Um milhão de infectados e cinquenta mil mortes pela Covid-19 no mundo, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

[EcoDebate] O mês de abril começou com um triste recorde, pois o mundo chegou a uma marca histórica: o número de pessoas infectadas pela Covid-19 superou a cifra de um milhão de indivíduos, além de ultrapassar o limiar de 50 mil mortes. Para quem imaginou que tudo fosse apenas uma gripezinha, o surto do novo coronavírus já deixou bastante para trás os números do surto de SARS (Síndrome respiratória aguda grave) que adoeceu 8.098 pessoas e matou 774, antes de ser contida.

Nos meses de janeiro e fevereiro, a pandemia da Covid-19 estava concentrada na China. Mas, rapidamente se espalhou pelo mundo no mês de março, atingiu mais de 200 países e territórios e começou o mês de abril com variações diárias elevadas, tanto no número de casos notificados quanto no número de mortes. Daqui para a frente, a dimensão do surto subiu o degrau e falaremos em milhões de casos e centenas de milhares de mortes.

O gráfico abaixo mostra que no dia 01 de março havia 86,6 mil pessoas infectadas no mundo e passou para 1,015 milhão em 02 de abril (um crescimento de 11,5 vezes, o que dá um aumento médio diário de 7,9% ao dia no período). O número global de mortes que era de 3,05 mil em 01 de março e passou para 57,9 mil em 02/04 (um crescimento de 17,4 vezes, ou um aumento médio diário de 9,3% ao dia). Portanto, o surto está em plena expansão. A taxa de letalidade que estava 3,4% em 01 de março passou para 5,2% em 02 de abril de 2020.

casos e mortes pela Covid-19, 02/04/2020

Os dois gráficos abaixo mostram as variações diárias no número de casos e de mortes pela Covid-19. No gráfico da esquerda, são as variações absolutas. No dia 01 de março houve 1.977 casos de infecção notificados no mundo, o que foi crescendo ao longo do mês e, no dia 02 de abril, o acréscimo diário do número passou para 79.842 casos. No mesmo espaço temporal, o número global diário de mortes saltou do valor de 73 para 5.975.

No gráfico da direita, são as variações percentuais, mostrando que houve uma aceleração do percentual de avanço da pandemia, nas duas primeiras dezenas do mês de março, uma estabilidade em alto patamar entre os dias 20 e 27 de março, e uma redução da aceleração no final de março e início de abril. Nota-se que o percentual diário das mortes está em torno de 11%, superior aos 9% da variação diária dos casos notificados de Covid-19 no início de abril. O que indica que a taxa de letalidade deve subir ao longo do mês de abril.

coronavírus: casos e mortes no mundo

A pandemia já atingiu 204 países e territórios. No dia 10 de março, havia somente um país com mais de 10 mil casos confirmados de Covid-19 (a China) e havia 6 países com valores entre 1 mil e 10 mil casos (Itália, Irã, Coreia do Sul, França, Espanha e Alemanha). No dia 25 de março já havia 32 países com mais de 10 mil casos, sendo 24 países com números entre 1 mil e 10 mil casos e 8 países com mais de 10 mil casos. No dia 02 de abril o número de países com mais de 1 mil casos chegou a 52, sendo 38 entre 1 e 10 mil casos e 14 com mais de 10 mil casos.

número de países com casos de Covid-19

Os gráficos abaixo dão destaque para o número de casos em 9 países. No gráfico da esquerda, nota-se que a China saiu na frente e atingiu cerca de 80 mil casos ainda no mês de fevereiro, mas, depois de muito esforço, conseguiu estabilizar o surto de Covid-19. A Coreia do Sul também teve um grande crescimento do número de casos em fevereiro, mas conseguiu estabilizar o número de casos abaixo de 10 mil unidades no mês de março. No sentido inverso, os Estados Unidos (EUA) que tinham um número muito pequeno de casos em fevereiro, viu uma explosão da pandemia em março e o número de casos alcançou o recorde de 244,9 mil casos no dia 02 de abril. A Itália e a Espanha chegaram a pouco menos de 120 mil casos no dia 02 de abril. Também a Alemanha ultrapassou a China e chegou a 85 mil casos. A França e o Irã apresentam pouco menos de 60 mil casos em 02 de abril. E o Brasil chegou a 8 mil casos no dia 02 de abril.

No gráfico à direita, estes mesmos dados são apresentados na escala logarítmica, que indica a velocidade de expansão do surto nos países. Nota-se que a China e a Coreia do Sul apresentam quase que uma reta horizontal no mês de março, enquanto os outros países apresentam uma inclinação acentuada, mostrando que o número de casos vai continuar subindo em abril.

número de casos de infecção por Covid-19

Os gráficos abaixo dão destaque para o número de mortes nos mesmos 9 países. No gráfico da esquerda, nota-se que a China saiu na frente e atingiu cerca de 3 mil casos ainda no mês de fevereiro, mas conseguiu estabilizar o número de mortes abaixo de 3,5 mil. A Coreia do Sul é o país que apresenta o menor número de mortes, somente 169 fatalidades até 02 de abril. O Brasil com menos casos de infecção já superou a Coreia no número de mortes com 300 fatalidades em 02 de abril. A Itália está na triste liderança do número de mortes com 14 mil fatalidades até 02 de abril. A Espanha vem em segundo lugar com 10 mil, os EUA em terceiro lugar com 6 mil fatalidades e a França com 5,4 mil. O Irã apresentou 3,2 mil e a Alemanha 1,1 mil no dia 02 de abril de 2020.

No gráfico à direita, os números em escala logarítmica, indicam a velocidade de expansão do surto de morte nos países. Nota-se que, também neste caso, a China e a Coreia do Sul apresentam quase que uma reta horizontal no mês de março, enquanto os outros países apresentam uma inclinação acentuada, mostrando que o número de mortes vai continuar subindo em abril.

Comparando o Brasil com outros países em desenvolvimento, o gráfico abaixo mostra que o país latino-americano apresenta um número de casos bem acima da Malásia, Indonésia e Índia. Nota-se que o Brasil e a Índia apresentaram uma aceleração do número de casos no início de abril e podem disparar o gatilho da pandemia no restante do mês.

número de casos de coronavírus no Brasil, Malásia, Indonésia e Índia

Os gráficos abaixo apresentam de 3 maneiras diferentes o crescimento do surto de Covid-19 no Brasil. O gráfico à esquerda apresenta o crescimento acumulado do número de casos e de mortes. O gráfico do centro apresenta o aumento do número diário de casos e mortes. E o gráfico à direita apresenta a variação percentual diária do número de casos e de mortes.

a pandemia de covid-19 avança no Brasil

Todos os dados acima mostram que a pandemia do novo coronavírus está se expandindo no Brasil e no mundo. Alguns poucos países já conseguiram estabilizar o surto e outros estão chegando no pico do surto. Mas a maioria absoluta das nações possuem um grande desafio pela frente e será preciso fazer um esforço muito grande para que não haja uma explosão de casos e mortes em abril. Este mês é decisivo para desacelerar o processo e controlar a epidemia.

José Eustáquio Diniz Alves
Colunista do EcoDebate.
Doutor em demografia, link do CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/2003298427606382

Referências:

ALVES, JED. A pandemia de Coronavírus e o pandemônio na economia internacional, Ecodebate, 09/03/2020

https://www.ecodebate.com.br/2020/03/09/a-pandemia-de-coronavirus-covid-19-e-o-pandemonio-na-economia-internacional-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

ALVES, JED. “A recessão em 2020 é inexorável e a palavra-chave para as pessoas é sobrevivência”, Correio da Cidadania, 21/03/2020

https://www.correiocidadania.com.br/34-artigos/manchete/14095-a-recessao-em-2020-e-inexoravel-e-a-palavra-chave-para-as-pessoas-e-sobrevivencia

ALVES, JED. O crescimento da pandemia de coronavírus e a redução da poluição ambiental, Ecodebate, 24/03/2020

https://www.ecodebate.com.br/2020/03/24/o-crescimento-da-pandemia-de-coronavirus-e-a-reducao-da-poluicao-ambiental-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

WorldOmeteres: https://www.worldometers.info/coronavirus/coronavirus-death-toll/

ALVES, JED. A pandemia de Covid-19 avançou rapidamente na última semana, Ecodebate, 30/03/2020 https://www.ecodebate.com.br/2020/03/30/a-pandemia-de-covid-19-avancou-rapidamente-na-ultima-semana-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

ALVES, JED. O avanço da pandemia de Covid-19 no mundo e no Brasil no mês de março, Ecodebate, 01/04/2020 https://www.ecodebate.com.br/2020/04/01/o-avanco-da-pandemia-de-covid-19-no-mundo-e-no-brasil-no-mes-de-marco-artigo-jose-eustaquio-diniz-alves/

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 03/04/2020

Um milhão de infectados e cinquenta mil mortes pela Covid-19 no mundo, artigo de José Eustáquio Diniz Alves, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 3/04/2020, https://www.ecodebate.com.br/2020/04/03/um-milhao-de-infectados-e-cinquenta-mil-mortes-pela-covid-19-no-mundo-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/.

 

PUBLICIDADE




 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate com link e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top