Índice da edição nº 2.876, 2017 [de 23/11/17]

    Hermenêuticas do meio ambiente, Parte 2/3, artigo de Roberto Naime Antinomias desencadeadas pela mercantilização do Turismo em Porto Seguro, por Elissandro dos Santos Santana, Denys Henrique Rodrigues Câmara e Radharani Cabrera Teixeira de Arruda Projeto inédito no Brasil ensina alunos, pais e professores a cultivar alimentos orgânicos América Latina e Caribe jogam 145 mil toneladas de lixo orgânico por dia em lixões e aterros controlados Para MPF, áreas pendentes de demarcação indígena não podem

Hermenêuticas do meio ambiente, Parte 2/3, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] A sociedade se desenvolveu a custa da natureza, retirando seus recursos e em seu lugar construindo a civilização humana. Entende-se aqui, como tudo que há no planeta como pertencente ao ser humano, sendo, portanto, o meio ambiente nosso lar, onde se pode usufruir. Mas os novos conceitos de sustentabilidade determinam preocupação com o futuro e as próximas gerações. Com esta forma de concepção presente fortemente na sociedade até o século

Antinomias desencadeadas pela mercantilização do Turismo em Porto Seguro, por Elissandro dos Santos Santana, Denys Henrique Rodrigues Câmara e Radharani Cabrera Teixeira de Arruda

Antinomias desencadeadas pela mercantilização do Turismo em Porto Seguro Por Elissandro dos Santos Santana1, Denys Henrique Rodrigues Câmara2 e Radharani Cabrera Teixeira de Arruda3 [EcoDebate] As antinomias e tensões em decorrência da indústria insustentável do turismo em Porto Seguro desencadeiam déficits socioambientais que inviabilizarão as atividades turísticas na região. É significativo sobrelevar que tais atividades sempre foram concebidas e geridas com base em uma ótica predatória e esta concepção coaduna com os pressupostos

Projeto inédito no Brasil ensina alunos, pais e professores a cultivar alimentos orgânicos

  Prática já impactou 1,4 mil pessoas em Carazinho (RS); participantes recebem certificados neste sábado (25) Um projeto inédito no Brasil, que une educação e conscientização ambiental, tem mudado o hábito de muitos moradores de Carazinho, cidade gaúcha com pouco mais de 60 mil habitantes. Em um ano, mais de 1,4 mil pessoas foram impactadas pelo “Educação & Sustentabilidade”, que ensina aos alunos de escolas públicas, professores e seus familiares teorias e

América Latina e Caribe jogam 145 mil toneladas de lixo orgânico por dia em lixões e aterros controlados

  ABr   Todo dia, 145 mil toneladas de resíduos orgânicos são jogadas em lixões e aterros controlados na América Latina e no Caribe. Essa montanha diária de restos de comida não processados, que colocam em risco a saúde e a vida de 170 milhões de pessoas, é um dos temas da 3ª Assembleia do Meio Ambiente da Organização das Nações Unidas (ONU), que será realizada em Nairóbi, no Quênia, de 4 a

Para MPF, áreas pendentes de demarcação indígena não podem ser alvo de reintegração de posse

  Manifestação enviada ao STJ defende cumprimento de regras do Estatuto do Índio O Ministério Público Federal (MPF) entende que não cabe reintegração de posse em áreas pendentes de demarcação de terras indígenas. A manifestação foi apresentada ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) a favor de Recurso Especial da Fundação Nacional do Índio (Funai) em ação que contesta propriedade localizada em Caucaia (CE). Para o subprocurador-geral da República Moacir Guimarães, o restabelecimento de

‘Está em jogo a reestruturação do mercado formal de terras no Brasil’. Entrevista com Julianna Malerba

  Heinrich Boell Foundation Por Leandro Uchoas Assessora nacional da Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional (Fase) e membro da Rede Brasileira de Justiça Ambiental, Julianna Malerba concede entrevista à Fundação Böll. Ela fala dos retrocessos na legislação socioambiental brasileira, com foco no setor da mineração, e estabelece a que, ao lado da reorganização do mercado de trabalho, a reestruturação do mercado de terras está no centro dos interesses dos grupos

Top