Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.905, de 26/08/2013

    Atenção seletiva, artigo de Montserrat Martins 'Overshoot' Ecológico, artigo de Marcus Eduardo de Oliveira Saiba Mais: Objetivos da Política Nacional do Meio Ambiente, por Antonio Silvio Hendges Acidificação dos oceanos pode contribuir para o aquecimento do planeta Consumo já ultrapassou capacidade de renovação que a Terra poderia oferecer em 2013 Problemas com pesticidas na Amazônia Térmicas a carvão: mal desnecessário, por Renata Camargo e Renata Nitta Polo Industrial de Manaus

Atenção seletiva, artigo de Montserrat Martins

    [EcoDebate] “News satire” é um tipo de humor em ascensão, nos Estados Unidos há mais de sessenta sites que participam de um concurso anual sobre a melhor notícia satírica. No Brasil temos o Sensacionalista, na internet e no canal multishow, no sul temos O Bairrista. Pois um dos melhores vídeos do Sensacionalista – um jornal isento de verdade – é sobre “audição seletiva”: pesquisas científicas comprovam que os maridos tem

‘Overshoot’ Ecológico, artigo de Marcus Eduardo de Oliveira

    [EcoDebate] A maior urgência política da nossa época é conter a grave crise ecológica. Essa grave crise, gestada no seio da ecologia, é fruto da distorcida visão social do progresso que faz a humanidade correr tresloucadamente em busca da satisfação ilimitada dos desejos materiais; para isso, põe a roda da economia (atividade produtiva) para girar com mais força e rapidez, expandindo a qualquer custo a máquina de produzir suntuosidades. É

Saiba Mais: Objetivos da Política Nacional do Meio Ambiente, por Antonio Silvio Hendges

    A Lei 6.938/1981 com alterações em sua redação pela Lei 7.804/1989 e Lei 8.028/1990, institucionalizou no Brasil a Política Nacional do Meio Ambiente, os fins e mecanismos para a sua formulação e aplicação, constituiu o Sistema Nacional de Meio Ambiente – SISNAMA e os Cadastros de Defesa Ambiental. Fundamenta-se na Constituição Federal, artigo 23 incisos VI e VII que dispõe sobre a competência comum da União, Estados, Distrito Federal e

Acidificação dos oceanos pode contribuir para o aquecimento do planeta

  A acidificação dos oceanos pode ser uma má notícias. Imagem: ESA   Nossas emissões de gases de efeito estufa não apenas aquecem o planeta, elas também acidificam os oceanos . Agora verifica-se que esta mudança na química do oceano vai realimentar as mudanças climáticas, potencializando o aumento da temperatura. A acidificação dos oceanos é uma ameaça para muitos organismos marinhos, como corais (as conchas de alguns moluscos marinhos já estão se dissolvendo). Até agora parecia que este era

Consumo já ultrapassou capacidade de renovação que a Terra poderia oferecer em 2013

    A cota de recursos naturais que a natureza poderia oferecer em 2013 se esgotou na última terça-feira (20). A data, inclusive, assinalou o Dia da Sobrecarga da Terra, marco anual de quando o consumo humano ultrapassa a capacidade de renovação do planeta. O cálculo foi divulgado pela Global Footprint Network (Rede Global da Pegada Ecológica), organização não governamental (ONG) parceira da rede WWF. O levantamento compara a demanda sobre os recursos

Problemas com pesticidas na Amazônia

    À medida que a população mundial aumenta e as fronteiras agrícolas se expandem para os habitats tropicais nativos, pesquisadores estão trabalhando arduamente para entender os impactos nas florestas tropicais e na biodiversidade global. Mas um impacto óbvio foi pouco estudado nessas fronteiras agrícolas: pesticidas. Contudo, um novo estudo publicado no periódico Philosophical Transactions of The Royal Society B procura colocar uma luz no fim do túnel. A reportagem é de Adam

Térmicas a carvão: mal desnecessário, por Renata Camargo e Renata Nitta

    [Correio Braziliense] Depois de quatro anos fora dos leilões de energia, o carvão volta à cesta de compras das concessionárias na rodada de leilão A-5, em 29 de agosto. Dos 3.535MWh habilitados no leilão, 8.840MWh são de térmicas a carvão. Em 2009, o próprio governo federal baniu o carvão dos leilões, por considerá-lo fonte altamente poluidora, com impactos diretos na qualidade do ar e nas emissões de gases de efeito estufa.

Polo Industrial de Manaus e as condições de trabalho. ‘Situação aterradora’: Entrevista com Ilan Fonseca

  “Os trabalhadores entrevistados pelo Ministério Público do Trabalho queixavam-se de dores musculares decorrentes do labor exercido em pé (inchaço nas pernas, lombar e base da nuca). Queixam-se, ainda, da intensidade do ritmo de trabalho, face à necessidade de cumprimento de metas diárias de produção”, diz o procurador do Ministério Público do Trabalho – MPT do Amazonas.              Foto: http://reporterbrasil.org.br/ Confira a entrevista. A situação dos trabalhadores do Polo Industrial de Manaus é “aterradora”, diz

Carta indígena para a bancada do governo da Comissão Nacional de Política Indigenista

  Brasília, 22/08/2013 - A Comissão Nacional de Política Indigenista (CNPI) se reúne no Ministério da Justiça. O encontro tem como foco principal a instalação da Mesa de Diálogo com os Povos Indígenas, proposta pela presidenta da República. Foto de Wilson Dias/ABr   Senhores e Senhoras Membros da Comissão Nacional de Política Indigenista – CNPI e demais convidados e presentes, Considerando o regimento da CNPI, em especial o que trata do objetivo dessa comissão.

Precisamos dos cubanos? artigo de Elaine Tavares

  médico cubano: está onde ninguém quer ir [ Palavras Insurgentes ]  Eu aprendi com Enrique Dussel que talvez o único imperativo ético universal seja a vida. Mas, não uma vida qualquer. A vida daquele que é vítima do sistema que o oprime e o envilece. É esse ser que temos de defender com unhas e dentes, para o que vier. Todos os dias, nos deparamos com ele, na televisão, na rua

Clipping: Mesmo com R$ 144 mi em caixa, parques de SP estão abandonados

  Parte de alojamento na Ilha do Cardoso desmoronou após vendaval. TIAGO QUEIROZ/AE   Por Herton Escobar, Giovana Girardi e Bruno Deiro, em O Estado de S.Paulo, 24/08/2013 Segundo ambientalistas, faltam condições mínimas de infraestrutura para o funcionamento das unidades de conservação do Estado; problema contrasta com recursos da Secretaria do Meio Ambiente disponíveis para esses locais, que estão parados Cliquem nos links, para acessarem às matérias: Mesmo com R$ 144 mi em caixa, parques de

Top