Índice da edição nº 3.001, 2018 [de 20/06/2018]

    O decrescimento demoeconômico e o trilema da sustentabilidade, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Serra do Tombador, em Jacobina-BA: Sítios Arqueológicos Ameaçados, artigo de Carlos Victor Rios da Silva Filho Afinal, agimos ou continuamos a colecionar motivos para termos vergonha de ser brasileirxs? artigo de Tania Pacheco Disruptores Endócrinos: Crianças brasileiras estão expostas a moléculas que mudam equilíbrio hormonal MPT reforça apoio à Política Nacional de Redução de Agrotóxicos e rejeição ao PL do

O decrescimento demoeconômico e o trilema da sustentabilidade, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

“Acreditar que o crescimento econômico exponencial pode continuar infinitamente num mundo finito é coisa de louco ou de economista” Kenneth Boulding (1910-1993) [EcoDebate] O capitalismo é o sistema econômico que mais gerou riqueza desde o surgimento do Homo sapiens. O crescimento econômico e populacional dos últimos 240 anos não tem paralelo na história da humanidade. Tomemos o ano de 1776 como o marco inicial do capitalismo industrial- fóssil, pois foi o

Serra do Tombador, em Jacobina-BA: Sítios Arqueológicos Ameaçados, artigo de Carlos Victor Rios da Silva Filho

  [EcoDebate] A Serra do Tombador, em Jacobina – BA, compreende um divisor de águas entre a Bacia Hidrográfica do Rio Itapicuru e a Bacia Hidrográfica do Rio Salitre. Corresponde a uma borda de serra com mais de 75 Km de extensão onde afloram rochas de idade mesoproterozóica do Grupo Chapada Diamantina. Estas rochas registram os processos de sedimentação e de evolução tectônica ocorridas há milhares de anos, conforme apresentado por

Afinal, agimos ou continuamos a colecionar motivos para termos vergonha de ser brasileirxs? artigo de Tania Pacheco

  Foto: paraiba.com   Por Tania Pacheco, no Combate ao Racismo Ambiental* Desde a manhã de domingo, circulam nas redes sociais vídeos mostrando jovens brasileiros do sexo masculino (e não é por acaso que não utilizo a palavra homens) aparentemente brincando com mocinhas russas. A “aparência” termina em poucos segundos. No primeiro, postado como denúncia no Twitter bem cedo, um grupo sorridente envolve uma jovem e a incentiva a cantar um estribilho com alusões grosseiras

Disruptores Endócrinos: Crianças brasileiras estão expostas a moléculas que mudam equilíbrio hormonal

  Cosméticos são prováveis fontes de muitos disruptores endócrinos, que podem favorecer o desenvolvimento de doenças Por Ignacio Amigo, do Jornal da USP As crianças brasileiras estão expostas a níveis altos de parabenos e benzofenonas, duas classes de disruptores endócrinos (um tipo de molécula que não ocorre de forma natural no organismo e que pode alterar o equilíbrio hormonal) presentes em cosméticos e produtos de cuidado pessoal. É a principal conclusão de um

MPT reforça apoio à Política Nacional de Redução de Agrotóxicos e rejeição ao PL do Veneno

  Agrotóxicos causam oito intoxicações por dia no país. Subprocurador Pedro Serafim apresentou motivos principais que tornam ainda mais urgente a política   O Ministério Público do Trabalho (MPT) acompanha, nesta terça-feira (19), a votação do Projeto de Lei 6299/02, , o chamado PL do Veneno, na Câmara dos Deputados. O PL delega apenas ao Ministério da Agricultura a avaliação de novos agrotóxicos que entram no país, e acaba com a legislação específica

Tragédia de Mariana: Estudo vai monitorar 230 pontos do Rio Doce e investigar contaminação

  ABr   Um termo de cooperação assinado entre a Fundação Renova e a Fundação Espírito-Santense de Tecnologia (Fest) permitirá a realização de um estudo sobre a biodiversidade da porção capixaba do Rio Doce. Serão monitorados 230 pontos, incluindo uma larga região oceânica no entorno da foz, entre Guarapari (ES) e Porto Seguro (BA). A pesquisa terá a participação de pesquisadores de mais de 24 instituições em todo o país. Eles vão investigar a

Vistorias realizadas pelo MPF apontam graves violações de direitos humanos em comunidades terapêuticas

  Vistorias foram realizadas pelo MPF nas cinco regiões do País. Relatório identifica ocorrências como privação de liberdade, trabalhos forçados e internação de adolescentes Imagem: PFDC Uso de castigos físicos, privação de liberdade, violação à liberdade religiosa, trabalhos forçados e sem remuneração, além de conduções à força para a internação – por meio do uso de contenção física ou medicamentosa. Essas foram algumas das violações identificadas por uma inspeção nacional realizada em comunidades

Top