Índice da edição de 25/06/2009

A equivocada controvérsia sobre o estudo ‘ alcance da legislação ambiental e territorial’ Caos ou transição para uma nova ordem, artigo de Márcia Pimenta (diploma universitário para o exercício do jornalismo) O mérito da questão, artigo de Francisco Gonçalves da Conceição STF proíbe a entrada de pneus usados no país DETER indica que em maio Amazônia teve 123 km2 desmatados Minc diz que usou expressão inadequada ao chamar produtores rurais de vigaristas Bancada ruralista critica Minc

A equivocada controvérsia sobre o estudo ‘ alcance da legislação ambiental e territorial’

[Por Henrique Cortez, do EcoDebate] O estudo [Alcance Territorial da Legislação Ambiental e Indigenista*] de Evaristo Miranda, chefe da Embrapa Monitoramento por Satélite e outros pesquisadores, o qual afirma que, aplicada a legislação ambiental e indigenista, sobram 29% de território para agricultura e energia no Brasil, tem sido, inadvertidamente, fonte de controvérsia e desinformação. O estudo, acima de tudo, realmente deve ser compreendido a partir de seu objetivo original "Qual a

Caos ou transição para uma nova ordem, artigo de Márcia Pimenta

Imagem: IHU [EcoDebate] Quantas vezes em uma situação caótica, onde tudo parece ter saído do seu lugar, percebemos que é preciso uma mudança de atitude, uma nova rota para alcançar uma antiga meta. É então que o caos se estabelece como um período de transição para uma nova ordem. Se visto sob a perspectiva otimista, uma doença pode ser ouro em pó já que traz para o nível consciente um comportamento que

(diploma universitário para o exercício do jornalismo) O mérito da questão, artigo de Francisco Gonçalves da Conceição

[EcoDebate] O fim da obrigatoriedade do diploma universitário para o exercício do jornalismo no Brasil, a exemplo do que já ocorre em países como Estados Unidos, França, Itália e Alemanha, não encerra o debate sobre a formação dos jornalistas, a regulamentação profissional e a liberdade de expressão na sociedade brasileira. Apesar da decisão do Tribunal Superior Federal (STF), a profissão de jornalista continua, o ensino de jornalismo no âmbito das universidades

STF proíbe a entrada de pneus usados no país

STF decide pela proibição da entrada no país de pneus remoldados de qualquer origem O Supremo Tribunal Federal (STF) proibiu ontem (24), em sessão plenária, a importação de pneus remoldados de qualquer origem. A decisão foi tomada com oito votos favoráveis e apenas um contrário, o do ministro Marco Aurélio Mello. Essa foi a segunda sessão do STF realizada para tratar da questão. A decisão era esperada desde 2006 pelo governo federal

DETER indica que em maio Amazônia teve 123 km2 desmatados

O DETER, sistema de alerta baseado em satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), detectou 123 km2 de desmatamento na Amazônia Legal por corte raso ou degradação progressiva no último mês de maio. Neste período, 62% da região permaneceu coberta pelas nuvens, que prejudicam a observação através das imagens de satélite. Do total detectado pelo DETER, 61 km2 estão no Mato Grosso, que em maio foi o estado que

Minc diz que usou expressão inadequada ao chamar produtores rurais de vigaristas

O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, participa de audiência pública na Comissão de Agricultura da Câmara para explicar declarações feitas durante manifestação de agricultores familiares Foto: Antonio Cruz/ABr Em audiência pública na Câmara para explicar declarações feitas durante manifestação de agricultores familiares em que chamou representantes do agronegócio de “vigaristas”, o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, avaliou ontem (24) que as expressão foi “inadequada” e não representa a

Bancada ruralista critica Minc durante audiência na Câmara

O deputado Ronaldo Caiado e o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, durante audiência pública na Comissão de Agricultura da Câmara Foto: Marcello Casal JR/ABr Parlamentares da bancada ruralista fizeram ontem (24) duras críticas ao ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, que foi à Câmara dar explicações por ter chamado os grandes produtores rurais de vigaristas durante uma manifestação de agriculturores familiares em maio. Os deputados chegaram a pedir a

Agricultura familiar tem papel multifuncional, contribuindo para desenvolvimento territorial

Em cidades do sul de Minas Gerais, a agricultura familiar tem outros papéis além dos produtivos, como a preservação do meio ambiente Agricultura familiar sul-mineira contribui para desenvolvimento territorial - Uma pesquisa da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da USP de Piracicaba, identificou as contribuições da agricultura familiar sul-mineira para o desenvolvimento territorial, sob o prisma da noção de multifuncionalidade da agricultura. O estudo foi feito a partir

Pesquisas para preservar o peixe-boi da Amazônia

Filhote do peixe-boi-da-amazônia (Trichechus inunguis), também chamado de manati ou manatim. Fonte: Wikipédia Vera Maria Ferreira da Silva, pesquisadora do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), abordará o assunto na Reunião Anual da SBPC Em toda a bacia amazônica há um tipo de mamífero que, apesar do porte avantajado, é difícil visualizá-lo devido ao seu comportamento um tanto discreto e à turbidez das águas dos rios da Amazônia. Mas nas

Comissão Pró-Índio conclui formação de Agentes Agroflorestais Indígenas

Trinta Agentes Agroflorestais Indígenas (AAFIs) finalizam o curso de manejo de animais no Centro de Formação Povos da Floresta da Comissão Pró-Índio do Acre (CPI/AC). As aulas, iniciadas no dia 01 de junho, visam capacitar os índios nas técnicas de criação e manejo de animais domésticos e silvestres, possibilitando mais autonomia alimentar às aldeias. No curso, foi ensinado o manejo aves de grande porte e os benefícios econômicos e alimentares que

Programa Territórios Livres Baixo Parnaíba

O Programa Territórios Livres do Baixo Parnaíba (Fórum Carajás, SMDH, CCN e FDBPM) abriu uma perspectiva completamente diferente entre as diversas forças que agem por dentro do Programa e para fora do Programa. Para o Fórum Carajás o que simbolizaria as suas atividades dentro e fora do Programa, mas com interfaces entre as duas camadas de intensa mobilização social, ambiental, econômica e política, seria a relação das comunidades tradicionais com

Top