Natureza sistêmica da realidade e sustentabilidade, Parte 3/3 (Final), artigo de Roberto Naime

[EcoDebate] CÓRDULA (2011) registra que em linhas gerais, a terra possui seus processos naturais de retornar a homeostase (CAPRA, 2006). E o grande paradigma climático, não é consensual, e está se revertendo no resfriamento global, segundo alguns (RIDENOUR, 2002). De alguma forma, Gaia não sucumbe à força impetuosa da humanidade, que é guiada por ações de consumo desenfreado dos seus recursos naturais e que decretam o destino de todos que nela

Natureza sistêmica da realidade e sustentabilidade, Parte 2/3, artigo de Roberto Naime

[EcoDebate] CÓRDULA (2011) assinala que para uma visão mais ampla do mundo em que se vive, há uma necessidade de rompimento das barreiras dos modelos científicos cartesianos e reducionistas, que prendem a mente em processos cognitivos limitados e lineares (CAPRA, 2006). “Em última análise, esses problemas precisam ser vistos, exatamente, como diferentes facetas de uma única crise, que é uma crise de percepção” (CAPRA, 1996, p.23). Cada ser humano possui este

Natureza sistêmica da realidade e sustentabilidade, Parte 1/3, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] CÓRDULA (2011) assevera que o planeta passa por profundas mudanças em virtude das modificações impostas pelo modo de vida da humanidade, que vem causando sérios desequilíbrios ambientais e que afetam diretamente o ambiente e a sociedade. Os estudos da natureza e da realidade vêm evoluindo ao longo dos séculos, e de visões fragmentadas de análise como a cartesiana, passando pela holonômica, ecológica, holística e culminando na sistêmica, onde o planeta

A Sustentabilidade e sua relação direta com a utilização indevida e desnecessária dos Recursos Naturais, com o Consumismo, com a Obsolescência Programada e com a Reciclagem, artigo de Luiz Eduardo Corrêa Lima

A Sustentabilidade e sua relação direta com a utilização indevida e desnecessária dos Recursos Naturais, com o Consumismo, com a Obsolescência Programada e com a Reciclagem (Professor Titular do UNIFATEA/Lorena/SP) Introdução Nos tempos atuais a Sustentabilidade passou a ser palavra de ordem em quase todas as atividades humanas, mas o verdadeiro conceito de sustentabilidade passa muito longe do que efetivamente tem sido visto como modelos sustentáveis. Lima (2015), comentou sobre o fato do

Pesquisa Akatu 2018 traça Panorama do Consumo Consciente no Brasil

  Levantamento do Instituto Akatu revela que estamos no momento de recrutar consumidores em nível iniciante para o caminho do consumo sustentável Arte: Ale Kalko   Qual é o nível de consciência e de comportamento dos brasileiros rumo ao consumo consciente? Quais são as barreiras e motivações para as práticas mais sustentáveis? Qual é a percepção e a expectativa do brasileiro em relação à responsabilidade social e ambiental das empresas? Essas foram algumas das

População, economia e déficit ambiental da Ásia, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “É certamente nossa responsabilidade fazer tudo que estiver ao nosso alcance para criar um planeta que forneça um lar, não somente para nós, mas para toda a vida na Terra” Sir David Attenborough     [EcoDebate] A Ásia é o continente mais populoso do mundo. Em 1950, a população da Ásia era de 1,4 bilhão de habitantes, representando 55,4% da população mundial de 2,5 bilhões de habitantes. Em 2017, a população da Ásia chegou a

Captura de peixes em níveis não sustentáveis aumentou, de 10% em 1974 para 33,1% em 2015

  Captura de peixe atinge recorde de 171 milhões de toneladas ONU News Em todo o mundo, cerca de 59,6 milhões de pessoas trabalham neste setor; a indústria está a mudar, com cada vez mais pessoas a trabalhar em aquicultura; o peixe pescado em níveis não sustentáveis continua a aumentar; no Brasil, produção deve aumentar de 1,286 milhão de toneladas em 2016 para 1,885 em 2030. Em 2016, a produção de peixe atingiu um recorde

Qual é o número ideal de humanos sobre a Terra? artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] Muitas pessoas, recorrentemente, perguntam qual é o número ideal de humanos sobre a Terra? Contudo, em geral, a maioria fica frustrada ao saber que não existe um número mágico como resposta. Globalmente, o número ideal de humanos depende de vários condicionantes econômicos e éticos. O primeiro condicionante econômico é o padrão de vida. O número de pessoas que a Terra pode sustentar depende do modo de produção e consumo adotado por

Ser humano e ecossistema, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Antônio Leal Aidar elabora instigante reflexão no site da revista ecológica sobre as relações do indivíduo humano com o ecossistema. Se levarmos em conta que ser do ecossistema é fazer parte de seu equilíbrio, então a resposta é negativa. E isso explica sua importância. Por que, então, o ser humano não faz parte do ecossistema. Deveria fazer e já fez quando era um indivíduo menos complexo. Mas hoje causa desequilíbrios e

Embrapa lança coleção de e-books com tecnologias sustentáveis

Uma agenda desafiadora que tem mobilizado a atenção de 193 países, com a meta de, em apenas 12 anos, buscar caminhos em direção a um mundo que integre aspectos sociais, energéticos, econômicos e ambientais, com segurança e equidade para os povos. Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), ratificada em 2015, durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, na sede da ONU, em Nova Iorque, representam essa proposta

O desenvolvimento sustentável é um oximoro, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

“É triste pensar que a natureza fala e que a humanidade não a ouve” Victor Hugo     [EcoDebate] Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Agenda 2030 da ONU, se baseiam na ideia de implementar o tripé de um desenvolvimento economicamente inclusivo, socialmente justo e ambientalmente sustentável Porém, a inclusão econômica ainda é uma meta distante pois existem bilhões de pessoas vivendo com menos de US$ 5 por dia, outros bilhões vivendo no

Dilema entre crescimento e sustentabilidade na agricultura, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Durante as décadas de 1960 e 1970, a agricultura brasileira passou por uma intensa transformação no processo que ficou conhecido como modernização ou Revolução Verde. Este consistiu na incorporação à agricultura, com grande apoio estatal, de práticas padronizadas de produção, integrando cada vez mais a agricultura com o sistema urbano-industrial. Com isso, se forçou a agricultura a transferir renda e estimular o desenvolvimento dos centros urbanos e industrial do país, através

Top