Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.789, de 06/03/2013

    G7 versus E7: a vez dos países emergentes? artigo de José Eustáquio Diniz Alves Até quando estará disponível a saída via crescimento? artigo de Junior Garcia Os primeiros táxis elétricos começam a circular no Rio de Janeiro MG: tribunal condena Consórcio das usinas Capim Branco a implantar projetos de recuperação ambiental Para combater as mudanças climáticas, artigo de Jeffrey D. Sachs 'Os transgênicos estão destruindo o tecido social'. Entrevista com

G7 versus E7: a vez dos países emergentes? artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] A empresa de consultoria PricewaterhouseCoopers (PwC) tem publicado regularmente um estudo com cenários sobre a situação da economia mundial em 2050 (World in 2050). Em geral, os cenários são muito otimistas e apontam para um elevado crescimento econômico na primeira metade do século XXI e para a redução das desigualdades econômicas entre os países, pois os maiores incrementos devem acontecer nos países subdesenvolvidos ou emergentes (Terceiro Mundo). Durante a segunda

Até quando estará disponível a saída via crescimento? artigo de Junior Garcia

    A década de 1970 inaugurou uma nova fase do capitalismo, caracterizada pela recorrência de crises. Nesse período, o capitalismo aportou à sociedade um conjunto quase que simultâneo de crises. Já passamos por crises energéticas, externas, da dívida, financeiras, imobiliárias, mobiliárias, inflacionárias, de alimentos e socioculturais. E a sociedade ainda passou a conviver com uma crise ecológica. Essa visão foi reforçada pelo relatório do Fórum Econômico Mundial Riscos Globais 2013, alertando

Os primeiros táxis elétricos começam a circular no Rio de Janeiro

  Com carga que possibilita rodar até 160 quilômetros sem abastecer, os taxistas poderão recarregar em postos da Petrobras na Barra da Tijuca e na Lagoa. Para receberem os veículos, os profissionais passaram por treinamento de dois meses. (Taxi Stereo / Creative Commons) Começaram a circular ontem (5) os dois primeiros táxis elétricos da cidade. O projeto, uma parceria da prefeitura e a montadora Nissan, deverá levar 15 táxis desse tipo às

MG: tribunal condena Consórcio das usinas Capim Branco a implantar projetos de recuperação ambiental

    Sete anos após a entrada em operação das usinas Capim Branco I e II, MPF obtém decisão que considera irregulares as licenças prévia e de instalação do empreendimento O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) reformou sentença proferida pelo juízo da 1ª Vara Federal de Uberlândia que julgara improcedente a Ação Civil Pública nº 2002.38.03.005573-2 ajuizada pelo Ministério Público Federal (MPF) contra o Consórcio Capim Branco Energia, formado pelas empresas

Para combater as mudanças climáticas, artigo de Jeffrey D. Sachs

    [Valor Econômico] De todas as grandes regiões do mundo, a Europa é a que mais tem se empenhado pela implementação de políticas destinadas a combater as mudanças climáticas causadas pela ação humana. No entanto, a pedra angular da abordagem europeia- um sistema de comercialização, com jurisdição sobre o continente inteiro, de direitos de emissão de gases que provocam o efeito estufa que causam as mudanças climáticas - está em apuros.

‘Os transgênicos estão destruindo o tecido social’. Entrevista com Percy Schmeiser, agricultor e ativista canadense

    Um pequeno agricultor canadense enfrentou a poderosa Monsanto, em um caso que chegou à Suprema Corte de seu país. Aquela batalha converteu-o em uma referência dos direitos dos agricultores independentes. Agora percorre o mundo para chamar a atenção para os riscos econômicos, sociais e ambientais que implicam as regulações dos organismos geneticamente modificados. Agricultor de Bruno, na região de Saskatchewan, no Canadá, Percy Schmeiser especializou-se na plantação de canola, à qual

Horta ‘mandala’ beneficia crianças de creche pública em Alagoas

    Em Maceió, os funcionários de uma creche pública cultivam uma horta com uma técnica diferente de cultivo, chamada 'horta mandala', apropriada para pequenos espaços. A horta está contribuindo para melhorar a qualidade da merenda da creche.   EcoDebate, 06/03/2013 [ O conteúdo do EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ] Inclusão na lista

Depois de acordo com trabalhadores contaminados, Shell e Basf terão de pagar R$ 200 milhões por danos coletivos

  Brasília, 14/2/2013 – Ex-trabalhadores das multinacionais Shell do Brasil (atualmente Raízen) e Basf S/A aguardam em frente ao Tribunal Superior do Trabalho (TST) audiência de conciliação entre o Ministério Público do Trabalho e as empresas. Em discussão, um acordo para encerrar uma ação que tramita no Judiciário há aproximadamente seis anos. Foto de Antonio Cruz/ABr   Os representantes das empresas Basf e Shell e dos trabalhadores contaminados por substâncias químicas de uma

Comunidade Dandara, exemplo de luta por dignidade. Entrevista com frei Gilvander Luís Moreira

  “Felizes os que lutam por justiça, dizia Jesus de Nazaré. No início da ocupação, na cruz da Igreja de Dandara, um João de Barro construiu sua casa. O povo viu nisso um sinal do Deus da vida que dizia: 'sigam o exemplo do João de Barro. Construam suas casas'”, diz o Frei Gilvander Luís Moreira. Em entrevista por e-mail à IHU On-Line, o frei Gilvander, como é conhecido naComunidade Dandara, fala

Espécies vegetais comuns no Brasil inibem linhagens de células cancerígenas, mostra pesquisa

    Espécies de plantas dos gêneros Croton e Astraea, muito comuns no Brasil, demonstraram atividade antioxidante e antiproliferativa de linhagens de células cancerígenas em experimentos realizados no Instituto de Biociências (IB) da USP. As plantas pesquisadas pela bióloga Daniela Carvalho Ogasawara apresentam extratos que possuem grande capacidade de inibição de linhagens tumorais, como as de câncer de pulmão, mama e leucemia, com potencial para utilização no desenvolvimento de novos medicamentos. A pesquisa

Crianças participam de 80% das decisões de compra da família, aponta Instituto Alana

  Crianças são consideradas influenciadoras e promotoras de vendas (Thinkpanama/Creative Commons)   As crianças chegam a participar de 80% das decisões de compra em uma família - do vestido da mãe ao carro, apontam dados estatísticos do Instituto Alana, organização sem fins lucrativos voltado ao direito das crianças e dos adolescentes. Levantamento do instituto indica que, em 60% das compras de automóveis, por exemplo, as crianças são consultadas. Os dados foram apresentados ontem

Top