Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.035, de 14/03/2014

    Carmagedom e a imobilidade urbana, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Comer peixe é muito saudável? artigo de Esther Vivas Justiça proíbe venda de milho transgênico da Bayer no Norte e Nordeste Deputados defendem a não renovação de cooperação nuclear com a Alemanha Orçamento médio de meio ambiente previsto pelos estados para 2013 foi menor que 3% Entre os nove estados que não gerem seus aquíferos, quatro são do NE

Carmagedom e a imobilidade urbana, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] Armagedon é um termo bíblico para indicar uma batalha final, algo como o fim do mundo. Em termos contemporâneos o Armagedom tem sido associado às possibilidades de catástrofe, como uma guerra nuclear e outros eventos de extrema gravidade. Exatamente porque o termo é carregado de dramaticidade que foi cunhada a expressão “Carmagedom”, significando que o excesso de carros conjugado com a falta de infraestrutura viária está provocando uma batalha final

Comer peixe é muito saudável? artigo de Esther Vivas

    [EcoDebate] Dizem-nos que comer peixe é do melhor. Que nos dá ômega 3, vitaminas B, cálcio, iodo… Mas, comer peixe é assim tão saudável? É mesmo benéfico para nós e para o meio ambiente? Que efeitos tem no fundo do mar e nas espécies marinhas? E nas comunidades locais? Quem sai a ganhar com a sua crescente procura? Movem-se águas turvas nos anúncios da indústria pesqueira. O consumo de peixe é

Justiça proíbe venda de milho transgênico da Bayer no Norte e Nordeste

    O Tribunal Regional Federal da 4ª Região proibiu ontem (13) a venda do milho transgênico Liberty Link, produzido pela Bayer, nas regiões Norte e Nordeste do país. A venda só poderá ocorrer após estudos serem apresentados à Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio). O relator da decisão, desembargador Alfredo Silva Leal Júnior, destacou que não foram feitas pesquisas suficientes e que, por terem diferenças em seus ecossistemas, as duas regiões

Deputados defendem a não renovação de cooperação nuclear com a Alemanha

    Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos Deputados Sarney Filho: no Brasil, o custo-benefício nos diz que nós não precisamos de energia nuclear. Parlamentares defenderam, nesta quinta-feira, que o País não renove o acordo de cooperação nuclear com a Alemanha. Assinado em 1975, durante o regime militar, o documento que prevê uso pacífico para a energia nuclear será renovado automaticamente, até o fim do ano, se nenhuma das partes se manifestar contrariamente à

Orçamento médio de meio ambiente previsto pelos estados para 2013 foi menor que 3%

    Do orçamento previsto pelos estados para 2013, a média de destinação à área ambiental foi 2,24%, informou ontem (13) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na Pesquisa de Informações Básicas Estaduais - Perfil dos Estados Brasileiros (Estadic). O trabalho se baseou em um questionário respondido pelos gestores estaduais no ano passado e apontou Minas Gerais como o que mais previu recursos para a área, com 7%, enquanto Goiás

Entre os nove estados que não gerem seus aquíferos, quatro são do NE

    Em média, a área ambiental recebia 2,24% dos orçamentos dos respectivos estados, variando de 0,13%, em Goiás, a 7,00% em Minas Gerais. Considerando apenas os royalties de petróleo e gás, são dez os estados brasileiros que fazem jus ao seu recebimento. Mas, segundo a ESTADIC 2013, apenas cinco estados (Sergipe, Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro e Santa Catarina) apontaram o recebimento de royalties como origem dos recursos financeiros para o

Temperaturas extremas pressionam produção energética no mundo

  Brasil sente os efeitos das altas temperaturas e de chuvas insuficientes   A tendência já verificada por cientistas de que extremos climáticos se tornem mais comuns, fazendo com que sejam registradas com frequência temperaturas muito mais altas ou muito mais baixas do que a média, tem pressionado a produção de energia no mundo. Um relatório do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC, ligado à ONU) havia indicado, no semestre passado, que as mudanças

Ser mascote da Copa trouxe poucos resultados para preservação do tatu-bola

  Tatu-bola, o animal que inspirou o mascote da Copa (wikipédia)   Quando saiu a decisão de que o tatu-bola seria o mascote da Copa de 2014, defensores da espécie acreditaram que seria o trampolim para mais conscientização e medidas de proteção do mamífero, que corre o risco de desaparecer. Porém apesar de o animal ser protagonista das publicidades do Mundial, poucas ações concretas foram realizadas para preservá-lo. A única, até o momento,

PMDB apresenta alternativa ao marco civil da internet sem neutralidade de rede

    Sefot Eduardo Cunha: primeiro votaremos pela rejeição do marco civil; se não for rejeitado, vamos discutir a emenda. O líder do PMDB, deputado Eduardo Cunha (RJ), apresentou nesta semana um texto alternativo ao projeto do marco civil da internet (PL 2126/11). A emenda faz parte da estratégia do PMDB para derrubar a proposta do governo. “Primeiro vamos votar pela rejeição do marco civil; se não for rejeitado, vamos discutir a emenda”, disse

Reféns do bolsonarismo, artigo de Conrado Hübner Mendes

    [O Estado de S.Paulo] O Brasil tem assistido a surtos agudos de primitivismo político. O fenômeno não é de direita nem de esquerda, não é de oposição nem de situação, não é conservador nem progressista. Merece outro adjetivo porque não aceita, por princípio, a política democrática e as regras do jogo constitucional. Esforça-se em corroê-las o tanto quanto pode. Não está disposto a discutir ideias e propostas à luz de

Top