Brasil está a caminho de ser o segundo país mais atingindo pelo coronavírus, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

[EcoDebate] O Brasil estava em 30º no ranking global dos países mais afetados pelo coronavírus em meados de março e passou para o 15º lugar em meados de abril. No dia 05 de maio chegou ao 9º lugar em número de casos e no 7º lugar no número de mortes, mas na iminência de passar a Bélgica e pular para o 6º lugar. No acumulado são 114.715 casos e 7.921 mortes.

No dia 05/05, em 24 horas, o número de pessoas infectadas aumentou em 9,493 casos e o número de vítimas fatais aumentou em 633 óbitos. Estes números são recordes da série histórica, conforme mostra o gráfico abaixo. Na variação diária, o Brasil ficou em terceiro lugar no ranking internacional, atrás apenas dos EUA e da Rússia, no número de casos e quanto ao número de mortes, ficou atrás apenas dos EUA e do Reino Unido.

variação absoluta diária do número de casos e mortes pela covid-19 no Brasil

Provavelmente, ainda esta semana, o Brasil vai atingir o segundo lugar no número diário de casos e mortes e ao longo do mês de maio o país pode atingir o segundo lugar geral, ficando atrás apenas dos EUA. Ou seja, dois países de presidentes negacionistas, vão liderar o ranking dos casos e das mortes. Não é sem razão que Trump e Bolsonaro estão sendo acusados de genocidas, assim como vinham sendo chamados de ecocidas, pela atuação no meio ambiente.

No dia 05/05, no mundo, o número acumulado de casos chegou a 3,73 milhões e o número de mortes chegou a 258 mil. Nas últimas 24 horas, o número global de pessoas infectadas aumentou em 82 mil casos e o número de vítimas aumentou em 5,8 mil óbitos. Embora sejam números elevados, o mundo já atingiu o pico e começa a descer a ladeira, como mostra o gráfico abaixo.

variação absoluta diária de casos e mortes pela covid-19 no mundo

O que acontece no Brasil é uma calamidade e não precisava ser assim. Existem muitos países que estão conseguindo controlar a pandemia. A figura abaixo mostra o contraste da situação brasileira com dois países de continentes diferentes e de orientação político-ideológica diferente. Mas a Nova Zelândia, da Oceania, e o Vietnã, da Ásia, são exemplos internacionais de países que foram firmes na guerra contra o coronavírus. E venceram!

Em março, a primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, colocou em prática as restrições mais duras à mobilidade das pessoas na história do país. Em vez de falar no “achatamento da curva”, ela adotou uma estratégia de “eliminar a curva” da pandemia do novo coronavírus. A Nova Zelândia já fez 32.335 testes por 1 milhão de habitantes. (o Brasil fez 1 597testes por 1 milhão de habitantes). A Nova Zelândia tinha no dia 05/05, um total de 1.486 casos e 20 mortes. Sendo que nos últimos 5 dias ocorrem apenas 5 casos e nenhuma morte. O país já está voltando ao trabalho em maio.

casos de covid-19: Brasil x Nova Zelândia x Vietnam

O Vietnã tomou as primeiras medidas para evitar o surto pandêmico ainda em janeiro. Primeiro fechou as fronteiras com a China. Passou a fazer um rigoroso controle do fluxo de pessoas vindas do exterior, paralisou as escolas e, progressivamente, foi estabelecendo um lockdown no país e instituiu um rigoroso sistema de monitoramento das pessoas infectadas e/ou com suspeitas de infecção. O governo e a sociedade se uniram para combater o vírus. O resultado foi apenas 271 casos e nenhuma morte. Agora em maio o país volta ao trabalho.

Enquanto isto, dois grandes países do continente americano são destaques nos efeitos negativos da pandemia e estão sofrendo bastante com o aumento de número de casos e de mortes, gerando muito tristeza. Coincidentemente, são dois países dirigidos por presidentes genocidas e ecocidas.

José Eustáquio Diniz Alves
Colunista do EcoDebate.
Doutor em demografia, link do CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/2003298427606382

Referências:

ALVES, JED. A pandemia de Coronavírus e o pandemônio na economia internacional, Ecodebate, 09/03/2020

https://www.ecodebate.com.br/2020/03/09/a-pandemia-de-coronavirus-covid-19-e-o-pandemonio-na-economia-internacional-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

ALVES, JED. “A recessão em 2020 é inexorável e a palavra-chave para as pessoas é sobrevivência”, Correio da Cidadania, 21/03/2020

https://www.correiocidadania.com.br/34-artigos/manchete/14095-a-recessao-em-2020-e-inexoravel-e-a-palavra-chave-para-as-pessoas-e-sobrevivencia

ALVES, JED. O crescimento da pandemia de coronavírus e a redução da poluição ambiental, Ecodebate, 24/03/2020

https://www.ecodebate.com.br/2020/03/24/o-crescimento-da-pandemia-de-coronavirus-e-a-reducao-da-poluicao-ambiental-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

ALVES, JED. A pandemia de Covid-19 avançou rapidamente na última semana, Ecodebate, 30/03/2020 https://www.ecodebate.com.br/2020/03/30/a-pandemia-de-covid-19-avancou-rapidamente-na-ultima-semana-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

ALVES, JED. O avanço da pandemia de Covid-19 no mundo e no Brasil no mês de março, Ecodebate, 01/04/2020 https://www.ecodebate.com.br/2020/04/01/o-avanco-da-pandemia-de-covid-19-no-mundo-e-no-brasil-no-mes-de-marco-artigo-jose-eustaquio-diniz-alves/

ALVES, JED. Um milhão de infectados e cinquenta mil mortes pela Covid-19 no mundo, Ecodebate, 03/04/2020

https://www.ecodebate.com.br/2020/04/03/um-milhao-de-infectados-e-cinquenta-mil-mortes-pela-covid-19-no-mundo-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

ALVES, JED. Diário da Covid-19: ritmo de casos no Brasil supera a média mundial, # Colabora, 07/04/2020 https://projetocolabora.com.br/ods3/diario-da-covid-19-ritmo-de-casos-no-brasil-supera-a-media-mundial/

ALVES, JED. A pandemia global avança no mundo, mas em ritmo mais lento, Ecodebate, 06/04/2020 https://www.ecodebate.com.br/2020/04/06/a-pandemia-global-avanca-no-mundo-mas-em-ritmo-mais-lento-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

ALVES, JED. A pandemia global de Covid-19 desacelera na primeira semana de abril, Ecodebate, 08/04/2020 https://www.ecodebate.com.br/2020/04/08/a-pandemia-global-de-covid-19-desacelera-na-primeira-semana-de-abril-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

ALVES, JED. Brasil com mais de 1 mil mortes e o mundo com mais de 100 mil mortes pela covid-19, Ecodebate, 10/04/2020

https://www.ecodebate.com.br/2020/04/10/brasil-com-mais-de-1-mil-mortes-e-o-mundo-com-mais-de-100-mil-mortes-pela-covid-19-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

ALVES, JED. Os países do topo do ranking que já chegaram ao pico da pandemia, Ecodebate, 13/04/2020

https://www.ecodebate.com.br/2020/04/13/os-paises-do-topo-do-ranking-que-ja-chegaram-ao-pico-da-pandemia-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

ALVES, JED. A pandemia de covid-19 e o pior decênio da história da economia brasileira, Ecodebate, 15/04/2020

https://www.ecodebate.com.br/2020/04/15/a-pandemia-de-covid-19-e-o-pior-decenio-da-historia-da-economia-brasileira-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

ALVES, JED. A pandemia de covid-19 vai acelerar a passagem do centro do mundo para a Ásia, Ecodebate, 17/04/2020

https://www.ecodebate.com.br/2020/04/17/a-pandemia-de-covid-19-vai-acelerar-a-passagem-do-centro-do-mundo-para-a-asia-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

ALVES, JED. A pandemia da covid-19 atinge 3 milhões de casos e 200 mil mortes, Ecodebate, 27/04/2020

https://www.ecodebate.com.br/2020/04/27/a-pandemia-da-covid-19-atinge-3-milhoes-de-casos-e-200-mil-mortes-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

ALVES, JED. A pandemia da covid-19 e a disputa entre os “Consensos” geoestratégicas globais, Ecodebate, 04/05/2020

https://www.ecodebate.com.br/2020/05/04/a-pandemia-da-covid-19-e-a-disputa-entre-os-consensos-geoestrategicas-globais-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 06/05/2020

Brasil está a caminho de ser o segundo país mais atingindo pelo coronavírus, artigo de José Eustáquio Diniz Alves, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 6/05/2020, https://www.ecodebate.com.br/2020/05/06/brasil-esta-a-caminho-de-ser-o-segundo-pais-mais-atingindo-pelo-coronavirus-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/.

 

PUBLICIDADE




 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate com link e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top