Índice da edição de 19/07/2010

Provocações Econômicas: Mais perguntas que respostas, mais dúvidas que certezas, artigo de Marcus Eduardo de Oliveira Emergência vira rotina, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó) Suzano Papel e Celulose e o impacto na bacia do rio Parnaiba, artigo de Mayron Régis O banho do anu - Amar é sintonizar com o outro em harmonia, artigo de Américo Canhoto Clonagem de cartão bancário, artigo de Ana Echevenguá Filosofando em Grego, artigo de Júlio Wandam DETER/INPE indica 109,6 km2

Provocações Econômicas: Mais perguntas que respostas, mais dúvidas que certezas, artigo de Marcus Eduardo de Oliveira

Prof. Marcus Eduardo de Oliveira [EcoDebate] Com a fama de termos um linguajar sibilino, nós economistas, quase sempre, somos pouco compreendidos em nossas análises pelo público em geral. Essa pouca compreensão piora, sensivelmente, quando o assunto versa sobre previsões econômicas – espécie de tarefa predileta de alguns, e verdadeiro “ganha-pão”, de outros profissionais da área. O fato é que fazendo uso de modelos econométricos cada vez mais rebuscados, abusando das variáveis (endógenas

Emergência vira rotina, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

Enchente invade ruas de Quebrângulo, em Alagoas – Divulgação Prefeitura de Quebrângulo in O Globo [EcoDebate] A sucessão de tragédias, que antes chamávamos de emergenciais, agora vai se tornando cotidiana. Meu irmão de música e caminhada, Magalhães, é coordenador do “Setor de Emergências” da Cáritas Brasileira. Temos um acordo comum quando nos encontramos para reuniões das pastorais sociais: pela noite só falamos de música, ou tocamos violão, ou vamos ver alguma

Suzano Papel e Celulose e o impacto na bacia do rio Parnaiba, artigo de Mayron Régis

[EcoDebate] O perjúrio é um crime perante a lei e àqueles que a personificam como a mola mestra que sustenta a estrutura social e econômica de uma comunidade, contudo os interesses da comunidade pelo perjúrio e pela simpatia à lei agonizam quando o judiciário prefere os argumentos que embotam a vida pública no interior da comunidade. As liminares concedidas pela justiça, nos últimos anos, em favor do setor produtivo e dos

O banho do anu – Amar é sintonizar com o outro em harmonia, artigo de Américo Canhoto

Anu-preto (Crotophaga ani). Foto Wikipedia [EcoDebate] Quando estou em SJRP vou para o trabalho e volto a pé; sempre coleciono lições. Ontem vivi um momento maravilhoso – uma experiência urbana de amor; bem xamâmica. Cortando caminho por uma pequena rua mais isolada deparei-me com uma cena singular: um bando de anus (aquele pássaro preto que parece recém saído da pré-história; desengonçado como ele só, e que de tão mal acabado torna-se até

Clonagem de cartão bancário, artigo de Ana Echevenguá

[EcoDebate] Quem guarda dinheiro em banco, levanta a mão! Todo mundo? Os banqueiros agradecem. Desta forma, engordamos seus lucros obtidos através de um sistema cruel e impiedoso financiado pela legião dos chamados consumidores bancários. Segundo a agência Austin Rating, em 2009, o lucro líquido dos 8 principais bancos privados do Brasil cresceu 24% em comparação ao lucro de 20081. Agora: quem usa cartão magnético pra movimentar dinheiro depositado em banco? Quem já experimentou problemas

Filosofando em Grego, artigo de Júlio Wandam

[EcoDebate] Durante muitos anos acertando e errando, mais errando do que acertando, descubro quanto importante é o aprendizado de tantas ações que redundaram, após muito esforço, em nenhum resultado prático, financeiro ou outro. Muitos, assim como nós e outros tantos, necessitamos errar, para que nunca mais venhamos a cometer o desvario de fazer novamente a mesma ação que se logrou prejuízo. Disse-nos Plutarco: "O ser humano não pode deixar de cometer

DETER/INPE indica 109,6 km2 de desmatamentos na Amazônia no mês de maio/2010

Importante ferramenta de suporte à fiscalização na Amazônia, o sistema DETER – Detecção do Desmatamento em Tempo Real, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), indica que no último mês de maio 109,6 km2 da floresta sofreram corte raso ou degradação progressiva. Em maio, quando 45% da Amazônia Legal esteve coberta por nuvens que impediram a observação por satélite, foram verificados desmatamentos em quatro estados: Mato Grosso = 51,9 km2 Pará = 37,2

20/07: MPF/MS promove audiência pública sobre impacto de empreendimentos hidrelétricos no Pantanal

Estão previstos mais de cem projetos de geração de energia na Bacia do Alto Paraguai. Confira o vídeo de divulgação do evento MPF/MS promove audiência pública sobre impacto de empreendimentos hidrelétricos no Pantanal O Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul (MPF/MS) promove, na próxima terça, 20 de julho, às 14h, audiência pública para debater a influência de empreendimentos hidrelétricos no equilíbrio ecológico do Pantanal. O evento acontece no auditório da

Relatório do Pnuma estima que demanda por água na América Latina cresceu 76% em 15 anos

Relatório do Pnuma destaca desafios ambientais para a região, como o aumento da escassez de água; estudo cita exemplos positivos, como a reciclagem no Brasil, uma indústria nacional que emprega 170 mil pessoas. O aumento da escassez de água, a rápida urbanização, a degradação de zonas costeiras e a perda de florestas são alguns desafios ambientais destacados em relatório do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, para a

Lucro privado e prejuízo socializado: Dívida de planos de saúde com o SUS pode chegar a R$ 370 milhões

Ainda este ano, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) vai inscrever na Dívida Ativa da União operadoras de planos de saúde, que acumularam dívidas de R$ 40 milhões com o Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo a legislação brasileira, os planos de saúde são obrigados a ressarcir o SUS quando um segurado recorre ao sistema público, em vez de ser atendido pela rede particular conveniada. A ANS não divulgou, no

Pesquisa de ONG suiça conclui que uma em cada quatro brasileiras sofre de violência doméstica

As mulheres vítimas de violência doméstica na América Latina se submetem aos maus-tratos porque não dispõem de condições financeiras para sobreviver sem a ajuda dos companheiros, maridos e namorados. No Brasil, 24% das entrevistadas disseram que, apesar das agressões que sofrem, não se separam porque não têm como se sustentar. Uma em cada quatro brasileiras sofre com a violência doméstica. A cada 15 segundos, uma mulher é atacada no Brasil. A

Top