nº 2.445, 2016 [05/01/2016]

    Uso de sementes crioulas na resistência camponesa em ambiente agroecológico, artigo de Roberto Naime Conhecer as gerações facilita a compreensão do mundo atual, artigo de Rosana Schwartz Implementação é a palavra-chave após a COP21, artigo Sucena Shkrada Resk Retrocessos nas demarcação de terras indígenas: Mais longe da terra, artigo de Maíra Mathias Brasil sobe 5 posições em ranking mundial eólico Brasil estará entre os 20 países com maior geração solar

Uso de sementes crioulas na resistência camponesa em ambiente agroecológico, artigo de Roberto Naime

milho crioulo

  O artigo    foi removido por solicitação de Caio Yamazaki Saravalle, autor de: SARAVALLE, Caio Yamazaki. Sementes Crioulas: estratégias de resistência camponesa na UNAIC (União das Associações Comunitárias do Interior de Canguçu-RS), Canguçu, Rio Grande do Sul. Cadernos de Agroecologia – ISSN 2236-7934 – Vol 9, No. 4, Nov 2014 http://www.aba-agroecologia.org.br/revistas/index.php/cad/article/view/16868 A solicitação foi motivada pelo uso inadequado de citação / transcrição de seu artigo original, razão pela qual formalmente nos desculpamos. Henrique Cortez editor

Conhecer as gerações facilita a compreensão do mundo atual, artigo de Rosana Schwartz

    [EcoDebate] O comportamento de cada geração entrelaça-se ao momento social, político, econômico e histórico em que ela está inserida. Caracterizou-se pelos comportamentos criados e mantidos em seu cotidiano. Denomina-se: Veterana, Boomers, Y e Z. A chamada Geração dos Veteranos é constituída por indivíduos que em 2015 encontram-se aproximadamente na faixa etária entre 83 e 63. Nascidas no período da falência das democracias em decorrência do totalitarismo – fascismo, nazismo –

Implementação é a palavra-chave após a COP21, artigo Sucena Shkrada Resk

    Esta é uma fase de amadurecimento de reflexões. Os últimos dias após o acordo firmado na 21ª Conferência das Partes (COP21) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC) e da 11ª Reunião das Partes no Protocolo de Quioto (MOP-11), em Paris, serviu para esse exercício. Afinal o que se escreve no papel não corresponde necessariamente à realidade praticada no planeta. Isso se justifica, pois muito do que foi acordado pelas

Retrocessos na demarcação de terras indígenas: Mais longe da terra, artigo de Maíra Mathias

    Marialva, Nísio, Oziel. É muito provável que você não nunca tenha ouvido falar nas histórias por trás desses nomes. São algumas das vítimas nos últimos anos da escalada da violência contra os povos indígenas no Mato Grosso do Sul que explodiu de novo entre agosto e setembro de 2015. O ataque que inaugurou a onda de terror entre as comunidades aconteceu no município de Antonio João, onde se localiza a

Brasil sobe 5 posições em ranking mundial eólico

    Segundo boletim do Ministério de Minas e Energia, o Brasil está liderando a corrida mundial, com um fator de capacidade de 37% em 2014, uma vez e meia o indicador mundial O Brasil subiu para a quarta posição no ranking mundial de expansão de potência na energia eólica em 2014. Também saltou cinco posições no ranking mundial de capacidade instalada. Agora, ocupa o 10º lugar em geração, tendo sido o 15º

Brasil estará entre os 20 países com maior geração solar em 2018

    Em 2014, houve a primeira contratação de energia solar de geração pública centralizada e em 2015, mais dois leilões ocorreram, totalizando 2.653 MW O mundo contabilizou, ao final de 2014, uma potência instalada de geração de energia solar fotovoltaica de 180 Gigawatts (GW), 40,2 GW a mais que em 2013. Os dados constam do boletim “Energia Solar no Brasil e no Mundo – Ano de Referência – 2014”, publicado pelo Ministério

Extinção de grandes animais tem impacto negativo sobre clima

    Pesquisa foi publicada na revista Science Advances, em dezembro A extinção de animais é um processo enfrentado pelas florestas tropicais que pode estar passando despercebido sobre suas consequências. Grandes aves e mamíferos estão ameaçadas pela caça e o tráfico ilegal e a perda desses grandes animais pode provocar impactos imprevisíveis no clima do Planeta. Um estudo recente publicado na revista Science Advances desenvolvido por pesquisadores da Unesp de Rio Claro, em colaboração

Rompimento da barragem da Samarco: Relatório avalia impactos sociais e econômicos da tragédia em Mariana

    Documento elaborado por pesquisadores do grupo Política, Economia, Mineração, Ambiente e Sociedade (Poemas) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) evidencia a situação da mineração em Minas Gerais e no Brasil. O estudo detalha as condições que levaram ao rompimento da barragem de rejeitos em Mariana (MG) e a vulnerabilidade das comunidades impactadas pela atuação da Samarco/Vale/BHP. Confira: Antes fosse mais leve a carga: avaliação dos aspectos econômicos, políticos e sociais

Vacinas aplicadas no Brasil não têm relação com zika vírus, diz Ministério da Saúde

saúde

Diretor de Vigilância das Doenças Transmissíveis, Cláudio Maierovitch, desmente os principais boatos sobre surto     Não há fundamento em boatos que associam o aumento da circulação do vírus zika no País a vacinas. É o que garante o diretor do Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch. Transmitido pelo mosquito Aedes Aegypi, o zika é o agente causador do surto de microcefalias em bebês que já conta no

Top