Índice da edição nº 2.897, 2018 [de 04/01/2018]

    Germoplasma, artigo de Roberto Naime Estudo prevê um mundo significativamente mais seco se o aquecimento global chegar a 2ºC Impactos humanos em florestas e pastagens são maiores e mais antigos do que se supunha anteriormente Estudo avalia como a bioeconomia baseada na floresta afeta o clima, o emprego e o crescimento Cientistas investigam morte de dezenas de botos-cinza na Baía de Sepetiba, RJ Meio ambiente: 2017 tumultuado e 2018 de renovação 10 atitudes que você pode

Germoplasma, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Bancos de Germoplasma podem ser definidos como unidades conservadoras de material genético de uso imediato ou com potencial de uso futuro. No caso de plantas são comumente sementes. Estas estruturas são especialmente utilizadas para conservação de espécimes “crioulos” e nativos de determinadas regiões geográficas. A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), criou em 1976, em consonância com as recomendações do International Plant Genetic Resources Institute (IPGRI) germoplasma, objetivando conservar fontes

Estudo prevê um mundo significativamente mais seco se o aquecimento global chegar a 2ºC

  University of East Anglia*     Mais de um quarto das terras do mundo poderiam se tornar significativamente mais secas se o aquecimento global chegar ao 2C - de acordo com novas pesquisas de uma equipe internacional. A mudança causaria uma maior ameaça de seca e incêndios florestais. Mas limitar o aquecimento global a menos de 1,5 ° C reduziria drasticamente a fração da superfície da Terra que sofre tais mudanças. Os resultados, publicados em

Impactos humanos em florestas e pastagens são maiores e mais antigos do que se supunha anteriormente

    Alpen-Adria-Universität* A utilização humana de biomassa reduz os estoques globais de carbono na vegetação em 50%, o que implica que emissões maciças de CO2 para a atmosfera ocorreram ao longo dos últimos séculos e milênios. A contribuição do manejo florestal e pecuária nas pastagens naturais para as perdas globais de carbono é de uma magnitude similar à do desmatamento. Atualmente, esses efeitos são subestimados nos modelos globais de carbono existentes e

Estudo avalia como a bioeconomia baseada na floresta afeta o clima, o emprego e o crescimento

  Natural Resources Institute Finland*     Natural Resources Institute Finland (Luke) e University of Eastern Finland (UEF) publicaram a sua opinião sobre o papel da bioeconomia baseada na floresta na UE. Além disso, o documento propõe que tipo de pesquisa florestal deve ser priorizada na UE nos próximos anos. O documento enfatiza que as políticas e a tomada de decisão relacionadas com a floresta devem basear-se em evidências científicas sólidas para lidar com as

Cientistas investigam morte de dezenas de botos-cinza na Baía de Sepetiba, RJ

    A morte de dezenas de botos-cinza na Baía de Sepetiba, no litoral do estado do Rio de Janeiro, vem preocupando cientistas e grupos engajados na proteção da espécie, que é ameaçada de extinção. Diariamente estão sendo avistadas carcaças com lesões na pele, mas as causas da mortandade até o momento são desconhecidas. Exames estão sendo realizados em laboratórios especializados na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e na

Meio ambiente: 2017 tumultuado e 2018 de renovação

  Medidas equivocadas de governos e fenômenos climáticos extremos mostraram que as questões ambientais têm reflexos sociais e econômicos e, portanto, precisam de mais atenção Um ano turbulento. Essa é a definição da maioria dos ambientalistas para 2017, com relação às tomadas de decisões ligadas à conservação da natureza brasileira e aos eventos climáticos extremos nacionais e internacionais. Nacionalmente, as Unidades de Conservação (UC) brasileiras foram as que mais sofreram ameaças, de acordo

10 atitudes que você pode tomar para salvar os oceanos

  Janeiro, verão, sol, praia. O mar traz diversão e alívio nessa época do ano. Mas os oceanos e a vida marinha estão ameaçados por causa da superexploração dos biomas, da gestão inadequada do lixo e do esgoto e de padrões produtivos altamente poluentes. Você pode fazer a sua parte e ajudar a ONU a proteger a natureza. Confira essas dez dicas de como combater a degradação do meio ambiente. Os oceanos são

Top