Metas mais ambiciosas no Acordo de Paris podem salvar milhões de vidas ao ano até 2040

  Metas mais ambiciosas no Acordo de Paris podem salvar milhões de vidas ao ano até 2040 No Brasil, 330 mil vidas podem ser salvas ao ano por ação climática aliada à dieta com menos carne e comida processada Por Cinthia Leone, ClimaInfo Um novo estudo da Lancet [ The public health implications of the Paris Agreement: a modelling study ] analisou as metas do Acordo de Paris de nove países, incluindo o Brasil,

Retorno dos EUA ao Acordo de Paris pressiona o Brasil a honrar compromissos

  Retorno dos EUA ao Acordo de Paris pressiona o Brasil a honrar compromissos Ações ambientais do governo Biden impactam o Brasil - Retorno dos EUA ao compromisso internacional pressiona país a seguir a conduta dos signatários Por Aline Moura e Marcio Santos Ao assinar o retorno dos EUA ao Acordo de Paris, compromisso mundial para redução das emissões de gases de efeito estufa, o presidente americano Joe Biden não apenas mostra seu posicionamento

Expansão do sistema global de gasodutos ameaça metas de Paris

  Expansão do sistema global de gasodutos ameaça metas de Paris Brasil tem US $40 bi em projetos e é o 6° mais comprometido com o crescimento do setor Por Cinthia Leone, ClimaInfo Um relatório lançado ontem (01/02) pelo Global Energy Monitor (GEM) mostra que a expansão de dutos de gás e óleo continua o movimento de desaceleração que já dura uma década: em 2020, o aumento anual de oleodutos e gasodutos em todo

Síntese das últimas descobertas sobre as mudanças climáticas

  Síntese das últimas descobertas sobre as mudanças climáticas World Meteorological Organization (WMO) Uma série de relatórios recentes destacou indicadores de mudança climática acelerados, em meio a um crescente impulso popular e político para uma ação climática mais ambiciosa. Ten New Insights into Climate Science , publicado pelo Programa Mundial de Pesquisa Climática copatrocinado pela OMM, Future Earth e Earth League, forneceu uma síntese das últimas descobertas para a política e a sociedade. Estes incluíam: Modelos

Desastres climáticos deixaram 475 mil mortos nos últimos 20 anos

  Desastres climáticos deixaram 475 mil mortos nos últimos 20 anos Dados são do Índice de Risco climático Global, da GermanWatch RTP - Rádio e Televisão de Portugal Quase meio milhão de pessoas morreram em desastres naturais relacionados com as alterações climáticas nos últimos 20 anos, de acordo com a organização não governamental (ONG) GermanWatch, que considerou Moçambique o país mais vulnerável. Segundo a ONG, que divulgou ontem (25) o Índice de Risco Climático Global,

Ciclones foram principais eventos extremos de 2019 no mundo

  Ciclones foram principais eventos extremos de 2019 no mundo Cúpula de Adaptação Climática discutirá apoio financeiro aos países pobres mais afetados Por Cinthia Leone, ClimaInfo Tempestades severas e suas implicações diretas — volume de precipitação, enchentes e deslizamentos de terra — causaram os principais prejuízos econômicos ligados a eventos extremos em todo o mundo em 2019. Dos 10 países mais afetados naquele ano, 6 foram atingidos por ciclones, e dados científicos mais recentes sugerem

EUA retornam ao Acordo de Paris e ampliam o isolamento negacionista do Brasil

  EUA retornam ao Acordo de Paris e ampliam o isolamento negacionista do Brasil O discurso de posse do presidente Joe Biden, na quarta-feira (20), confirmou mudanças de peso na política ambiental americana. Biden mencionou “o clima em crise” entre os maiores desafios à frente dos EUA, juntamente com a pandemia e o racismo estrutural, e deve anunciar nas próximas horas o retorno do país ao Acordo do Clima de Paris. Por Solange

Entenda as ondas de frio em um planeta cada vez mais quente

Entenda as ondas de frio em um planeta cada vez mais quente Espanha e China tiveram nevascas extremas; Aquecimento global pode estar por trás do fenômeno Por Cinthia Leone, ClimaInfo Em muitos países, as primeiras semanas de 2021 foram extremamente frias. Na China, Pequim registrou a temperatura mais baixa dos últimos 20 anos . E na Espanha, Madri sofreu recentemente uma forte tempestade de neve , a mais intensa desde 1971. Essas nevascas

Aquecimento antropogênico aumenta a frequência de eventos de calor extremo

  Aquecimento antropogênico aumenta a frequência de eventos de calor extremo Institute of Atmospheric Physics*, Chinese Academy of Sciences O fluxo de calor antropogênico, ou de origem humana, na atmosfera próxima à superfície mudou os ambientes térmicos urbanos. Grande parte dessa flutuação foi observada com o rápido desenvolvimento da economia global e da urbanização desde a virada do século 21. Enquanto isso, o número de eventos de temperatura extrema na primeira década do século 21

União Europeia firma meta climática mais rígida para reduzir emissões de CO² em 55% até 2030

  União Europeia firma meta climática mais rígida para reduzir emissões de CO² em 55% até 2030 Os líderes europeus, reunidos em Bruxelas, chegaram a um acordo para reduzir as emissões de dióxido de carbono (CO²) em 55% até 2030, em relação aos níveis de 1990. Por RTP - Rádio e Televisão de Portugal / ABr O acordo foi anunciado pelo presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, depois de um longo debate que se

Meta climática apresentada pelo Brasil é omissa e insuficiente

  Meta climática apresentada pelo Brasil é omissa e insuficiente Brasil anuncia meta climática insuficiente e imoral e tenta chantagear países ricos mais uma vez Nota do Observatório do Clima A menos de um mês do fim do prazo legal, o governo brasileiro parece ter enfim decidido apresentar sua nova NDC (Contribuição Nacionalmente Determinada) ao Acordo de Paris. De uma versão do documento da NDC que circulou nesta terça-feira à noite, conclui-se que o país

Árvores e telhados verdes podem ajudar a reduzir o efeito da ilha de calor urbana

  Árvores e telhados verdes podem ajudar a reduzir o efeito da ilha de calor urbana Os especialistas em poluição do ar da Universidade de Surrey descobriram que a infraestrutura verde (IG), como as árvores, pode ajudar a reduzir as temperaturas em muitas cidades e vilas da Europa. University of Surrey* Uma ilha de calor urbana é uma área urbana significativamente mais quente do que as áreas rurais circundantes. A diferença de temperatura normalmente

Ciclones tropicais consecutivos causam destruição massiva e impactam milhões de pessoas

  Ciclones tropicais consecutivos causam destruição massiva e impactam milhões de pessoas WMO Ciclones tropicais consecutivos causaram destruição massiva e impactaram milhões de pessoas na América Central e partes do Sudeste Asiático, enfatizando mais uma vez as ameaças representadas pelos ciclones tropicais à vida e propriedade e bem-estar socioeconômico e a necessidade de coordenação e cooperação a nível global sob a égide da OMM. O furacão Iota atingiu a Nicarágua em 17 de novembro como uma

Influência do clima e meio ambiente na pandemia COVID-19

  Influência do clima e meio ambiente na pandemia COVID-19 As evidências indicam que a exposição da população à poluição do ar, na forma de partículas finas, afeta a gravidade dos sintomas do COVID-19 Uma estrutura para pesquisa que liga tempo, clima e COVID-19 foi publicada na Nature Communication. O artigo segue o Simpósio Virtual, co-patrocinado pela OMM, sobre Fatores Climatológicos, Meteorológicos e Ambientais na Pandemia COVID-19,realizado no início de agosto. “Os primeiros estudos

Com chuvas irregulares, recuperação dos níveis dos rios no Pantanal pode ser mais lenta

  Com chuvas irregulares, recuperação dos níveis dos rios no Pantanal pode ser mais lenta Com chuvas irregulares, recuperação dos níveis dos rios no Pantanal pode ser mais lenta, segundo prognóstico do Serviço Geológico do Brasil Boletim semanal atualizado nesta quinta-feira mantém tendência de recuperação dos níveis dos rios no MT e MS mesmo com o atraso do período chuvoso na região O Serviço Geológico do Brasil publicou nesta quinta-feira, dia 05/11, novo boletim

Confirmado La Niña, de moderado a forte, em 2020/2021; Veja os impactos estimados

  Confirmado La Niña, de moderado a forte, em 2020/2021; Veja os impactos estimados O La Niña se desenvolveu e deve durar até o próximo ano, afetando as temperaturas, a precipitação e os padrões de tempestades em muitas partes do mundo, segundo a Organização Meteorológica Mundial (OMM). A declaração global de um evento La Niña é usada por governos para mobilizar o planejamento em setores sensíveis ao clima, como agricultura, saúde, recursos hídricos

Secas mais severas ameaçam os pântanos em todo mundo

  Secas mais severas ameaçam os pântanos em todo mundo Cientistas da Universidade de Adelaide mostraram como as secas estão ameaçando a saúde dos pântanos em todo o mundo. Por Robyn Mills* ** Publicado na revista Earth-Science Reviews , os cientistas destacam as muitas mudanças físicas e químicas que ocorrem durante as secas que levam à secagem severa e às vezes irreversível dos solos dos pântanos. “As áreas úmidas em todo o mundo são extremamente importantes para

O calor tem um efeito mais forte na saúde em cidades menos desenvolvidas

  O calor tem um efeito mais forte na saúde em cidades menos desenvolvidas Em comparação com as cidades de alta renda, as cidades menos desenvolvidas do Brasil têm uma taxa de hospitalização mais alta associada ao aumento da exposição ao calor, de acordo com um novo estudo publicado esta semana na PLOS Medicine por Yuming Guo da Monash University, Austrália, e colegas. A exposição ao calor, que aumentará com o aquecimento global,

Aspectos que caracterizam e determinam o clima da região Amazônica

    Características e determinantes do clima da região Amazônica Clima da Amazônia, por Gilberto Fisch, José A. Marengo e Carlos A. Nobre [CPTEC/INPE]  1. Introdução A Bacia Amazônica possui uma área estimada de 6,3 milhões de quilometros quadrados, sendo que aproximadamente 5 milhões em território brasileiro e o restante divido entre os países da Bolívia, Colômbia, Equador e Peru. Esta região é limitada à oeste pela Cordilheira dos Andes (com elevações de até 6000

A Covid-19 não interrompeu as mudanças climáticas

    A Covid-19 não interrompeu as mudanças climáticas As mudanças climáticas não pararam para COVID-19. As concentrações de gases de efeito estufa na atmosfera estão em níveis recordes e continuam aumentando. As emissões estão caminhando na direção de níveis pré-pandêmicos, após um declínio temporário causado pelo bloqueio e desaceleração econômica. O mundo deve ter seus cinco anos mais quentes já registrados - em uma tendência que provavelmente continuará - e não está no

Top