Desigualdade social é um grande obstáculo para o enfrentamento da Covid-19

 

Desigualdade social é um grande obstáculo para o enfrentamento da Covid-19

Professores e pesquisadores discutem sobre as epidemias e pandemias do passado frente à pandemia da Covid-19 durante debate virtual

 

O Fundo de População da ONU (UNFPA), em parceria com a Associação Brasileira de Estudos Populacionais (Abep), promoveram a 14ª edição da série de webinários População e Desenvolvimento em Debate. Professores e pesquisadores foram convidados para debaterem sobre as pandemias e epidemias da história e seus paralelos com a pandemia da Covid-19. Uma das conclusões dos especialistas foi de que a desigualdade social é de fato, conforme o passado nos ensina, um grande obstáculo para o enfrentamento de epidemias e pandemias.

A professora do departamento de História da Universidade Federal de Santa Maria, Nikelen Witter, analisou a pandemia do cólera no Brasil em meados do século XIX e comparou com o atual cenário, especialmente com um olhar para o comportamento da população. De acordo com a professora, “o cólera naquele momento se apresentou não apenas como ameaça à vida, mas às formas como a vida era organizada no período”, o que é bem semelhante ao que a pandemia da Covid-19 trouxe. “Apesar dos pobres serem os mais atingidos no século XIX, hoje não se pode falar que a Covid-19 é uma doença ‘democrática’, eu não acredito em pandemia democrática. Sofrerá mais sempre quem estiver mais fragilizado em um mundo tão hierárquico e com tantas diferenças e desigualdades sociais como o nosso.”

Maria Alice Rosa Ribeiro, pesquisadora colaboradora do Centro de Memória da Unicamp, traçou paralelos entre a epidemia de Influenza A (H1N1) na cidade de São Paulo em 1918. Nesse sentido, além de apresentar a forma como se lidou com a pandemia na época, a pesquisadora fez uma comparação entre as condições de moradia em diferentes espaços da cidade de São Paulo, as desigualdades sociais e como o número de mortes por mil habitantes era maior nos espaços sem acesso à água, esgoto, saneamento básico, higiene e alimentação apropriados. “Entre os bairros mais vulneráveis estavam os da região mais periférica, Mooca, Belenzinho, Brás e Bom Retiro”, afirmou Maria Alice.

Por outro lado, Flavio Coelho Edler, pesquisador da Casa Oswaldo Cruz e professor da Fiocruz, disse acreditar. que é “sempre temerário traçar paralelos entre as epidemias e pandemias do passado e a atual pandemia, pois para cada historiador, cada epidemia tem suas particularidades ligadas ao modo de vida de cada grupo humano”. Mesmo assim, o professor trouxe algumas experiências da história para refletir sobre os desafios do presente, como trechos de experiências de médicos do século XX.

A mediação do webinário foi realizada por Ana Silvia Volpi Scott, professora da Universidade Estadual de Campinas.

Assista esse debate na íntegra
https://www.youtube.com/watch?v=TT8Wnr9RdRI

A cada semana, a série “População e Desenvolvimento em Debate” promovida por UNFPA e ABEP realiza discussões entre academia, governo e sociedade civil sobre temas emergentes na Agenda de População e Desenvolvimento. Na próxima quarta-feira (05/08) o tema será: “O impacto da Covid-19 no acesso aos métodos contraceptivos”. Acompanhe no perfil do UNFPA no Youtube: youtube.com/unfpabrasil.

Do Fundo de População da ONU (UNFPA), in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 05/08/2020

Nota da redação: em relação ao tema “Covid-19 e desigualdade” sugerimos que leia, também:
Covid-19: Pandemia É Pior Para Mulheres, Pretos E Pardos E Classes Mais Baixas, Mostra Pesquisa

Desigualdade Social E A Covid-19: Os Adversos Brasis Da Pandemia

Letalidade Da Covid-19 É O Dobro Nas Favelas Em Relação Aos Bairros Ricos Do Rio

Desigualdade De Renda E A Pandemia Do Novo Coronavírus (COVID-19)

Coronavírus Expõe As Profundas Desigualdades Da Nossa Sociedade

Desigualdades Deixam O Brasil Mais Vulnerável A Epidemias Como A Do Coronavírus

Dados Das Capitais Brasileiras Mostram A Relação Entre Covid-19 E A Desigualdade

Periferias São Mais Vulneráveis Ao Coronavírus

Risco De Morrer Por Coronavírus Pode Ser Dez Vezes Maior Nas Regiões Com Os Piores Indicadores De Qualidade De Vida

 

Para pesquisar mais sobre este tema ou outros, use a ferramenta de pesquisa

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate com link e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top