Índice da edição de 20/05/2009

Novo modelo indica que o aquecimento global poderá ser o dobro do anteriormente estimado Energias alternativas via Pequenas Centrais Hidrelétricas(PCHs), artigo de Carol Salsa Desastres Naturais: No Brasil não há gestão de risco! artigo de Lutiane Almeida Comissão Mista Permanente quer poder para decidir sobre mudanças climáticas Belo Monte e o ‘W’ do desmatamento, artigo de Rodolfo Salm Não se sabe onde há soja transgênica e soja não-transgênica plantada. Entrevista especial com Gilles Ferment Sustentabilidade: o

Novo modelo indica que o aquecimento global poderá ser o dobro do anteriormente estimado

"roleta" que reflete as últimas chances relativas aos vários níveis de elevação de temperatura. Fonte MIT [Por Henrique Cortez, do EcoDebate] Uma nova modelagem de dados, ainda mais abrangente do que as anteriormente realizadas, sobre a probabilidade do quanto o clima da Terra pode se aquecer ainda neste século, demonstrou que, sem uma ação rápida e massiva, o problema será de cerca de duas vezes mais graves do que estimado, seis

Energias alternativas via Pequenas Centrais Hidrelétricas(PCHs), artigo de Carol Salsa

Ilustração de uma Pequena Central Hidrelétrica, do Portal PCH “ Pequenas Centrais Hidrelétricas, no Brasil, são aquelas cuja potência instalada não ultrapassa 30 MW, e o seu lago tem uma área máxima de 3 km2 ( 300 ha) para uma cheia centenária. Devido aos custos envolvidos, o Governo Federal do Brasil incentivou a sua exploração por grupos empresariais privados. Os estudos de viabilidadede PCHs tratam sobretudo da definição de uma

Desastres Naturais: No Brasil não há gestão de risco! artigo de Lutiane Almeida

“Tais exemplos demonstram que o Brasil é sim afetado por desastres naturais. É preciso desmistificar a ideia de que no Brasil não ocorrem desastres naturais” Em um momento no qual a sociedade pós-moderna vive um clima generalizado de insegurança, tanto em função da violência cotidiana, das epidemias e das crises financeiras, quanto pelas possíveis ameaças atreladas às mudanças ambientais globais, no Brasil a sociedade parece alheia à possibilidade de ocorrência de

Comissão Mista Permanente quer poder para decidir sobre mudanças climáticas

O relator da Comissão Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas, deputado Colbert Martins (PMDB-BA), afirmou que o colegiado tem de ter o poder de deliberar as questões que dizem respeito a seu tema. Para que a comissão tenha poder de decisão, segundo o parlamentar, serão necessárias mudanças nos regimentos comum, do Senado e da Câmara. O deputado explicou que a comissão, a terceira mista permanente - ao lado da de Orçamento e

Belo Monte e o ‘W’ do desmatamento, artigo de Rodolfo Salm

Rio Xingu "A usina Belo Monte deve ser mesmo licitada em setembro ou outubro", anunciou a Agência Brasil, órgão de comunicação do governo federal, no dia 10 de maio. Segundo o secretário executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, o licenciamento ambiental para a obra "está bem encaminhado e tramita normalmente". O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, ainda definiu como "estapafúrdias" as notícias com informações contra as previsões

Não se sabe onde há soja transgênica e soja não-transgênica plantada. Entrevista especial com Gilles Ferment

Diante da extensa discussão sobre o impacto dos produtos transgênicos sobre a nossa saúde e desenvolvimento, seis países europeus utilizam uma cláusula de segurança na lei que libera a produção e consumo de alimentos geneticamente modificados e proíbe o plantio do milho MON 810. Uma decisão que aumenta o debate em torno dos transgênicos e convida a todos a repensarem a expansão desses alimentos e, principalmente, as políticas que tratam

Sustentabilidade: o discurso e a realidade, artigo de José Goldemberg

[Gazeta Mercantil] O que se entende por desenvolvimento sustentável é aquele que atende às necessidades da atual geração, sem comprometer a capacidade das futuras gerações de terem também suas necessidades atendidas. As preocupações com sustentabilidade se tornaram importantes na segunda metade do século XX, quando se tornou evidente - pela primeira vez na história da humanidade - que a ação do homem poderia tornar inviável o tipo de civilização à

Lula reduz o valor da compensação ambiental a ser pago por empreendimentos

Lula reduz valor pago por impacto ambiental - Decreto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva reduziu o valor da compensação ambiental a ser pago por empreendimentos, como a construção de rodovias e hidrelétricas, por seus impactos no meio ambiente. A nova regra prevê um teto para a cobrança - de 0,5% sobre uma parcela do valor da obra - e atenua o custo da exploração de petróleo no pré-sal. A

Ruralistas finalizam projeto de criação do Código Ambiental

Com o apoio de 208 deputados e 35 senadores, a Frente Parlamentar Agropecuária conclui nesta semana mais um pomo da discórdia no Congresso Nacional. Trata-se do projeto de criação do Código Ambiental, com cerca de 100 capítulos, que vai trazer duas novidades polêmicas - transfere para estados e Distrito Federal a competência de legislar sobre o meio ambiente e estabelece remuneração aos proprietários rurais que preservarem a reserva legal de

Influenza A (H1N1): Que pandemia? artigo de Marcelo Leite

“A gripe de 1957 matou 70 mil americanos e 4 milhões noutras partes do mundo” [Folha de S.Paulo] Bastaram três semanas para a pandemia de gripe suína - perdão, influenza A (H1N1) - chegar, aterrorizar e sumir. Ao menos das manchetes. Terá servido, porém, para ajudar a vender um livro interessante, "Vacinado", de Paul A. Offit (Ideia e Ação, 2008, 256 págs., R$ 39,90). O exemplar de divulgação baixou em minha mesa

Reator nuclear de Chalk River, no Canadá, é desligado após vazamento de água pesada

Instalações do Reator nuclear de Chalk River, foto de Wayne Cuddington, Ottawa Citizen Toronto (Canadá), 19 mai (EFE).- Um reator nuclear experimental que produz isótopos para serviços médicos e que está situado ao oeste de Ottawa sofreu um "pequeno vazamento" de água pesada, informaram as autoridades canadenses, o que fará com que fique desligado durante mais de um mês. A perda obrigou a empresa Atomic Energy of Canadá Limited (AECL), que opera

Top