O PIB em crise, o mundo em crise, artigo de Washington Novaes

  Foto: Marcos Santos/USP Imagens   [O Estado de S.Paulo] Há uma intensa discussão em curso na qual o governo federal parece quase isolado em suas posições. É a respeito do ritmo descendente de crescimento do Produto Interno Bruto, o PIB, que no primeiro trimestre deste ano foi só 0,6% maior que o dos três meses anteriores. E levou várias instituições à previsão para o ano de um aumento de apenas 2,4%, quando

Instituto da Universidade de Oxford alerta para riscos de extinção da humanidade

    Uma equipe internacional de cientistas, matemáticos e filósofos do Instituto do Futuro da Humanidade, da Universidade de Oxford, está investigando quais são os maiores perigos contra a humanidade. E eles argumentam em um texto acadêmico recém-divulgado, Riscos Existenciais como Prioridade Global, que autores de políticas públicas devem atentar para os riscos que podem contribuir para o fim da espécie humana. No ano passado, houve mais textos acadêmicos lançados a respeito de snowboarding

Teoria e Realidade, artigo de Benedicto Ismael C. Dutra

    [EcoDebate] As coisas não andam bem. Desemprego, depressão, endividamento público e privado, destruição da natureza, conflitos. Qual foi o erro da civilização para cairmos numa situação tão complicada agravada com o aumento da população, redução dos empregos, queda na atividade econômica e na receita pública? Na natureza tudo funciona de forma simples, em progressão natural, mas os teóricos costumam complicar as coisas. Na Economia isso fica bem visível, fala-se de tudo,

Davos e o perigo da ociosidade imposta, artigo de Benedicto Ismael Camargo Dutra

    [EcoDebate] Na natureza tudo é atividade progressiva. O trabalho faz parte da vida, no entanto, estamos diante uma grave situação. Conforme relatório da Organização Internacional do Trabalho, em 2013 o desemprego mundial atingirá mais de 202 milhões de pessoas. A ociosidade é um perigo, tanto para idosos como para os jovens. Calcula-se que 73,8 milhões de jovens, entre 15 e 24 anos, estão desempregados. Calcula-se que ate 2014 mais 500 mil

Países ricos perdem a maioria no PIB mundial em 2013, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] O ano de 2013 vai marcar um acontecimento histórico. Pela primeira vez na história, o Produto Interno Bruto (PIB) dos países em desenvolvimento vai ultrapassar o PIB dos países desenvolvidos, segundo dados do Fundo Monetário Internacional (FMI). O PIB mundial em 2012 era de 71,3 trilhões de dólares em dólares correntes e de 82,8 trilhões de dólares internacionais, quando se usa a metodologia do poder de paridade de compra (ppp).

Especial 2012: Os dilemas da economia mundial e as respostas do governo brasileiro

    Neste ano de 2012, no contexto global, assistiu-se o desenrolar de uma crise com profundas dimensões, que afetou a economia de diversos países, escancarando as mazelas geradas no interior da Europa, até pouco tempo vista como modelo a ser alcançado pelos países emergentes. Na América Latina, persistiram os debates e as tentativas, muitas vezes contraditórias, de aliar crescimento econômico com distribuição de renda mais sustentabilidade. E o Brasil, dentro desse

Crise Global: A mesma retórica, apenas, não resolverá, artigo de Washington Novaes

    [O Estado de S.Paulo] Em debate acadêmico em Porto Alegre entre economistas do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) - Marcos Antonio Macedo Cintra - e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) - Maryse Farhi -, há poucas semanas, o primeiro chamou a atenção para o cenário do mundo, hoje. Apontou para um século 21 de "domínio asiático" e de "consequências apavorantes" para a América Latina, já que "os chineses

As mulheres de volta para casa? artigo de Esther Vivas

    As mulheres de volta para casa. Parece ser o que buscam as atuais políticas de saída da crise. Umas políticas que têm um claro rasgo ideológico econômico e social. [EcoDebate] À medida que serviços básicos (como saúde e educação, benefícios sociais diversos, como a Lei de Dependência) são recortados, há todo um trabalho de cuidados, invisível, porém necessário, que acaba voltando a recair, majoritariamente, sobre as mulheres. O ataque frontal a

O suicídio dos espanhóis, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

  Gisela Bajo e sua filha, menor de idade, esperam pelo despejo. Foto de M. Torres, no El País, 15/11/2012.   [EcoDebate] No ano de 2010 estive na Catalunha com grupos solidários que apóiam a Prelazia de São Félix do Araguaia. Era um pedido do bispo Pedro Casaldáliga. A temática era a Agenda Latinoamericana daquele ano, questão das mudanças climáticas, a defesa da mãe Terra. Um dos lugares que estive foi a Universidade de

Evolução (do sistema econômico e social planetário) e não apenas exaustão, artigo de Washington Novaes

    [O Estado de S.Paulo] Por mais que se queira não se consegue fugir ao tema que o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, chamou durante a conferência Rio+20, em junho, de "exaustão do sistema econômico e social planetário" - 868 milhões de pessoas que passam fome todos os dias, 1,3 bilhão vivendo abaixo da linha da pobreza, população total de 7 bilhões avançado para 9 bilhões até meados do século, recursos

Crise na Europa: de recortadores e recortados, artigo de Esther Vivas

  Espanha: Proprietários de lojas tiveram que fechar as portas devido à crise (foto: Daniel Torrejon/Creative Commons)   [EcoDebate] Nos recortaram acima de nossas possibilidades. E ainda podem nos recortar mais. De fato, nos recortarão até deixar-nos em roupas íntimas ou nus. A avareza não tem limites. Assim é o capitalismo: buscar benefícios sem cessar. Assim tem demonstrado o governo do PP e, em seu momento, o governo do Psoe. O dogma neoliberal,

Crise cria ‘geração perdida’ em países ricos

  Grupo protesta por mais empregos para os jovens em frente ao parlamento de Londres O grande problema deles foi ter nascido no ano errado. Ou na geração errada. São jovens na faixa dos 20 aos 30 anos. Estudaram muito mais do que os seus pais. Viajaram e aprenderam diferentes idiomas. Estão habituados às novas tecnologias de comunicação e cresceram em períodos de relativa bonança, sem ter a criatividade e a liberdade

Top
Betway Casino Roulette Image Banners
Betway Casino Roulette Image Banners