nº 2.359, 2015 [10/08/2015]

    Para evitar a recessão, artigo de Montserrat Martins Lutas Sociais do Campesinato na Contemporaneidade no Brasil, artigo de Horacio Martins de Carvalho A importância das Metas Sustentáveis do Milênio, artigo de Laís Vitória Cunha de Aguiar Média de investimentos das empresas em sustentabilidade é de apenas 2%, diz pesquisa OPAS/OMS lança Atlas de Desenvolvimento Sustentável e Saúde, com indicadores econômicos, sociais e ambientais BA: Servidores do corpo técnico do INEMA

Para evitar a recessão, artigo de Montserrat Martins

opinião

  [EcoDebate] Uma vez os estudantes de Direito fizeram camisetas com os dizeres “Se o seu namorado não faz Direito, eu faço”. Os da Publicidade então lançaram a sua, “Não basta fazer direito, tem que ser criativo”. A malícia universitária serve de metáfora para a crise do governo gaúcho, acusado de não fazer direito, nem ser criativo, ou seja, de ser insensível e incapaz. Não pagar os salários em dia atinge diretamente

Lutas Sociais do Campesinato na Contemporaneidade no Brasil, artigo de Horacio Martins de Carvalho

Lutas Sociais do Campesinato na Contemporaneidade no Brasil HORACIO MARTINS DE CARVALHO (Curitiba, agosto de 2015) [EcoDebate] O campesinato brasileiro sempre viveu e ainda vive num ambiente de constante conflitualidade social onde a característica fundamental é a tentativa constante dos latifundiários e dos empresários capitalistas no campo de se apropriarem das terras e dos territórios dos camponeses. Não há paz, até porque a lógica expansionista do capital induz os empresários capitalistas à apropriação

A importância das Metas Sustentáveis do Milênio, artigo de Laís Vitória Cunha de Aguiar

[EcoDebate] As metas do milênio são bem conhecidas aqui no Brasil, sendo disseminadas em aulas escolares e até provas, mas e quanto aos objetivos sustentáveis do milênio (ODS)? O processo de mudança das metas ainda está ocorrendo, porém o essencial já foi acertado. O que seria o essencial? As dez primeiras metas, por exemplo, fazem parte do pacote essencial. E o cidadão com isso? O Brasil, nos últimos doze anos,

Média de investimentos das empresas em sustentabilidade é de apenas 2%, diz pesquisa

  Executivos entrevistados afirmaram que a preocupação com o meio ambiente é importante, mas “não agora”. Especialista vê resultado da pesquisa com preocupação   Duas pesquisas sobre a área ambiental e o mundo corporativo, feitas recentemente, viraram motivo de preocupação. Uma delas, guiada pela empresa britânica Verdantix, foi realizada com 250 líderes empresariais em 13 países. A outra, elaborada pelo Boston Consulting Group (BCG) em parceria com o Instituto de Tecnologia de Massachusetts,

OPAS/OMS lança Atlas de Desenvolvimento Sustentável e Saúde, com indicadores econômicos, sociais e ambientais

  A publicação foi elaborada com o objetivo de descrever a magnitude e a evolução de indicadores econômicos, sociais e ambientais e oferecer subsídios para o debate sobre as desigualdades no Brasil ao longo das últimas duas décadas.   A Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) lançou, no sábado (1), o Atlas de Desenvolvimento Sustentável e Saúde – Brasil 1991 a 2010. A publicação foi elaborada com o objetivo de descrever a magnitude

BA: Servidores do corpo técnico do INEMA divulgam Carta Aberta à Sociedade

  CARTA ABERTA À SOCIEDADE Nós, servidores do corpo técnico do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA), autarquia da administração indireta do estado da Bahia, somos responsáveis pela emissão de licenças, autorizações ambientais e outorga para o uso da água, pela fiscalização das atividades potencialmente poluidoras, pela criação e gestão de Unidades de Conservação, e pela gestão dos recursos hídricos, florestais e da biodiversidade, além da fiscalização da segurança de

COP21: ‘Qual é a prioridade? O meio ambiente ou a economia’. Entrevista com José Marengo

  “Para a definição de uma política sustentável, a agenda climática é um dos componentes, mas é preciso ter vontade política e compromissos de longo prazo; é algo que escapa um pouco da ciência climática”, afirma o meteorologista. Foto: estadão.com.br  Se os participantes da Conferência das Partes - COP-21, que acontece no mês de dezembro em Paris, conseguirem preparar as bases para um novo protocolo, que substituirá o Protocolo de Kyoto, a COP poderá

Escócia proíbe cultivo de produtos geneticamente modificados

rotulagem de transgênicos

  A Escócia vai proibir o cultivo de organismos geneticamente modificados em seu território, para preservá-lo “verde e limpo”, afirmou ontem (9) o ministro dos Assuntos Rurais, Richard Lochhead. Segundo nota do ministério, o governo escocês tomou como base as novas regras europeias que permitem que os países recusem individualmente “culturas geneticamente modificadas autorizadas pela União Europeia”. “Não temos nenhuma prova de que os consumidores prefiram produtos geneticamente modificados, e preocupa-me que a permissão

‘Governos tiveram pouco ou nenhum êxito em democratizar comunicação’, diz relator da OEA em evento da ONU

  Relator especial para a Liberdade de Expressão da OEA, Edison Lanza participou de mesa-redonda no Sindicato dos Jornalistas do Rio de Janeiro e destacou experiências globais que buscam regular a mídia ao mesmo tempo em que defendem e ampliam a liberdade de expressão. Encontro foi promovido pela ONU, Coletivo Intervozes e IESP/UERJ. “Todo ser humano tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência,

Top