nº 2.439, 2015 [15/12/2015]

    Sobre mudanças climáticas e agroecologia, artigo de Roberto Naime A COP21 e os desafios brasileiros para o cumprimento das metas de redução de emissões de CO2 COP21: Brasil subscreve acordo para diminuir emissões em Paris e internamente continua a investir em fósseis Plantio de espécies nativas da Mata Atlântica recupera biodiversidade em aldeias guaranis no Rio Grande do Sul Novo rompimento em Mato Grosso do Sul reforça necessidade de informações sobre

Sobre mudanças climáticas e agroecologia, artigo de Roberto Naime

agroecologia

    [EcoDebate] GOUZY (2015) é uma das autoras, de uma série de 13 artigos de diferentes indivíduos envolvidos em análises teóricas e experiências práticas de comunidades rurais e dos seus sistemas produtivos, localizados em sete países, a saber, Chile, Estados Unidos, Cuba, Colômbia, México, Espanha e Nicarágua. Onde são realizados arranjos que gerem princípios e estratégias socioecológicas que explicam como comunidades e sistemas produtivos conseguem se recuperar de eventos climáticos extremos. O

A COP21 e os desafios brasileiros para o cumprimento das metas de redução de emissões de CO2

cop21

    Por Elton Alisson, de Paris, da Agência FAPESP Após a aprovação no último sábado (12/12), durante a 21ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP21), em Paris, de um novo acordo global para combater os efeitos das mudanças climáticas, os 188 países-membros da Convenção do Clima da ONU que já apresentaram suas metas voluntárias de redução das emissões de gases de efeito estufa para fundamentar a decisão terão agora o

COP21: Brasil subscreve acordo para diminuir emissões em Paris e internamente continua a investir em fósseis

xisto

Enquanto pessoas do mundo todo exigem dos líderes mundiais que diminuam os investimentos em combustíveis fósseis e forçam um acordo que limite o aumento da temperatura a 1,5º Graus até 2100, o Brasil, signatário do texto final da COP21, continua a dar sinais que não mudará sua matriz energética. Sob protesto de integrantes da Coalizão Não Fracking Brasil, a Agência Nacional de Petróleo e Gás Natural (ANP) realizou no Rio de Janeiro

Plantio de espécies nativas da Mata Atlântica recupera biodiversidade em aldeias guaranis no Rio Grande do Sul

    O projeto Ar, Água e Terra: Vida e Cultura Guarani completa quatro anos com o balanço de 50 mil mudas de espécies nativas da Mata Atlântica plantadas, que recuperaram a biodiversidade de nove aldeias guaranis, no Rio Grande do Sul, beneficiando 437 indígenas. “Com essas nove aldeias, trabalhamos o viveirismo, que envolve intercâmbio de sementes e mudas, entre as aldeias, e aquisição de mudas. Levantamos 90 espécies principais usadas na

Novo rompimento em Mato Grosso do Sul reforça necessidade de informações sobre barragens

    Documento assinado por 100 organizações da sociedade civil, entre as quais a Rede Nossa São Paulo, questiona órgãos públicos e ambientas sobre situação das 14.966 barragens existentes no país.  Por Airton Goes, da Rede Nossa São Paulo  Com base na Lei de Acesso à Informação (Lei 12.527/2011), a Rede Nossa São Paulo encaminhou recentemente a diversos órgãos públicos e ambientais o documento “A tragédia Mariana/Rio Doce: alerta e perguntas sobre as outras

Estudo aponta subnotificação de mortes por agrotóxicos

veneno

  Por Graça Portela e Raíza Tourinho (Icict/Fiocruz) Ao analisar os óbitos decorrentes de intoxicações ocupacionais por agrotóxicos, registrados pelo Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde, a pesquisadora do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnologia em Saúde (Icict/Fiocruz) e coordenadora do Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas (Sinitox), Rosany Bochner, trouxe à tona um problema grave de saúde pública: a subnotificação ou notificação irregular dos óbitos causados

Direito indígena é ameaçado nos três poderes, alerta magistrada

    Por Maira Heinen, da Radioagência Nacional Cerca de 1,5 mil indígenas de todo o país participam, em Brasília, da 1ª Conferência Nacional de Política Indigenista. O evento tem como objetivo avaliar a ação do estado em relação aos povos indígenas e pensar em políticas públicas futuras. Neste primeiro dia, uma das mesas de debate abordou as ameaças e desafios em relação aos direitos das populações tradicionais. A vice-procuradora geral da república, Déborah

A ambígua e ineficiente política indigenista brasileira

  A ambígua e ineficiente política indigenista brasileira. Entrevista especial com Egydio Schwade Nunca houve por parte dos invasores interesse em incluir os povos indígenas na construção das leis que regem o país", constata um dos fundadores do Conselho Indigenista Missionário - CIMI. Foto: istoe.com.br   No Brasil se perpetuam as violências às diversas etnias indígenas que são as habitantes originárias do país. As agressões históricas iniciadas com os processos de colonização e exploração deste território

Repelentes são seguros e podem ser usados por gestantes

    Uma das formas de prevenção contra as infecções transmitidas pelo mosquito Aedes aegypiti - dengue, chikungunya e vírus zika, é o uso de repelentes. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) esclarece que não há qualquer impedimento para a utilização destes produtos por mulheres grávidas, desde que estejam devidamente registrados na Agência e que sejam seguidas as instruções de uso descritas no rótulo de cada produto. (Veja nota da Anvisa sobre

Top