Projeto que proíbe uso de Bisfenol-A(BPA) em mamadeira é aprovado na Comissão de Direitos Humanos do Senado

Mamadeiras e chupetas que contenham a substância química bisfenol-A não poderão ser vendidas e nem mesmo oferecidas gratuitamente. A proibição, que objetiva evitar possíveis riscos à saúde das crianças, está contida em projeto (PLS 159/10) do senador Gim Argello (PTB-DF) aprovado nesta quarta-feira (24) pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH). O bisfenol-A é uma substância usada em plásticos e resinas. Produz materiais denominados de policarbonatos, que

Por uma ecologia profunda e revolucionária, entrevista com Bianca Kölling Turano

Para a advogada e ativista pelos direitos animais humanos e não humanos Bianca Turano, “o consumo de carne é o maior responsável pelo desmatamento e pelas queimadas em vastas áreas de floresta, além do enorme consumo de água doce, poluição de rios e lençóis freáticos, gastos de energia, produção de metano, e da latente desertificação dos oceanos, devido à captura dos animais aquáticos”. Bianca explica,

Bahia lança programa que transforma água salgada em água doce

O Programa Água Doce inaugura no dia 30/11 (terça-feira) a Unidade Demonstrativa na comunidade de Minuim, em Santa Brígida, no semiárido baiano A primeira Unidade Demonstrativa do Programa Água Doce (PAD) será inaugurada na comunidade de Minuim, no município de Santa Brígida, no próximo dia 30 de novembro. O programa é uma ação do governo federal através do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e coordenado, na Bahia, pelo Instituto

São Paulo: O lixo, afinal, no rumo certo, artigo de Washington Novaes

[O Estado de S.Paulo] Anuncia-se decreto com base no qual, cumprindo uma lei de 2002, a Prefeitura de São Paulo afinal vai cassar os alvarás de bares, restaurantes, lojas e outros estabelecimentos que deixarem de contratar empresas privadas para recolher seu lixo, se produzirem mais de 200 quilos (equivalentes a três sacos) por dia. Não há outra solução para as 4.147 empresas cadastradas como "grandes geradoras", diz a Prefeitura, embora

Maranhão: Esquema de fraude com empresas fantasmas ‘esquenta’ madeira ilegal

Reportagem do 'Estado' visita endereços de madeireiras no Maranhão e constata a inexistência dessas empresas; uma delas teria sede no meio do oceano, de acordo com as coordenadas fornecidas. Segundo a PF, há envolvimento de órgãos ambientais Um esquema que envolve a criação e a homologação de empresas fantasmas por parte do poder público tem garantido fraudes contínuas na emissão de Documentos de Origem Florestal (DOF), levando à legalização de astronômicas

Estudo sugere que alcoolismo de fim de semana pode ser mais perigoso que consumo continuado

O consumo excessivo de álcool concentrado nos fins de semana dobra os riscos de se morrer de parada cardíaca com relação a um consumo continuado, revelou um estudo [Patterns of alcohol consumption and ischaemic heart disease in culturally divergent countries: the Prospective Epidemiological Study of Myocardial Infarction (PRIME) ] comparativo feito na França e na Irlanda do Norte e publicado esta quarta-feira (24/11) na edição on-line do British Medical Journal

COP-16: ‘Países ricos deveriam liberar ajuda ao clima em Cancún’, defende comissária de Clima da UE

Em entrevista à Deutsche Welle, a comissária de Clima da UE, Connie Hedegaard, descreve as chances e dificuldades da cúpula de Cancún. Apesar da urgência, acordo internacional sobre o clima está longe de ser atingido. Deutsche Welle: Quais as prioridades da União Europeia na cúpula do clima de Cancún? Connie Hedegaard: A principal meta da UE é chegar a um conjunto equilibrado de decisões, que permita a continuidade das negociações internacionais sobre

COP-16 Cúpula do Clima em Cancún abordará questões chave, mesmo sem adoção de tratado

A conferência das Nações Unidas sobre o Clima, que começa esta segunda-feira em Cancún (leste do México), não está destinada a forjar um acordo global para combater o aquecimento, afirmaram organizadores e negociadores, mas pode avançar em questões chave como o desmatamento. Mais de 190 países se reúnem até 10 de dezembro no balneário mexicano para tentar reavivar a negociação sobre o clima, estancada após a decepção de Copenhague, um ano

Top