nº 2.483, 2016 [04/03/2016]

    Ocupação e nível educacional: o desperdício do bônus demográfico feminino, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Esgotamento sanitário mais uma vez relegado a segundo plano no Brasil, artigo de Sucena Shkrada Resk Aedes Polytki, artigo de Daniel Clemente MPF é contra homologação do acordo entre a mineradora Samarco, o governo federal e os governos de Minas Gerais e do Espírito Santo Acordo protege mais Samarco que meio ambiente, avalia MPF

Ocupação e nível educacional: o desperdício do bônus demográfico feminino, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] O data de 08 de março deveria ser motivo de comemoração do Dia Internacional da Mulher. Porém, a crise do mercado de trabalho feminino no Brasil não oferece motivos para festa. É mais um dia de luto, pois a luta histórica das mulheres está sendo derrotada pela falta de dinamismo da economia, especialmente, nos últimos 4 anos. O percentual de mulheres de 10 anos e mais ocupadas na semana

Esgotamento sanitário mais uma vez relegado a segundo plano no Brasil, artigo de Sucena Shkrada Resk

    Bactérias, vírus e parasitas, coliformes fecais, produtos químicos, metais pesados...  Sinto muito dizer, mas 42% da população convivem com este contexto de saneamento, porque não têm acesso a um direito mínimo, que é a coleta de rede de esgoto. O endereço dessa realidade, em pleno século XXI, é o nosso país - Brasil. Essa situação, de certa forma, foi institucionalizada com o passar das décadas. Quando o Governo Federal divulga, por

Aedes Polytki, artigo de Daniel Clemente

    [EcoDebate] Autora de discursos confusos e excêntricos a Presidente Dilma Rousseff disparou a pronunciar o slogan da campanha para o combate contra a proliferação do aedes aegypti: “Um mosquito não pode ser e não é mais forte que um país inteiro”. Felizes são os cérebros orientados por ouvidos manipuladores, lhes fazendo acreditar na existência da causa única de todo o mal vivenciado. Nunca foi apenas “um mosquito” a origem dos

MPF é contra homologação do acordo entre a mineradora Samarco, o governo federal e os governos de Minas Gerais e do Espírito Santo

    O Ministério Público Federal (MPF) informou, nesta quinta-feira (3), que vai se posicionar contra a homologação do acordo entre a mineradora Samarco, o governo federal e os governos de Minas Gerais e do Espírito Santo. Firmado ontem (2), o acordo prevê que a mineradora arque com o valor de R$ 4,4 bilhões, pelos próximos três anos, para atenuar as consequências do rompimento da barragem de rejeitos da Samarco em

Acordo protege mais Samarco que meio ambiente, avalia MPF

    Por Léo Rodrigues, da Agência Brasil O Ministério Público Federal informou nesta quinta-feira (3) que vai se posicionar contra a homologação do acordo realizado entre a Samarco, o governo federal e os governos de Minas Gerais e do Espírito Santo. Assinado nessa quarta-feira, o documento prevê que a mineradora arque com o valor de R$4,4 bilhões, pelos próximos três anos, para mitigar as consequências do rompimento da barragem de Mariana (MG),

SBPC publica manifesto sobre ações para a recuperação da tragédia de Mariana

    O documento, encaminhado ao governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, e outras autoridades, expressa apoio às exigências das entidades acadêmicas, associações profissionais e movimentos sociais sobre as condições para o projeto de reconstrução da “nova Bento Rodrigues” A SBPC encaminhou ontem, 2 de março, um manifesto ao governador do Estado de Minas Gerais, Fernando Pimentel, e outras autoridades, sobre as ações para a recuperação da tragédia de Mariana, região central de

Brasil lança projeto de geração solar em lagos de hidrelétricas

  Nesta sexta-feira será apresentado protótipo com cerca de 60 m² de área, em funcionamento, permitindo a visualização do sistema     O Brasil inicia nesta sexta-feira (4), na usina hidrelétrica de Balbina, no Amazonas, o primeiro projeto de exploração de energia solar em lagos de usinas hidrelétricas com uso de flutuadores. No dia 11 de março será lançado o protótipo similar na hidrelétrica de Sobradinho, na Bahia. A cerimônia de lançamento do projeto

Fenômenos climáticos extremos, como chuvas ou secas, podem ter um impacto devastador na produção agrícola

    O aquecimento global pode provocar 500 mil mortes adicionais no mundo até 2050 devido às alterações na alimentação e no peso das populações, impulsionadas pela queda da produção agrícola, diz estudo divulgado ontem (3) na revista The Lancet. O trabalho é o primeiro a avaliar o impacto das alterações climáticas na dieta e no peso das populações e a estimar o número de mortos até 2050 em 155 países. Até agora, os

Eternit é condenada por expor trabalhadores ao amianto

  Decisão fixou indenização de R$ 100 milhões por danos morais coletivos e assistência médica integral e vitalício aos ex-empregados da unidade de Osasco (SP)     A empresa Eternit foi condenada a oferecer tratamento de saúde integral e vitalício a todos os ex-empregados e familiares expostos ao amianto durante as atividades da unidade de Osasco (SP). A substância é reconhecida como cancerígena pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A sentença é da 9ª

Top