mostra estudo Por que 2014 pode ser o ano mais quente da história desde o início das medições? COP-20 é condição necessária para realização

A escassez de chuvas é uma das consequências do desmatamento na Amazônia. Entrevista com Raimundo Nonato Brabo Alves

  “A floresta depende dos rios e os rios dependem da floresta”, frisa o engenheiro agrônomo.  Foto: Outras Palavras “Diversas pesquisas conduzidas por instituições brasileiras e por universidades estrangeiras têm recentemente identificado essa correlação positiva sobre o desmatamento na Amazôniae a escassez de chuvas em regiões fora da Amazônia”, informa Raimundo Brabo Alves à IHU On-Line, ao comentar as possíveis relações entre a crise hídrica no Sudeste e o desmatamento na Amazônia. Na

Lideranças índígenas protestam contra PEC 215, que transfere ao Legislativo decisão sobre terras indígenas

As etnias Apinajé, Krahô, Kanela do Tocantins, Xerente, Krahô Kanela e Karajá Xambioá, todas do Tocantins, fizeram hoje (5) mais uma manifestação contrária à votação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 215, que transfere do Executivo para o Congresso Nacional o poder de homologar terras indígenas. Desta vez, o ato pacífico foi realizado na entrada da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e contou com a participação de

MPF/SP ajuíza ação por danos ambientais em trecho da Mata Atlântica na zona sul da capital

Empresas do ramo imobiliário iniciaram desmate da área para construção de edifícios; Cetesb e Ibama também são réus     O Ministério Público Federal em São Paulo (MPF/SP) ajuizou ação civil pública por danos ao meio ambiente em área remanescente da Mata Atlântica situada entre as glebas que formam o Parque Burle Marx, na Vila Andrade, zona sul da capital paulista. Empreendedores pretendem implementar no local um conjunto de torres residenciais do chamado

País ganha um novo inseticida natural, que pode controlar o avanço da lagarta-do-cartucho

  Foto: Embrapa   O Brasil tem mais uma arma para enfrentar a lagarta-do-cartucho, o inimigo número um dos produtores de milho. É o óleo essencial extraído da planta Piper tuberculatum, conhecida como pimenta-de-macaco. O novo inseticida natural pode controlar o avanço da lagarta-do-cartucho, praga que todo ano compromete até 40 por cento da produção de milho no País, causando grandes prejuízos. Além de repelente, o óleo é biocida, mata a lagarta logo

Editora Unesp lança mais 39 títulos digitais, passando a oferecer 400 ebooks para download gratuito

  A Editora Unesp está disponibilizando a partir de segunda mais 39 títulos digitais, passando a oferecer 400 ebooks para download gratuito. Dos livros, 14 foram produzidos pela Pró-Reitoria de Extensão (Proex), cinco pela Pró-Reitoria de Pesquisa (Prope) e 20 pela Pró-Reitoria de Pós-Graduação (Propg) da Unesp, sempre em parceria com a editora. “Com as publicações a universidade reconhece a importância do trabalho editado para a qualificação docente e demonstra a percepção

Brasil pode ter redução de até 70% na produtividade agrícola por causa da mudança climática

  Diminuição das colheitas, alteração dos recursos hídricos, elevação do nível do mar e ameaça aos meios de subsistência de milhões de pessoas estão entre as consequências do novo padrão climático global para a região.   A América Latina e o Caribe serão gravemente afetados pelos efeitos das mudanças climáticas que atingem o planeta, de acordo com relatório do Banco Mundial. A diminuição das colheitas, a alteração dos recursos hídricos, a elevação do

COP-20 é condição necessária para realização do acordo climático de 2015 em Paris. Entrevista com Iara Pietricovsky de Oliveira

  “A negociação em Lima será um momento para medir a temperatura das intenções efetivas destes países para o que vai ser consagrado como o documento final, em dezembro de 2015”, avalia a antropóloga. Foto: topicos.estadao.com.br Os 190 países que estão participando da 20ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas -COP-20 deste ano, que está sendo realizada em Lima, no Peru, nesta e na próxima semana, têm como tarefa central apresentar

Por que 2014 pode ser o ano mais quente da história desde o início das medições?

O órgão meteorológico da ONU advertiu, na última quarta-feira, que o ano de 2014 caminha para ser o mais quente da história desde o início das medições. Nos dez primeiros meses do ano, a temperatura global média do ar foi 0,57ºC acima da média de longo prazo. Se essa tendência for registrada também nos dois últimos meses do ano, 2014 superará 1998, 2005 e 2010 (por uma pequena margem) como o

Obesidade pode reduzir esperança de vida em até oito anos, mostra estudo

    A obesidade pode reduzir em até oito anos a esperança de vida das pessoas e em 19 o número de anos sem doenças, mostra estudo [Years of life lost and healthy life-years lost from diabetes and cardiovascular disease in overweight and obese people: a modelling study] publicado hoje (5) na revista médica The Lancet. Pesquisadores do Instituto de Pesquisa do Centro de Saúde da Universidad McGill de Montreal, no Canadá, dirigido

2014 pode ser o ano mais quente do Holoceno, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] A Agência de Pesquisa Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA), órgão da Agência Espacial norte-americana (NASA) disse que outubro de 2014 bateu o recorde de temperatura para o mês. Os dados divulgados no dia 20 de novembro mostram que a média conjunta da temperatura do solo e da superfície do oceano ao redor do globo em outubro ficou 0,74º C acima da média do século 20 (de 14º

Secretário-geral da ONU apresenta síntese dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável pós-2015

  Relatório final será apresentado no dia 31 de dezembro. O documento, intitulado “O Caminho para a Dignidade até 2030: Acabando com a Pobreza, Transformando Todas as Vidas e Protegendo o Planeta” é resultado de um trabalho de dois anos, que mobilizou milhares de pessoas em todos os países do mundo.   O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, apresentou, nesta quinta-feira (4), aos 193 Estados-membros da Assembleia Geral, uma síntese do relatório “O

Top