Carbono Zero e outras Balelas, artigo de Marcelo Szpilman

[EcoDebate] No rastro dos debates das grandes questões ambientais, como sempre acontece, logo surgem os oportunistas surfando a onda com criativos produtos e belas campanhas de marketing. Como a bola da vez é o Aquecimento Global e as Mudanças Climáticas, a onda agora é prometer compensar (ou neutralizar) as emissões de carbono e gases do efeito estufa com o "mágico" plantio de árvores. Como Slogan, é muito bonito e reconfortante

Economia de Baixo Carbono, Verde ou Sustentável? artigo de Newton Figueiredo

[EcoDebate] No Fórum Mundial de Sustentabilidade ocorrido em Manaus, o Workshop intitulado “Descarbonização da Economia”, realizado em 25/03/11, com o objetivo de discutir essa questão sob o ponto de vista da sustentabilidade, no Brasil, teve a participação de mais de 100 pessoas (o Fórum como um todo recebeu mais de 700) que tiveram a oportunidade de ouvir o Professor Paul Younger, Presidente do Comitê Científico Global do Planet Earth Institute

COP-16: Suruís lançam primeiro fundo de carbono indígena

Associação Metareilá dos Povos Indígenas Suruí lança em Cancún o primeiro fundo de carbono indígena, mecanismo financeiro criado e administrado pelo Funbio para a conservação da Terra Indígena Sete de Setembro, em Rondônia, e o fortalecimento cultural de seu povo. São parceiros da iniciativa a ACT Brasil, o Forest Trends, o Idesam e a Kanindé. Apesar do pessimismo mundial frente à falta de acordos e compromissos dos países com o clima

Comissão de Meio Ambiente da Câmara aprova regulamentação de crédito de carbono

A medida estabelece que a redução de emissões de gases estufa provenientes da degradação florestal e do desmatamento poderá ser compensada financeiramente a partir de negociação de créditos no mercado de carbono. A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável aprovou, na quarta-feira (1), a regulamentação do mecanismo de Redução Certificada de Emissões do Desmatamento e Degradação. Esse mecanismo prevê a concessão de créditos de carbono aos proprietários rurais brasileiros que

Comissão da Câmara aprova compensação por gases estufa na Copa 2014

A Comissão de Turismo e Desporto aprovou, nesta quarta-feira, a neutralização - por meio de ações efetivas de compensação ambiental - das emissões de gases de efeito estufa geradas pelas atividades da Copa do Mundo de Futebol de 2014 no Brasil. A medida está prevista no Projeto de Lei 7421/10, do Senado. O relator, deputado Paulo Henrique Lustosa (PMDB-CE), argumentou pela sua aprovação com dados divulgados

Como a FAO contribui para a maquiagem verde das emissões de gases de efeito estufa da indústria madeireira

Diante das emissões de gases de efeito estufa em cada estágio da cadeia de produção, a indústria madeireira deve escolher. Poderia considerar a redução das emissões. Ou poderia tentar a maquiagem verde de suas operações tentando de fato evadir responsabilidades. Talvez não seja surpreendente, devido à sua história, que a indústria esteja optando pela última opção. A Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação tem sido grande defensor da

Compra de carbono nas florestas: o caminho errado para Cancun

Há muitos anos que a expansão mundial do negócio da celulose e do papel tem estado cobrindo crescentemente milhões de hectares de terras com plantações de monoculturas de árvores em grande escala. Principalmente disfarçados em "florestas", os chamados "desertos verdes" têm invadido vastos territórios e ricos ecossistemas, principalmente do Sul global. A FAO tem contribuído em grande parte com a distorção quando incluiu as plantações de árvores em sua definição de

MDL: ONGs acusam indústrias de criarem milhões de créditos de carbono ‘falsos’

Cresce a tensão mundial em torno de créditos de carbono "falsos" - A ONU (Organização das Nações Unidas) estaria reconhecendo a existência de uma enorme falha no Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL)? Em menos de um mês, seis fábricas asiáticas viram suas alocações de créditos de carbono sendo bloqueadas pela ONU, tempo de verificar se essas indústrias abusaram ou não do MDL, principal dispositivo do protocolo de Kyoto que

Relatora quer aprovar incentivo que concede créditos de carbono a agricultor que não desmatar

Foto: Paulo Whitaker / Reuters Debatedores ressaltaram a importância de combater o desmatamento de forma integrada para não preservar uma região e prejudicar outra. A relatora do Projeto de Lei 5586/09, deputada Rebecca Garcia (PP-AM), anunciou nesta terça-feira (11) que pretende aprovar seu substitutivo* à proposta do deputado Lupércio Ramos (PMDB-AM), que concede créditos de carbono** aos proprietários rurais que evitarem o desmatamento, a tempo de ser apresentada na Conferência da ONU

Fraude de bilhões de euros com créditos de carbono é descoberta na Alemanha

Criminosos estavam se aproveitando do mecanismo para lucrar bilhões de euros e evadir impostos A Europa descobre que, por trás das boas intenções de cuidar do ambiente, grupos criminosos estavam se aproveitando do sistema de venda de créditos de carbono para lucrar bilhões de euros, evadir impostos e criar um verdadeiro esquema de fraude. Reportagem de Jamil Chade, correspondente em Genebra - O Estado de S.Paulo. 27985

Primeiro leilão de créditos de carbono termina sem negócios

Nenhuma das 4 empresas participantes ofereceu lances pelos lotes de 60 mil toneladas de carbono O primeiro leilão de créditos de carbono para mercado voluntário do Brasil, realizado na BM&FBovespa, terminou nesta quinta-feira sem fechar negócio. De acordo com a assessoria da BM&FBovespa, o leilão transcorreu normalmente, mas ao final nenhuma das 4 empresas participantes arrematou nenhum lote. Houve três sessões de 15 minutos. Em cada uma, a empresa titular Carbono Social

A hipocrisia da simples ‘neutralização’ de carbono, artigo de Newton Figueiredo

[EcoDebate] Muitas empresas têm encontrado o fácil caminho da plantação de mudas de árvores, que levarão 20 anos para seqüestrar carbono, para tentar convencer os consumidores de que já compensaram seus pecados poluidores e que estão, novamente, livres e "zeradas" para continuarem poluindo. Na propaganda televisiva, até detergente virava uma gigante árvore, instantaneamente, na frente de um espectador infantil que não crescia. Era a lenda da semente de feijão reinventada. Carbono

Top