Índice da edição nº 2.965, 2018 [de 20/04/2018]

    Brasil submergente vive o pior docênio (2011-2022) dos 200 anos da Independência, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Mais da metade do esgoto produzido no Brasil vai para a natureza sem qualquer tipo de tratamento 45% das barragens no Brasil funcionam de forma irregular e sem autorização Sistema Agroflorestal para gerar alimentos, energia e renda no Nordeste Falta de debate e participação social marcam novo projeto de licenciamento ambiental brasileiro MG permite conversão de multas

Brasil submergente vive o pior docênio (2011-2022) dos 200 anos da Independência, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] Por quase 180 anos, desde a Independência (em 1822), o Brasil foi uma nação emergente no cenário internacional e apresentou grande crescimento populacional (passou de 4,7 milhões de habitantes em 1822, para 121 milhões em 1980 e mais de 200 milhões atualmente), assim como grande crescimento do Produto Interno Bruto (PIB). A participação do PIB brasileiro no PIB mundial subiu de 0,43% em 1822 para 3,2% em 1980, mas

Mais da metade do esgoto produzido no Brasil vai para a natureza sem qualquer tipo de tratamento

    Eliane Gonçalves, da Radioagência Nacional Segundo os dados do SNIS, o Sistema Nacional de Informações sobre o Saneamento, de cada 100 litros de esgoto produzido no ano de 2016, menos de 45 litros foram tratados. O restante, ou seja 55% do total, foi lançado na natureza sem qualquer tipo de tratamento. Os números mostram que enquanto o fornecimento de água potável já está próximo à universalização, a coleta e o tratamento do

45% das barragens no Brasil funcionam de forma irregular e sem autorização

    ABr Pelo menos 45% das barragens no Brasil funcionam de forma irregular e sem autorização, segundo a Agência Nacional de Águas (ANA). São 10.330 barragens sem concessão ou licença de um total de 22.920, o que dificulta a fiscalização e o monitoramento. O assunto foi debatido na quarta-feira (18), em Brasília, durante o seminário Política Nacional de Segurança de Barragens: Experiências na Implementação e Identificação de Melhorias, que prossegue até amanhã

ILPF: Sistema Agroflorestal para gerar alimentos, energia e renda no Nordeste

  Foto: Simone Fávaro   Integração Lavoura-Pecuária-Florestas (ILPF) também pode atender o mercado de agroenergia, conferindo ainda mais sustentabilidade ao setor e gerando renda para a agricultura familiar. No Nordeste brasileiro, a Embrapa e o World Agroforestry Centre (Icraf), estão utilizando a macaúba em consórcio com culturas alimentares visando agregar maior sustentabilidade à produção de matéria-prima para biocombustíveis. Os experimentos estão em dois locais: em Parnaíba, no Piauí, região litorânea; e em Barbalha, no

Falta de debate e participação social marcam novo projeto de licenciamento ambiental brasileiro

    A ARTIGO 19 entregou na quarta-feira(18) uma carta ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), na qual cobra a realização de audiências públicas para discutir o teor do projeto de lei (PL) 3.729/2004, que pretende mudar as regras do licenciamento ambiental no Brasil. No documento, a ARTIGO 19 afirma que a falta de espaços para se debater o projeto “é inaceitável diante da complexidade da proposta e do fato de se tratar de

MG permite conversão de multas ambientais em prestação de serviços e em melhorias do meio ambiente

  ABr O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, assinou ontem (19) termo de cooperação interinstitucional que trata da conversão das multas ambientais não quitadas em prestação de serviços e em melhorias do meio ambiente. O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) também são signatários. Na prática, o termo cria regras para que os valores cobrados em decorrência de uma infração possam ser revertidos

Top