Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.877, de 15/07/2013

    A culpa é dos médicos? artigo de Montserrat Martins E a Celpe, hein? artigo de Heitor Scalambrini Costa Instituto Chico Mendes rebate números apresentados pela CNA Perda de biodiversidade é a ameaça real mais importante enfrentada pela humanidade hoje Atraso na ratificação Protocolo de Nagoya, sobre biodiversidade, pode prejudicar país MPF/RR abre investigação sobre extrações de madeira autorizadas pela Femarh Lei de Resíduos Sólidos tem o desafio de sair do

A culpa é dos médicos? artigo de Montserrat Martins

  Brasília, 08/07/2013 – O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, participa do lançamento de programa que vai levar médicos para atender no interior e em regiões metropolitanas do país. Foto de Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr   [EcoDebate] Passar de 6 para 8 anos o curso de Medicina, com 2 anos atendendo no SUS como requisito para receber o diploma . Imaginem se a moda pega: mais 2 anos de faculdade de Direito para que

E a Celpe, hein? artigo de Heitor Scalambrini Costa

    [EcoDebate] A privatização da Celpe em fevereiro de 2000 foi um verdadeiro engodo. A justificativa dada à população por aqueles que estavam no poder na época, e que são oposição hoje; e por aqueles que eram oposição na época e que estão no poder hoje, para a transferência da companhia para o setor privado, foi de que a tarifa da energia cairia, e o serviço oferecido seria de melhor qualidade.

Instituto Chico Mendes rebate números apresentados pela CNA

    O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) criticou na sexta-feira (12) uma série de dados apresentados no último dia 10 pela presidenta da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Kátia Abreu. De acordo com a entidade, não há fundamento na afirmação de que a criação de áreas protegidas represente diminuição do tamanho das áreas de produção agrícola. Em entrevista coletiva, Kátia Abreu, que é senadora pelo PSD

Perda de biodiversidade é a ameaça real mais importante enfrentada pela humanidade hoje

  Avaliação foi feita por Zakri Abdul Hamid (na foto), presidente da Plataforma Intergovernamental sobre Biodiversidade e Serviços de Ecossistemas, na abertura da primeira reunião regional do órgão, na FAPESP (Edu César)   Perda da biodiversidade é problema global - Avaliação é de Zakri Abdul Hamid, presidente da Plataforma Intergovernamental sobre Biodiversidade e Serviços de Ecossistemas A perda de biodiversidade é a ameaça real mais importante enfrentada pela humanidade hoje e ocorre de forma

Atraso na ratificação Protocolo de Nagoya, sobre biodiversidade, pode prejudicar país

    A demora do Congresso Nacional em ratificar o , o acordo internacional que dá as regras para o acesso e a repartição de benefícios do uso dos recursos genéticos da biodiversidade, pode prejudicar o Brasil. Matéria no Valor Econômico, socializada pelo ClippingMP. "A pior situação possível para o Brasil, o lugar com mais biodiversidade do mundo, é chegar à próxima conferência internacional, em 2014, com 50 países tendo ratificado o protocolo,

MPF/RR abre investigação sobre extrações de madeira autorizadas pela Femarh

  Foto de arquivo.   Autorizações teriam sido feitas pela Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Roraima O Ministério Público Federal em Roraima (MPF/RR) instaurou inquérito civil público para apurar eventual existência de risco ou dano ao meio ambiente de terra pública federal, em que pode ter sido autorizada a extração de madeira pela Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Roraima (Femarh). A investigação do MPF toma por base

Lei de Resíduos Sólidos tem o desafio de sair do papel

  O Brasil ainda precisa acabar com os lixões a céu aberto até agosto do ano que vem e ampliar a coleta seletiva e a logística reversa para efetivar a Política de Resíduos Sólidos. Aprovada em 2010, a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/10) foi discutida por quase 20 anos no Congresso Nacional. Embora seja considerada por especialistas como uma boa lei, existe uma preocupação sobre sua efetividade, já que ela

Iniciativa internacional busca conciliar agricultura com sustentabilidade visando a segurança alimentar

    Um grupo de 25 cientistas do mundo inteiro terá dois anos para fazer pesquisas e relatar experiências concretas que conciliem a produção agropecuária sustentável para garantir a segurança alimentar mundial. A iniciativa, lançada na sexta-feira (12) no Rio, pretende unir pesquisadores, governos e empresas em torno do bem comum. De acordo com Emile Frison, diretor-geral da Bioversity Internacional, organização de pesquisa sem fins lucrativos com sede em Roma, que lidera

Governo do Ceará acata recomendação do MPF e embarga esteira de termoelétrica do Pecém

  Usina termelétrica de Pecem II, da MPX. Foto: Divulgação   O embargo vale até que medidas sejam adotadas para sanar os danos ambientais causados pelo equipamento Ao acatar recomendação do Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE), a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) resolveu, nesta sexta-fera, 12 de julho, expedir termo de embargo que implicará na paralisação da operação da esteira transportadora da Termoelétrica Porto do Pecém Geração de Energia S/A, do grupo

Na área de energia, mudanças animadoras, artigo de Washington Novaes

    [O Estado de S.Paulo] Com o panorama nacional na área de energia ainda parecendo confuso e contraditório, em razão de omissões e ações discutíveis de órgãos reguladores federais, felizmente surgem informações alentadoras, principalmente em setores das chamadas energias "alternativas", dentro e fora do País. Pode-se começar pela notícia de que o governo federal decidiu (Folha de S.Paulo, 5/7) incluir usinas eólicas no leilão de novas fontes que fará em outubro -

Especialistas divergem sobre fontes de recursos para melhorar transporte público

    Para financiar as melhorias no transporte público, o governo não apenas precisa reformar o sistema tributário como redefinir as prioridades nos próximos anos. Entidades e especialistas ouvidos pela Agência Brasil divergem sobre as fontes de recursos para baratear as tarifas e melhorar a qualidade do serviço. Presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco Nacional), Pedro Delarue disse que a cobrança do Imposto sobre a Propriedade de Veículos

Top