Índice da edição de 04/03/2010

Pesquisa apresenta evidências da ação humana no aumento do nível do mar Sociedade do conhecimento e desenvolvimento sustentável, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Cientistas denunciam favorecimento de empresas na Conferência sobre Biotecnologias Agrícolas ‘É uma agressão da FAO promover transgênicos no México’, diz Via Campesina Petrolina, PE Ibama encontra e inutiliza fornos irregulares na caatinga Embrapa disponibiliza na internet livretos com orientações nutricionais Pesquisa com professores encontra forte associação entre trabalho estressante e doenças vocais Por

Pesquisa apresenta evidências da ação humana no aumento do nível do mar

[Por Henrique Cortez, do EcoDebate] Desde 1900, o nível global do mar teve um aumento de cerca de 17 cm (7 pol.). O aumento da temperatura e consequente derretimento das geleiras e camadas de gelo, bem como o aquecimento dos oceanos que, diretamente, se expande com o aumento da temperatura, são os principais fatores do aumento do nível do mar. Vários pesquisadores têm atribuído apenas uma parte do aumento do nível

Sociedade do conhecimento e desenvolvimento sustentável, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

[EcoDebate] A sociedade capitalista (do desenvolvimento econômico a qualquer custo) tem como base a obtenção de lucro por meio da produção contínua e crescente de bens e serviços úteis ou supérfluos. Para incentivar o consumismo desenfreado, o capitalismo montou toda uma máquina de propaganda, não só através da mídia escrita, falada e televisionada, mas também nos outdoors, placas de loja em loja e de bar em bar e até na

Cientistas denunciam favorecimento de empresas na Conferência sobre Biotecnologias Agrícolas

A Via Campesina da América do Norte, a Rede em Defesa do Milho e a Assembléia Nacional de Afetados Ambientais realizaram uma conferência pública e uma entrevista coletiva para fixar sua posição em relação à Conferência sobre Biotecnologias Agrícolas nos países em desenvolvimento, da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), que começou no dia primeiro de março em Guadalajara, Jalisco, no México. Pat Mooney, membro do

‘É uma agressão da FAO promover transgênicos no México’, diz Via Campesina

A delegação da América do Norte da Via Campesina divulgou manifesto em que rechaça a postura da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) durante a "Conferência Técnica Internacional sobre Biotecnologias agrícolas nos países em desenvolvimento", que acontece termina nesta quinta (4/3) em Guadalajara, no México. Para a entidade camponesa, a real intenção do evento é incentivar o cultivo de Organismos Geneticamente Modificados (OGM). Leia abaixo a íntegra do documento.

Petrolina, PE Ibama encontra e inutiliza fornos irregulares na caatinga

Agentes ambientais do Ibama localizaram e destruíram hoje cerca de 50 fornos ilegais de produção de carvão na comunidade de Ponta da Serra, no município de Petrolina, a cerca de 700 km do Recife. Os fornos eram do tipo “caieiras”, que consistem em valas feitas no solo onde se deposita a madeira a ser queimada. Além de serem de baixa produtividade, as caieiras também são altamente poluentes. 25722

Embrapa disponibiliza na internet livretos com orientações nutricionais

Cartilhas nutricionais – Apesar da elevada produção, no Brasil é baixo do consumo de frutas e hortaliças. Segundo a Pesquisa de Orçamentos Familiares feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, frutas e verduras e legumes correspondem a apenas 2,3% das calorias totais ingeridas pela população, ou cerca de um terço das recomendações para o consumo diário desses alimentos. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda o consumo mínimo diário de

Pesquisa com professores encontra forte associação entre trabalho estressante e doenças vocais

Muito trabalho e pouca autonomia podem causar doenças na voz dos professores Estresse no trabalho pode causar doença de voz em professor - Cerca de 60% dos professores da rede municipal da cidade de São Paulo têm distúrbios na voz — uma prevalência cinco vezes maior que no resto da população (1). De acordo com uma pesquisa da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP, o estresse no trabalho está fortemente

Por um palmito sem restrições: Pesquisa avalia consumo seguro do palmito em conserva

O engenheiro de alimentos Ernesto Quast: avaliando a velocidade de acidificação do produto (Foto: Antonio Scarpinetti) O custo da imagem da produção de palmito associada a crimes ambientais e ao perigo de botulismo – um tipo de intoxicação alimentar – é elevado. Segundo o engenheiro de alimentos Ernesto Quast, o Brasil perdeu a posição de liderança na exportação de palmito para países que, até há poucos anos, não possuíam tradição no

Campanha Hora do Planeta propõe apagar as luzes por uma hora para repensar impactos do consumo de energia

Apagar as lâmpadas por uma hora pode ajudar a combater o aquecimento global. É o que propõe a campanha Hora do Planeta, da organização não governamental (ONG) WWF, lançada ontem (3), na capital fluminense. A ideia é convencer as pessoas a desligarem as luzes no dia 27 de março, entre as 20h30 e 21h30. Essa é a segunda vez que a campanha é realizada no Brasil. Com divulgação na TV e

Amazônia, desmatamento e clima. Entrevista especial com Carlos Nobre

Desmatamento na Amazônia, em foto de arquivo Um estudo divulgado no mês passado revela que, devido ao desmatamento, mudanças no clima e queimadas, em cem anos, restará viva apenas 30% da Amazônia. Esse é um dado que mostra o aumento crescente destes que são considerados os principais desafios da maior floresta do mundo. “Boa parte da floresta, no leste e no sul, poderia desaparecer caso essas mudanças aumentem. No entanto, o

Estudo do Imazon registra que, em 5 meses, desmate da Amazônia responde por 51 milhões de t de gases-estufa emitidos

Desmatamento na Amazônia, em foto de arquivo O Desmatamento da Floresta amazônica, registrado entre agosto de 2009 e janeiro deste ano, será responsável pela emissão de 51 milhões de toneladas de dióxido de carbono (CO2), segundo dados do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon). No período, o desFlorestamento foi de 836 quilômetros quadrados, segundo o Sistema de Alerta de Desmatamento do Imazon. Essa taxa de carbono supera, e muito,

Top