nº 2.448, 2016 [08/01/2016]

    O envelhecimento brasileiro por grupos quinquenais até 2050, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Mudanças climáticas versus interesses privados, artigo de Heitor Scalambrini Costa Rompimento da barragem da Samarco: Lama vista em Abrolhos pode ser da barragem de Mariana, diz Ibama RS: Na capital da soja, assentados driblam uso de agrotóxicos e investem na produção orgânica Desmatamento para plantio de soja contribui para inundações na América do Sul STF mantém suspensão do período de defeso

O envelhecimento brasileiro por grupos quinquenais até 2050, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] A população brasileira está passando por uma grande transformação de sua estrutura de sexo e idade, com a redução da base da pirâmide e o alargamento do topo. Mas o processo de envelhecimento não se dá de maneira homogênea entre os diversos grupos quinquenais. O ritmo de crescimento é maior nas idades mais avançadas. Ou seja, o envelhecimento da população brasileira ocorre, simultaneamente, ao envelhecimento da população idosa. O

Mudanças climáticas versus interesses privados, artigo de Heitor Scalambrini Costa

    [EcoDebate] Contra fatos não existem argumentos, principalmente os falaciosos. Sem dúvida, hoje, os combustíveis fósseis, particularmente o petróleo (e seus derivados) é o principal responsável pelo aquecimento global, e as mudanças climáticas que estão ocorrendo no planeta. Os combustíveis fósseis são os maiores emissores dos gases de efeito estufa, que contribuem para o aquecimento da Terra. Em dezembro de 2015, depois de 18 anos de negociações, as 195 nações que integram

Rompimento da barragem da Samarco: Lama vista em Abrolhos pode ser da barragem de Mariana, diz Ibama

    Ibama e ICMBio identificaram avanço de mancha de lama ao litoral sul da Bahia e fazem estudos para confirmar impacto na área de preservação ambiental A lama com rejeitos de mineração que vazou após a ruptura de barragem em Mariana (MG), em novembro, aparenta ter alcançado ao litoral sul da Bahia, na região de Trancoso e Porto Seguro, ou seja, próximo ao arquipélago de Abrolhos. A informação foi divulgada na noite

RS: Na capital da soja, assentados driblam uso de agrotóxicos e investem na produção orgânica

  Entre os motivos para o fortalecimento desta atuação no último ano, está a busca de um novo modelo de produção e a localização dos assentamentos.     Por Catiana de Medeiros Da Página do MST O incentivo à produção de alimentos saudáveis, sem o uso de venenos e agroquímicos, integrou as principais ações desenvolvidas por meio do Programa de Assessoria Técnica, Social e Ambiental à Reforma Agrária (Ates), do Instituto Nacional de Colonização e Reforma

Desmatamento para plantio de soja contribui para inundações na América do Sul

    O fenômeno do El Niño trouxe mais chuvas que o habitual ao sul da América Latina, mas por si só não explica as enchentes que deixaram mais de 160.000 desabrigados no Paraguai, Argentina, Brasil e Uruguai. A mudança climática torna mais extremo o fenômeno que causou o transbordamento nos rios Paraguai, Paraná e Uruguai, entre outros, mas há mais razões por trás. A reportagem é de Alejandro Rebossio, publicada por El

STF mantém suspensão do período de defeso e de pagamento de seguro a pescadores

notícia

    O presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, concedeu liminar que mantém a suspensão do período de defeso – quando a pesca é proibida – por até 120 dias, conforme portaria editada pelo governo federal em outubro do ano passado. Com a decisão, o pagamento do seguro-defeso também continuará suspenso. A decisão foi tomada por Lewandowski em caráter de urgência devido às férias dos ministros do STF, e será analisada posteriormente

Comissão da Câmara aprova isenção tributária para incentivar o uso da energia solar

    A Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados aprovou proposta que isenta de impostos equipamentos e componentes de geração de energia solar. A isenção somente será aplicada quando não houver similar nacional dos produtos. Foi aprovado o substitutivo do relator, deputado Arnaldo Jordy (PPS-PA), ao Projeto de Lei 8322/14, do Senado. Em seu texto, Jordy ampliou as isenções tributárias. A proposta original previa apenas a isenção de imposto sobre

Número de mortes por conflitos no campo em 2015 é o maior em 12 anos

    O número de assassinatos decorrentes de conflitos no campo em 2015 foi o maior dos últimos 12 anos no Brasil, com 49 mortes registradas, a maior parte na Região Norte, de acordo com os dados de um balanço anual da questão agrária divulgado esta semana pela Comissão Pastoral da Terra (CPT). A CPT ressalva, no entanto, que os dados são ainda parciais e podem vir a aumentar à medida que sejam

Confira o balanço do ano de 2015 sobre a Questão Agrária brasileira, elaborado pela CPT

    O ano de 2015 foi marcado pelo desmonte de órgãos do Governo e por cortes de recursos públicos para a Reforma Agrária e demarcação de territórios quilombolas e indígenas. A aliança do Estado brasileiro com o agronegócio se intensificou, atingindo diretamente o conjunto dos povos do campo. A violência contra as comunidades camponesas e povos indígenas foi praticada não só pela lógica do capitalismo, como também pelo Estado brasileiro. O número

Top