nº 2.462, 2016 [02/01/2016]

    Veto à auditoria da Dívida Pública: Mais uma bola fora da dona Dilma, artigo de Adrimauro Gemaque Pesquisa sobre os Resíduos Sólidos, Educação Ambiental e Responsabilidade Compartilhada – Resultados e análises 3 Estudo aponta fragilidade da caatinga devido a desertificação Escoamento permanente de lama da Samarco no Rio Doce durante chuvas preocupa Ibama Vistoria do MPF flagra novo deslizamento de lama na barragesm Fundão, da Samarco em Mariana Em Santarém, mais de 500 pessoas debatem

Veto à auditoria da Dívida Pública: Mais uma bola fora da dona Dilma, artigo de Adrimauro Gemaque

dívida pública

  [EcoDebate] As organizações da sociedade civil, que se envolvem com a transparência no poder público estavam com suas expectativas em alta. Todas voltadas, para a aprovação da proposta de Auditoria da Dívida Pública, contida no Plano Plurianual (PPA), para o período de 2016 à 2019 que fora aprovado pelo Congresso Nacional. Como, aliás, determina a nossa Constituição Federal desde a sua promulgação em 1988. Entretanto, no último dia 14 (quinta-feira) foi

Pesquisa sobre os Resíduos Sólidos, Educação Ambiental e Responsabilidade Compartilhada – Resultados e análises 3

interesse público

    Este é o terceiro artigo com os resultados e análises da pesquisa online sobre os resíduos sólidos, educação ambiental e responsabilidade compartilhada realizada no segundo semestre/2015 pelo Cenatec e o Projeto Escolas Sustentáveis – O futuro está presente! uma ação coletiva de responsabilidade ambiental e social voltada à capacitação dos educadores e comunidades escolares para o ensino/aprendizagem e o desenvolvimento de projetos integrados e contextualizados de educação ambiental nestas comunidades

Estudo aponta fragilidade da caatinga devido a desertificação

  Por Maíra Menezes (IOC/Fiocruz) Na Bahia, quase a metade das cidades da caatinga no entorno do Rio São Francisco têm alto risco de sofrer danos provocados pelas mudanças climáticas nos próximos 25 anos. A conclusão é de um estudo realizado por pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que mapeou a vulnerabilidade às alterações do clima em 84 municípios que fazem parte da bacia hidrográfica do Velho Chico e estão localizados na

Escoamento permanente de lama da Samarco no Rio Doce durante chuvas preocupa Ibama

    Após inspeção emergencial de técnicos do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) à Barragem de Fundão, em Mariana (MG), por causa de um novo deslizamento de resíduos registrado na quarta-feira (27), o órgão reforçou h, na sexta-feira (29), que a maior preocupação, do ponto de vista ambiental, é conter o escoamento permanente de lama para a Bacia do Rio Doce durante o período de chuvas. Os

Vistoria do MPF flagra novo deslizamento de lama na barragem Fundão, da Samarco em Mariana

    Em vistoria realizada nessa quarta-feira, 27, no complexo minerário pertencente à empresa Samarco, em Mariana/MG, o Ministério Público Federal (MPF) constatou que a segurança da Barragem Fundão ainda está longe de se confirmar. No exato instante em que a equipe do MPF estava no mirante da ombreira direita da Barragem Fundão, houve uma erosão gigantesca no dique Sela e uma massa impressionante de rejeitos surgiu no vale. "Ouvimos nos rádios dos

Em Santarém, mais de 500 pessoas debatem usinas na bacia do Tapajós, mas governo não manda representante

    Pesquisadores, líderes indígenas, beiradeiros, procuradores da República e movimentos sociais debateram por mais de seis horas os problemas dos projetos de barragens na região. Pelo governo federal, foram convidados mas não participaram representantes do Ministério de Minas e Energia, Ibama, Funai, Eletrobras e ICMBio Os projetos do governo para barragens na bacia do Tapajós mobilizaram a cidade de Santarém, no oeste do Pará, durante mais de seis horas de audiência pública

Hidrelétricas na Amazônia podem emitir mais gases de efeito estufa que usinas a carvão, óleo e gás

  O Brasil orgulha-se de ter usinas hidrelétricas como principal matriz energética por serem  “fontes limpas”, de baixo impacto ao meio ambiente. Mas esse traço nacional está sendo questionado. Hidrelétricas instaladas ou previstas para serem construídas na Amazônia podem ser tão ou mais poluentes que usinas termelétricas. Dezoito novos reservatórios poderão emitir, em cem anos, até 21 milhões toneladas de metano e 310 milhões de dióxido de carbono – dois dos

MPF e MP recomendam que Ibama fiscalize licenças ambientais de empreendimentos agrícolas no Oeste da Bahia

notícia

    A Sema estava solicitando que o Ibama repassasse os processos de embargo de empreendimentos agrícolas localizados no Oeste da Bahia, afrontando a legislação O Ministério Público Federal da Bahia (MPF/BA) em conjunto com o Ministério Público do Estado da Bahia (MP/BA) emitiu recomendação à presidência do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para que não envie os processos de embargos dos empreendimentos agrícolas sob sua responsabilidade,

Cubatão (SP) substitui árvores para readequar floresta urbana

  Todo plantio em área urbana deve ser solicitado, nunca realizado sem autorização. Estudos apontam a melhor espécie para o local     Pensando em readequar sua floresta urbana. a Prefeitura de Cubatão, por meio da Cursan e Secretaria de Serviços Públicos (SESEP), vem substituindo gradativamente algumas espécies que são suscetíveis aos ataques de fungos e insetos como cupins, formigas e orelhas de pau. No lugar são colocadas espécies nativas da Mata Atlântica como

Top