nº 2.559, 2016 [30/06/2016]

    Antropoceno, Parte 3/3, artigo de Roberto Naime Mortes de ativistas socioambientais não podem se perder nas estatísticas, artigo de Sucena Shkrada Resk Processo penal e economia política, artigo de Amadeu Garrido A reprimarização da economia brasileira e a PEC 65: um retrocesso que nos leva de volta à década de 1970 Entidades criticam lei que prevê pulverização aérea de inseticida contra o Aedes Justiça concede liminar e obriga o Ibama

Antropoceno, Parte 3/3, artigo de Roberto Naime

antropoceno

    [EcoDebate] A questão do tecnógeno ou antropoceno é mais bem compreendido quando se parte das premissas da moderna biologia, de Lynn Margulis e James E. Lovelock, criadores da hipótese Gaia, que a partir dos conceitos de entropia e processos, imaginam a vida como fluxos dinâmicos de matéria e energia, não mensuráveis por equações matemáticas simples. São processos que guardam em si a tendência natural da energia e da matéria em caminharem

Mortes de ativistas socioambientais não podem se perder nas estatísticas, artigo de Sucena Shkrada Resk

luto

    Muitos nomes em algumas lápides por este Brasil podem ser anônimos para a maioria de nós, mas representam o descaso cada vez maior com a vida de cidadãos e cidadãs, que fazem parte de comunidades indígenas, que pleiteiam a demarcação de terra que se estende em processos morosos, ou reivindicam o cessar da pressão sobre suas terras. Nesse hall, outros brasileiros que têm suas vidas interrompidas pertencem a populações tradicionais

Processo penal e economia política, artigo de Amadeu Garrido

opinião

    [EcoDebate] Já estamos a ouvir clamor empresarial para encerrar-se a Lava Jato. A economia brasileira se encontraria sob suspeição do mundo. A descoberta dos crimes é diuturna, as investigações se sucedem as denúncias do MP e a instauração de ações penais. De um modo generalizado, não há como deixar de reconhecer que o Brasil derrapa. Contudo, fatos e processos penais, crimes de ação pública, não se encontram sob a disponibilidade dos

A reprimarização da economia brasileira e a PEC 65: um retrocesso que nos leva de volta à década de 1970

  A reprimarização da economia brasileira e a PEC 65: um retrocesso que nos leva de volta à década de 1970. Entrevista especial com Eduardo Luis Ruppenthal   “Esse é um momento difícil pelo qual o país está passando e pode significar um profundo retrocesso em várias conquistas constitucionais, avanços sociais e ambientais desde o processo de redemocratização brasileira”, denuncia o biólogo. Imagem: http://cdn2.hubspot.net/   Se aprovada, a Proposta de Emenda à Constituição – PEC 65 irá

Entidades criticam lei que prevê pulverização aérea de inseticida contra o Aedes

veneno

    A lei que autoriza o uso de aviões para pulverizar substâncias químicas contra o mosquito Aedes aegypti, sancionada esta semana pelo presidente interino, Michel Temer, foi duramente criticada por organizações de saúde e combate a agrotóxicos. Publicada na terça-feira (28) no Diário Oficial da União, a Lei 13.301/2016 prevê a “incorporação de mecanismos de controle vetorial por meio de dispersão por aeronaves mediante aprovação das autoridades sanitárias e da comprovação científica da

Justiça concede liminar e obriga o Ibama a fiscalizar atividades agrícolas no Oeste da Bahia

  A Justiça Federal, em decisão liminar, acatou, dia (22/06/2016), o pedido do Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA) e determinou que o Instituo Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) não envie os processos de embargos dos empreendimentos que realizam atividades agrossilvipastoris – agricultura, pecuária, aquicultura e silvicultura – sob sua responsabilidade, no Oeste da Bahia, para a Secretaria de Meio Ambiente do Estado (Sema). O Instituto também

Videocast: Como alimentar cada vez mais pessoas de modo sustentável?

Se a população mundial e o consumo de alimentos continuarem crescendo, em 2050 o mundo precisará de 60% mais comida em relação à disponível atualmente. Segundo a FAO, a agência da ONU sobre alimentação e agricultura, a maior parte deste consumo adicional terá de vir através da Intensificação Sustentável da Produção Agrícola (ISPA). Saiba mais sobre este conceito neste vídeo da FAO.     Da ONU Brasil/FAO, in EcoDebate, 30/06/2016   [CC BY-NC-SA 3.0][ O

Homicídios são a principal causa de morte de crianças e adolescentes, diz estudo

  Por dia, 29 crianças e adolescentes são assassinadas no Brasil, de acordo com estudo da Faculdade Latino Americana de Ciências Sociais (Flacso) Brasil divulgado hoje (30). O número coloca o país em terceiro lugar em homicídios de crianças e adolescentes em uma lista de 85 nações. O número de vítimas negras é quase três vezes maior que o de brancas. Segundo o relatório Violência Letal Contra as Crianças e Adolescentes do

nº 2.558, 2016 [29/06/2016]

    Cemitérios e enterros sustentáveis, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Antropoceno, Parte 2/3, artigo de Roberto Naime A banalização da vida animal na era das selfies, por Elissandro dos Santos Santana, Denys Henrique Rodrigues Câmara, Heron Duarte de Almeida e Rosana dos Santos Santana Relatório avalia o que mudou na transparência na gestão da água em São Paulo Órgãos são pouco transparentes na divulgação de dados do Cantareira, diz ONG Tecnologia australiana de despoluição de

Cemitérios e enterros sustentáveis, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “Os mortos governam os vivos” Augusto Comte     [EcoDebate] A humanidade já provocou grandes alterações nos ecossistemas do Planeta. Desmatou florestas para explorar as madeiras de lei, fazer carvão e ampliar as atividades da agricultura e da pecuária. Represou rios, drenou pântanos, alterou a paisagem natural. Revolveu a terra para extrair minérios, foi buscar petróleo no fundo do subsolo e emitiu gases de efeito estufa que alteram a química da atmosfera, provocando

Antropoceno, Parte 2/3, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] O geólogo russo TER STEPANIAN (1970), num boletim do IAEG (International Applied Engineering Geologists) em 1970, propôs que o período geológico atual, denominado holocênico, fosse conhecido por Tecnógeno. E o que significa tecnógeno? Uma fase da vida da humanidade sobre a Terra, onde a ação humana (antropogênica ou de engenharia) é hegemônica sobre as ações geológicas, químicas e biológicas. O tecnógeno ou antropoceno é então uma ciência voltada para o futuro,

A banalização da vida animal na era das selfies, por Elissandro dos Santos Santana, Denys Henrique Rodrigues Câmara, Heron Duarte de Almeida e Rosana dos Santos Santana

A banalização da vida animal na era das selfies Elissandro dos Santos Santana1 Denys Henrique Rodrigues Câmara2 Heron Duarte de Almeida3 Rosana dos Santos Santana4 Fonte: Foto modificada a partir do site http://www.metropoles.com/mundo/meio-ambiente-mundo/tartaruga-fica-ferida-apos-ser-capturada-para-tirar-selfies [EcoDebate] Em tempos de efervescência midiática nas redes sociais, os seres “humanos” da (in)comunicação e da indiferença vivem sob a égide do exibicionismo da sociedade da decepção em eras do vazio. Em meio à parafernália da cultura do ter para ser,

Relatório avalia o que mudou na transparência na gestão da água em São Paulo

    Estudo analisou informações divulgadas pelos órgãos responsáveis pela gestão do Sistema Cantareira durante 2016, e comparou com dados de 2014 A ARTIGO 19 lançou ontem (28) o relatório “Sistema Cantareira e a Crise da Água em São Paulo: falta de transparência, um problema que persiste”, que analisa as informações divulgadas pelos órgãos responsáveis pela gestão do Sistema Cantareira entre 2014 e 2015. Trata-se da segunda versão do estudo – a primeira

Órgãos são pouco transparentes na divulgação de dados do Cantareira, diz ONG

   Relatório feito pela Organização Não Governamental (ONG) Artigo 19 mostra que os órgãos ligados à gestão do Sistema Cantareira apresentam baixa transparência quando o assunto é fornecimento de dados à população. A pesquisa avaliou a disponibilidade de informações nos sitesdesses órgãos, além da qualidade de respostas fornecidas a perguntas feitas diretamente por e-mail ou telefone. Dos 14 sites avaliados, metade teve resultados insatisfatórios. A Companhia de Saneamento Básico do Estado de

Tecnologia australiana de despoluição de águas pode ser aplicada no Brasil

  Tecnologia pode ser utilizada, inclusive, para a despoluição da Baía de Guanabara     Testes feitos em parceria com pesquisadores da Universidade Santa Úrsula, do Rio de Janeiro, com o apoio da Universidade Curtin, da Austrália, mostraram que a tecnologia australiana The Water Cleanser pode despoluir águas de rios, lagoas, bacias e até da Baía de Guanabara. A tecnologia está aprovada em 15 países, tem 11 anos de mercado e patente mundial há

Rio de Janeiro ‘Cidade Olímpica’: Vida removida, a luta pela permanência na Vila Autódromo

   A transformação do Rio de Janeiro em cidade olímpica levou a prefeitura a ir além das obras de instalações esportivas e da ampliação das vias de acesso necessárias à mobilidade de atletas e do público. Para a construção do Parque Olímpico, o poder municipal removeu os moradores da Vila Autódromo, comunidade que reunia cerca de 500 famílias e tinha mais de 40 anos. Do total de famílias que vivia ao lado

As doenças aliadas do frio

saúde

    O inverno chegou oficialmente no dia 20 de junho, mas o frio veio com tudo, de norte a sul do País, muito antes desta data. As baixas temperaturas têm forçado os brasileiros a retirarem do guarda-roupa os casacos, as toucas, os gorros e até as luvas. Para quem descobre estar despreparado para enfrentar a mudança brusca e não quer nem pensar em bater o queixo, o jeito é ir às

nº 2.557, 2016 [28/06/2016]

    Antropoceno, Parte 1/3, artigo de Roberto Naime Cadê a eficiência dos gestores municipais? artigo de Adrimauro Gemaque Por que ainda estamos discutindo a PEC 65/2012? artigo de Isabelle Meunieri Fórum Mundial da Água vai envolver governos locais na busca de soluções hídricas IBGE lança Atlas Nacional Digital do Brasil 2016 com mapas interativos e caderno temático sobre indígenas OEA aprova declaração que reconhece direitos dos povos indígenas no continente STJ

Antropoceno, Parte 1/3, artigo de Roberto Naime

antropoceno

    [EcoDebate] “A influência da humanidade no Planeta Terra nos últimos séculos tornou-se tão significativa a ponto de constituir-se numa nova época geológica” A afirmação é de Paul Crutzen, Prêmio Nobel de Química. Muitos anos antes o geólogo russo Ter Stepanian já havia previsto está efeméride. A revolução neolítica há cerca de 10.000 anos transformava a espécie humana de coletora em produtora de alimentos. O ser humano deixava de garantir sua subsistência apenas

Top