Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.923, de 19/09/2013

    Arte e Ambiente, artigo de Efraim Rodrigues Médicos estrangeiros: o que assusta os dirigentes da categoria médica? artigo de Pedro Barbosa 'Se a Saúde perder a capacidade de avaliar os tipos de agrotóxicos será um retrocesso brutal', entrevista com Luiz Claudio Meirelles, Ensp/Fiocruz MPF quer suspender registro de agrotóxicos com carbendazim no Brasil Monocultivo e uso intensivo de agrotóxicos ameaçam a Chapada do Apodi (RN) Sistemas Agroflorestais geram mais renda

Arte e Ambiente, artigo de Efraim Rodrigues

    [EcoDebate] Beleza é fundamental, ainda preciso repetir para ver se vou aprendendo. Fui criado nas ciências, que sempre preferem conteúdos e essências a aparências, mas as ciências conhecem pouco do coração humano. Foi nos anos 80 que vi Koyaanisqatsi, um filme que consegue “falar” sobre todos problemas ambientais sem dizer uma palavra. Para um filme tão pouco convencional, ele até que fez um bom sucesso, conseguiu estar em muitas salas

Médicos estrangeiros: o que assusta os dirigentes da categoria médica? artigo de Pedro Barbosa

  Brasília, 26/08/2013 – Profissionais estrangeiros do Mais Médicos participam do curso de preparação, com aulas sobre saúde pública brasileira e língua portuguesa. Foto de Elza Fiuza/ABr   O governo, por meio do Ministério da Saúde, realizou no final de 2012 e início deste ano, chamada pública para médicos atuarem especificamente na atenção básica, reforçando o programa de saúde da família em mais de dois mil municípios candidatos, pelo período de um ano,

‘Se a Saúde perder a capacidade de avaliar os tipos de agrotóxicos será um retrocesso brutal’, entrevista com Luiz Claudio Meirelles, Ensp/Fiocruz

    Por Danielle Monteiro, da Agência Fiocruz de Notícias. O uso de agrotóxicos é atualmente um dos mais importantes fatores de risco para a saúde da população e o meio ambiente no Brasil. O país é atualmente o maior consumidor mundial desses produtos. De acordo com dados da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa), apesar de o Brasil não ser o maior produtor agrícola do mundo, o crescimento nacional do consumo de agrotóxicos

MPF quer suspender registro de agrotóxicos com carbendazim no Brasil

    Proibido nos EUA e em países da Europa, princípio ativo é considerado nocivo à saúde humana O Ministério Público Federal no DF (MPF/DF) entrou com ação na Justiça para suspender o registro de agrotóxicos formulados com carbendazim no Brasil. A medida deve ser adotada até que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) conclua o processo de reavaliação da toxicidade do princípio ativo, considerado nocivo à saúde humana por diversos estudos

Monocultivo e uso intensivo de agrotóxicos ameaçam a Chapada do Apodi (RN)

  Documentário “Chapada do Apodi – morte e vida” reúne críticas a projeto que ameaça 6 mil agricultores familiares. Assista ao vídeo e leia artigo do diretor Por Tiago Carvalho*, na Agência de Notícias Repórter Brasil Nas gravações de “Chapada do Apodi – morte e vida”, conhecemos José Holanda. Agricultor sem terra, durante 12 anos, foi peão na fazenda Boca da Mata, no alto da Chapada do Apodi, no Rio Grande do Norte.

Sistemas Agroflorestais geram mais renda e emprego que pecuária, diz estudo feito no MT

  Produção de palmito pupunha em Sistema Agroflorestal. Foto: Embrapa   Os sistemas agroflorestais, além de serem uma importante alternativa para manter a cobertura vegetal, geram 20 vezes mais empregos e até 93 vezes mais renda que a bovinocultura extensiva. É o que conclui a dissertação de mestrado do pesquisador Robert Davenport, aprovada pelo Centro de Pós-Graduação em Agronomia Tropical, Pesquisa e Ensino (Catie), de Turrialba, na Costa Rica.   Com o tema “A eficácia

‘Gás não convencional’, também conhecido como o ‘gás do xisto’ – Grandes reservas e polêmica

  Fracking (fratura hidráulica), imagem em www.gaslandthemovie.com   Sequer comentado ou até mesmo citado anteriormente pelo governo, veio à tona no debate energético o possível interesse do país na exploração do “gás não convencional”, também conhecido como o “gás do xisto”. O pesquisador Colombo Celso Gaeta Tassinari, doutor em Geoquímica e Geotectônica pela Universidade de São Paulo – USP esclarece que “o termo gás de xisto está errado, apesar de ser usado largamente pela

A urgência da diversificação da matriz energética brasileira. Entrevista especial com Pedro Bara

    “Em vez de olhar para o projeto de construção das hidrelétricas, é preciso olhar para a bacia hidrográfica onde se quer construí-las”, diz o engenheiro. Foto: http://bit.ly/1eLX4yk A possível construção de hidrelétricas pela Eletrobras na Guiana e no Suriname deve ser vista como “uma potência técnica interessante” tanto para o Brasil quanto para os países vizinhos, diz Pedro Bara à IHU On-Line, em entrevista concedida por telefone. Segundo ele, para o Brasil, esse

Tribunal determina paralisação da usina de Teles Pires por não prever impactos aos indígenas

  Hidrelétrica de Teles Pires em construção. Foto: amazonia.org   Terras Indígenas afetadas pelo Complexo Teles Pires. Mapa no blogue de Telma Monteiro.   Ibama aceitou estudos e concedeu licenças para a obra sem os estudos indígenas obrigatórios. Obra já destruiu patrimônio cultural e religioso dos índios da região   O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) ordenou a paralisação das obras da usina hidrelétrica de Teles Pires, no rio de mesmo nome, na divisa entre

Grupo Metrópole Fluvial, da FAU/USP, tem projeto para hidroanel na Grande São Paulo

  Hidroanel Metropolitano de São Paulo - clique para ampliar A navegação fluvial – que está entre os sistemas de transporte mais baratos e limpos que existem – é pouco praticada quando comparada a outros meios de locomoção no Brasil. Pensando num futuro em que o transporte rodoviário estará cada vez mais sobrecarregado em metrópoles como São Paulo, o Grupo Metrópole Fluvial desenvolveu um projeto para a construção de um hidroanel na região. O

Comunidade quilombola, do Pará, apresenta plano aprovado na primeira consulta prévia realizada no país

    Soluções para garantir renda, saúde e educação estão entre os pontos aprovados pela comunidade Representantes da Associação de Moradores da Comunidade Remanescente de Quilombo de Cachoeira Porteira (Amocreq), em Oriximiná, no oeste do Pará, visitaram, no dia 12 de setembro, a sede do Ministério Público Federal em Belém para apresentar o plano de desenvolvimento sustentável aprovado pela comunidade na primeira consulta prévia realizada no Brasil nos moldes da Convenção 169 da

Top