Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.996, de 15/01/2014

    A estagnação da renda domiciliar nos Estados Unidos, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Valoração Econômica Ambiental - Conceitos e Métodos, artigo de João Charlet Pereira Júnior Águas-vivas - Como agir em caso de acidente, por Marcelo Szpilman Aumento no Desmatamento na Amazônia em 2013: um ponto fora da curva ou fora de controle? Tinta com biomassa reduz custos de produção, absorve som e reduz dispersão de chama Tecnologia Social:

A estagnação da renda domiciliar nos Estados Unidos, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] Os Estados Unidos da América (EUA), especialmente depois da Segunda Guerra Mundial, conseguiram grandes avanços econômicos e se orgulhavam de ter uma sociedade com alta mobilidade social ascendente e o maior padrão de vida domiciliar do mundo. Nos anos de 1950 os EUA tinham uma grande vantagem tecnológica, financeira e de recursos humanos e ambientais, em relação ao resto do mundo. Também tinham a vantagem de terem a moeda

Valoração Econômica Ambiental – Conceitos e Métodos, artigo de João Charlet Pereira Júnior

    INTRODUÇÃO [EcoDebate] A constante e necessária relação entre o meio ambiente e as atividades econômicas gera impactos ambientais que raramente são levados em consideração quando é feita uma avaliação socioeconômica das atividades que os geram. Isso acontece porque esses bens e serviços ambientais, na maioria dos casos, não possuem valores de mercado por haver falhas neste. Dentre os impactos ambientais que as atividades econômicas (seja na produção, seja no consumo) causam

Águas-vivas – Como agir em caso de acidente, por Marcelo Szpilman

    Águas-vivas e caravelas vagam pelos mares ao sabor das correntes e ocasionalmente podem provocar acidentes quando banhistas se aproximam e, inadvertidamente, chocam-se contra os tentáculos desses seres. No verão, época natural de reprodução de muitas espécies, formam-se grandes agregações onde machos e fêmeas se encontram. Ocasionalmente, uma corrente marinha pode levar esses animais a se aproximarem das praias e a maior interação com homem costuma provocar um correspondente aumento no número

Aumento no Desmatamento na Amazônia em 2013: um ponto fora da curva ou fora de controle?

  Organizações ambientais analisam o aumento no desmatamento na Amazônia em 2013 e apresentam recomendações ao Poder Público para que essa tendência seja revertida. Desde 2004, as taxas de desmatamento na Amazônia têm caído consistentemente.  Em 2013, porém, o aumento de 28% no desmatamento amazônico colocou em alerta a sociedade brasileira. Esse aumento deve ser considerado inaceitável por três motivos principais: o desmatamento em questão foi, em grande parte, ilegal; existe na

Tinta com biomassa reduz custos de produção, absorve som e reduz dispersão de chama

  Pesquisadores da Escola de Engenharia de Lorena desenvolveram produto à base de tinta látex com baixo custo Um grupo de cientistas da Escola de Engenharia de Lorena (EEL) da USP conseguiu desenvolver uma tinta látex que utiliza bagaço e palha da cana de açúcar como aditivo e ainda melhora a absorção do som, diminui a propagação da chama e mantém a aderência como as tintas comuns. O produto ainda traz como

Tecnologia Social: Agrofloresta baseada na estrutura, dinâmica e biodiversidade florestal

  Canteiro agroflorestal   ‘Agrofloresta baseada na estrutura, dinâmica e biodiversidade florestal’ O conceito da Tecnologia Social desenvolvida pela Cooperafloresta é o de aliar o desenvolvimento econômico e social com a integração entre homem e natureza. Em Barra do Turvo (SP), no Vale do Ribeira - região com um dos menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do Estado – onde, em 2003, a Associação iniciou a implantação desta Tecnologia, a população não tinha conhecimento

Projeto de beneficiamento de castanha em Juruena-MT promete ser alternativa para desmatamento

  Castanheira. Foto: Embrapa Cadeia Produtiva da castanha, reconhecida como Tecnologia Social, é foco de projeto social no Noroeste de Mato Grosso. O Projeto CultivAção vai gerar renda e inclusão digital para agricultores do município de Juruena MT. O Município de Juruena esta localizado na porção amazônica do estado de Mato Grosso, há 929 km de Cuiabá. A única via de acesso que liga a cidade é a MT 170, que ainda não está

Porto Sul: MPF e MPB/BA recomendam avaliações para licenciamento ambiental

    O documento, assinado pelo MPF e MP/BA, reúne indagações, aponta pendências a serem sanadas e emite recomendações relativas aos estudos e planos ambientais do empreendimento, que devem ser observadas antes da eventual concessão da licença de implantação pelo Instituto. Na terça-feira, 7 de janeiro, os Ministérios Públicos Federal (MPF/BA) e Estadual (MP/BA) em Ilhéus apresentaram documento detalhado ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), com questionamentos

Crea: catástrofes causadas por chuvas continuarão a acontecer no Rio devido a obras mal planejadas

  Teresópolis, 22/01/2011 - Crianças alojadas em abrigos improvisados para vítimas das chuvas brincam como se estivessem em casa. Foto de Wilson Dias/ABr   As catástrofes ocasionadas por chuvas aconteceram e continuarão a acontecer no Rio de Janeiro e na Baixada Fluminense devido a obras mal planejadas, disse ontem (14) o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro (Crea-RJ), Agostinho Guerreiro, durante divulgação de relatório sobre inspeção feita

Rolezinhos: O que estes jovens estão ‘roubando’ da classe média brasileira? por Eliane Brum

  Reprodução/Twitter/R7   "O rolezinho, a novidade deste Natal, mostra que, quando a juventude pobre e negra das periferias de São Paulo ocupa os shoppings anunciando que quer fazer parte da festa do consumo, a resposta é a de sempre: criminalização. Mas o que estes jovens estão, de fato, “roubando” da classe média brasileira?", pergunta  a escritora, repórter e documentarista Eliane Brum, em artigo publicado no sítio Geledés Instituto da Mulher Negra, 25-12-2013. Eis o artigo. Os novos

Higienização à vista, artigo de Rosane Garcia

  Brasília, 18/04/2013 – Indígenas fazem manifestação em frente ao Palácio do Planalto. Eles protestaram contra a PEC 215, que transfere para o Congresso poder de demarcar terras indígenas. Foto de Valter Campanato/ABr   [Correio Braziliense] Mais de 500 anos após o descobrimento, o país ainda não conseguiu estabelecer uma relação humana e honesta com os descendentes dos povos originais. Nas última semanas, vieram à tona, em vários pontos do país, conflitos entre

Top