Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.205, de 01/12/2014

    Identidade na diversidade, artigo de Montserrat Martins Reservas Particulares do Patrimônio Nacional: O potencial desperdiçado, artigo de Bruno Versiani Quando a Caatinga vira mina de Urânio, artigo de Norbert Suchanek Cuidar do meio ambiente garante seguros para veículos mais baratos, artigo de Henrique Vieira Brasil propõe diferenciar a responsabilidade de países no combate ao efeito estufa Circuitos curtos de comercialização beneficiam produtores e consumidores Brasileiros estão consumindo altas doses de

Identidade na diversidade, artigo de Montserrat Martins

    [EcoDebate] Não sabemos disso, pois não está clara nossa identidade nacional, tão diversas são as regiões do país. Mas o Brasil pode ser reconhecido tanto no interior do Acre quanto do Rio Grande do Sul, o que fica mais evidente se você atravessar a fronteira para a Bolívia ou para o Uruguai. Vendo as diferenças para os outros é que reconhecemos as nossas semelhanças, com nossas virtudes e defeitos. O

Reservas Particulares do Patrimônio Nacional: O potencial desperdiçado, artigo de Bruno Versiani

  Foto: Fundação Florestal, SP   [EcoDebate] Em relação às Reserva Particulares do Patrimônio Natural, o primeiro esboço de algum mecanismo semelhante para proteção ambiental veio com o reconhecimento de áreas particulares protegidas começou a ser previsto na legislação brasileira no Código Florestal de 1934. Naquela época, essas áreas eram chamadas de “florestas protetoras”. Em 1965, foi instituído o novo Código Florestal e a categoria “florestas protetoras” desapareceu. Em 1977, alguns proprietários procuraram

Quando a Caatinga vira mina de Urânio, artigo de Norbert Suchanek

    “No Ceará não tem disso não” No norte do continente americano, os Cree do Quebec e políticos, estão atualmente lutando para banir a mineração de Urânio no Quebec para sempre. Mas no sul do continente, no nordeste do Brasil, no interior do Ceará, empresários e políticos lutam para ter uma mina de urânio em nome do desenvolvimento.   Quando a Caatinga vira mina de Urânio [EcoDebate] O minério urânio é radioativo e altamente tóxico

Cuidar do meio ambiente garante seguros para veículos mais baratos, artigo de Henrique Vieira

    [EcoDebate] O aumento significativo da população e o desenvolvimento das cidades exigiu algumas modificações tecnológicas e estruturais para garantir crescimento e qualidade de vida. Porém, o mesmo não acompanhou as necessidades do meio ambiente. Entre os maiores problemas, está a poluição ocasionada pelos veículos. Devido à economia, à busca por trabalho e mais qualidade de vida, houve um aumento expressivo na quantidade de automóveis individuais em grandes e pequenos centros. Apesar dos

Brasil propõe diferenciar a responsabilidade de países no combate ao efeito estufa

  Proposta nacional que será apresentada às Nações Unidas cria metas distintas e obrigatórias de redução de gases nos países desenvolvidos e em desenvolvimento     Por Lucas Tolentino, do MMA. O governo brasileiro defenderá a responsabilidade diferenciada da comunidade internacional no corte de emissões de gases de efeito estufa. A proposta começou a ser negociada na segunda-feira (27/11), quando começou em Lima, capital do Peru, a 20ª Conferência das Partes (COP 20) da Convenção-Quadro das

Circuitos curtos de comercialização beneficiam produtores e consumidores

  Um novo boletim da FAO, Cepal e IICA, explica como os sistemas com base em vendas diretas podem beneficiar os consumidores e a agricultura familiar     O marketing em “circuitos de proximidade” de alimentos frescos produzidos localmente e de forma sustentável, tornou-se um fator-chave para a competitividade de pequenos agricultores. Os produtores dos alimentos reduzem seus custos e os consumidores têm acesso facilitado a produtos mais suadáveis. Esses mercados são denominados ecológicos, de

Brasileiros estão consumindo altas doses de agrotóxicos nos alimentos

    Especialista alerta que pimentão, morango e batata são culturas que apresentam níveis elevados de contaminação Tarde Nacional entrevista Márcio Menezes, coordenador da Rede Maniva de Agroecologia do Amazonas (Rema) , instituição que divulga e promove o plantio sem o uso de agrotóxicos. http://radios.ebc.com.br/system/files_force/episodios/2014-07/2818-48brasileiros-estao-consumindo-altas-doses-de-agrotoxicos-nos-alimentos.mp3 O programa Tarde Nacional vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 16h, na Rádio Nacional da Amazônia. A apresentação é de Juliana Maya. Produtor: Juliana Maya e Roberta Timponi Publicado no

Pará: MP quer instalar fóruns para combater impactos dos agrotóxicos

  A meta é criar dez fóruns, até dezembro deste ano, em todos os estados da Federação     O Ministério Público do Estado do Pará, por meio do Centro de Apoio Operacional Cível, em conjunto com a Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará) e órgãos que compõem a Comissão Estadual de Agrotóxicos, debateram a instalação do Fórum Estadual de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos no Pará. O objetivo é fortalecer a atuação conjunta

MPF/SP move ação contra usina de cana, por despejo de toneladas de lixo orgânico no rio Mogi-Guaçu

    Rompimento de reservatório causou despejo de toneladas de lixo orgânico no rio Mogi-Guaçu, cujo leito ficou comprometido por mais de 100 quilômetros O Ministério Público Federal em São Carlos (SP) ajuizou ação civil pública contra a Usina Santa Rita S/A – Açúcar e Álcool por danos ao meio ambiente. Em 4 de outubro de 2013, a empresa de Santa Rita do Passa Quatro foi responsável pelo derramamento de toneladas de resíduos

Lixo orgânico produzido em universidade na Califórnia vira energia para campus

    Por Heitor Shimizu, de Davis (EUA), para a Agência FAPESP. A principal área de pesquisa de Ruihong Zhang, professora no Departamento de Engenharia Biológica e Agrícola da University of California, Davis, tenta resolver de uma só vez dois importantes problemas na atualidade: a falta de energia e o excesso de lixo. Zhang e os cientistas do grupo que coordena estudam o uso de bactérias para transformar lixo orgânico – principalmente sobras de

SP: MTE resgata 37 bolivianos de trabalho em condições análogas à de escravos

  Grupo atuava em oficinas de costura ligadas localizadas na Zona Norte de São Paulo     Força Tarefa empreendida pelas Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego em São Paulo e no Rio Grande do Sul libertou nesta semana 37 trabalhadores bolivianos de condições análogas à de escravos, num flagrante acorrido numa oficina de costura localizada na Zona Norte de São Paulo. A ação ocorreu entre os dias 21 de outubro e 25 de

Top