A pandemia global de Covid-19 desacelera na primeira semana de abril, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

[EcoDebate] A pandemia global do novo coronavírus atingiu a maior velocidade de expansão na segunda quinzena de março, mas já mostra alguns sinais de desaceleração em abril.

Entre os dias 01 e 15 de março o número de pessoas com testes positivos passou de 88,6 mil para 169,6 mil, representando um crescimento geométrico diário de 4,6% ao dia. O número de mortes passou de 3 mil para 6,5 mil nos primeiros 15 dias do mês (um aumento de 5,4% ao dia). Entre os dias 15 e 31 de março o número de pessoas infectadas passou de 169,6 mil para 858,4 mil, representando um crescimento geométrico diário de 10,7% ao dia. O número de mortes passou de 6,5 mil para 42,3 mil (um aumento de 12,4% ao dia).

Nos primeiros 7 dias de abril o número de casos saltou para 1,4 milhão em 07 de abril (um crescimento de 7,4% ao dia), com 81 mil mortes (um crescimento de 9,6% ao dia). Desta forma, houve redução do ritmo de crescimento dos casos e das mortes na primeira semana de abril, quando comparado com a segunda quinzena de março (embora o ritmo de abril seja maior do que a primeira quinzena de março).

Entretanto, esta média global, é composta a partir de um leque diferente de ritmos nacionais. A tabela abaixo mostra 12 países que se destacam na expansão da pandemia global. Os Estados Unidos assumiram a liderança disparada no número de casos, mas ficaram em terceiro lugar no número de mortes. A Itália está em terceiro lugar em número de casos e em primeiro lugar no número de mortes. A Espanha está em segundo tanto em casos, quanto em mortes.

número de casos e de mortes do coronavírus na primeira semana de abril 2020

A França está em quarto lugar e acelerou o ritmo de crescimento tanto dos casos quanto das mortes na primeira semana de abril. A Alemanha seguem em quinto lugar e apresenta um ritmo de crescimento do número de casos semelhante ao da Itália e Espanha, mas com o nível de mortes muito menor e uma taxa de letalidade bem abaixo da média global.

A China que liderava o ranking da pandemia em fevereiro caiu para o 6º lugar, pois tem conseguido achatar as curvas. O Irã que também já foi destaque no alto da tabela, caiu para o 7º lugar e apresenta um ritmo mais lento de avanço do surto do novo coronavírus. O Reino Unido e o Brasil seguem, atualmente, um ritmo mais próximo dos EUA, enquanto a Suíça e a Holanda seguem um ritmo mais próximo de Itália, Espanha e Alemanha. A Coreia do Sul já tem um ritmo comparável ao da China com baixíssimo ritmo de expansão.

A tabela acima mostra que a soma dos casos dos 12 países foi de 771,4 mil em 01 de abril e subiu para 1,16 milhão de casos em 07 de abril, um aumento médio percentual de 7% ao dia no período. O número de mortes passou de 43,4 mil para 73,5 mil, um aumento de 9,2% na semana. Portanto, as mortes cresceram em ritmo mais acelerado que os casos nestes 12 países na primeira semana de abril. A taxa de letalidade, em 07/04, estava em 6,3%.

O interessante a notar é que houve uma diminuição da participação destes 12 países no total global, tanto para os casos (de 82,5% para 81,1%), quanto das mortes (91,9% para 89,6%). Isto quer dizer que os 12 países do topo da tabela estão crescendo num ritmo mais lento do que os demais países da parte de baixo do ranking dos países do mundo.

Nota-se que o número de casos dos 12 países cresce a 7% ao dia, o mundo cresce a 7,3% ao dia e os demais países crescem em ritmo mais acelerado, a 8,7% ao dia. No caso das mortes, os 12 países da tabela crescem a 9,2% ao dia, o mundo a 9,7% ao dia e o restante dos países a 14,3% ao dia, na primeira semana de abril.

Assim, enquanto os países que já passaram pelos momentos mais cruciais da pandemia começam a desacelerar, os países que encontram-se com menores números de casos e de mortes estão acelerando. Isto mostra que o cenário para o mês de abril vai ser de expansão do surto e a solução para a situação global ainda vai se prolongar nos próximos meses.

José Eustáquio Diniz Alves
Colunista do EcoDebate.
Doutor em demografia, link do CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/2003298427606382

Referências:

ALVES, JED. A pandemia de Coronavírus e o pandemônio na economia internacional, Ecodebate, 09/03/2020

https://www.ecodebate.com.br/2020/03/09/a-pandemia-de-coronavirus-covid-19-e-o-pandemonio-na-economia-internacional-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

ALVES, JED. “A recessão em 2020 é inexorável e a palavra-chave para as pessoas é sobrevivência”, Correio da Cidadania, 21/03/2020

https://www.correiocidadania.com.br/34-artigos/manchete/14095-a-recessao-em-2020-e-inexoravel-e-a-palavra-chave-para-as-pessoas-e-sobrevivencia

ALVES, JED. O crescimento da pandemia de coronavírus e a redução da poluição ambiental, Ecodebate, 24/03/2020

https://www.ecodebate.com.br/2020/03/24/o-crescimento-da-pandemia-de-coronavirus-e-a-reducao-da-poluicao-ambiental-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

ALVES, JED. A pandemia de Covid-19 avançou rapidamente na última semana, Ecodebate, 30/03/2020 https://www.ecodebate.com.br/2020/03/30/a-pandemia-de-covid-19-avancou-rapidamente-na-ultima-semana-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

ALVES, JED. O avanço da pandemia de Covid-19 no mundo e no Brasil no mês de março, Ecodebate, 01/04/2020 https://www.ecodebate.com.br/2020/04/01/o-avanco-da-pandemia-de-covid-19-no-mundo-e-no-brasil-no-mes-de-marco-artigo-jose-eustaquio-diniz-alves/

ALVES, JED. Um milhão de infectados e cinquenta mil mortes pela Covid-19 no mundo, Ecodebate, 03/04/2020

https://www.ecodebate.com.br/2020/04/03/um-milhao-de-infectados-e-cinquenta-mil-mortes-pela-covid-19-no-mundo-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

ALVES, JED. Diário da Covid-19: ritmo de casos no Brasil supera a média mundial, # Colabora, 07/04/2020 https://projetocolabora.com.br/ods3/diario-da-covid-19-ritmo-de-casos-no-brasil-supera-a-media-mundial/

ALVES, JED. A pandemia global avança no mundo, mas em ritmo mais lento, Ecodebate, 06/04/2020 https://www.ecodebate.com.br/2020/04/06/a-pandemia-global-avanca-no-mundo-mas-em-ritmo-mais-lento-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 08/04/2020

A pandemia global de Covid-19 desacelera na primeira semana de abril, artigo de José Eustáquio Diniz Alves, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 8/04/2020, https://www.ecodebate.com.br/2020/04/08/a-pandemia-global-de-covid-19-desacelera-na-primeira-semana-de-abril-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/.

 

PUBLICIDADE




 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate com link e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top