Índice da edição nº 2.875, 2017 [de 22/11/17]

    Os países da ASEAN se preparam para a Revolução 4.0, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Ecologia não é ideologia, artigo de Giem Guimarães Vozes do Direito indígena refletem sobre cenário atual, artigo de Sucena Shkrada Resk Amazônia Protege: MPF busca a punição de todos os responsáveis por desmatamentos ilegais acima de 60 hectares Amazônia Protege: MPF propõe 757 ações civis públicas contra desmatamento ilegal Indústria do açúcar dos EUA ocultou evidências dos efeitos da

Os países da ASEAN se preparam para a Revolução 4.0, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] A Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN, na sigla em inglês) é uma organização regional instituída em 8 de agosto de 1967 (comemorou 50 anos em 2017) e atualmente engloba 10 nações: Indonésia, Malásia, Filipinas, Singapura e Tailândia (as 5 primeiras) e, mais recentemente, Brunei, Myanmar, Camboja, Laos e Vietnã. Estes 10 países juntos, em 2017, apresentam um PIB de US$ 7,9 bilhões (em ppp), pouco menor do que

Ecologia não é ideologia, artigo de Giem Guimarães

    [EcoDebate] Quero aqui discorrer sobre uma falácia. A de que conservacionismo e preservação ambiental são políticas “de esquerda”, ou, ainda, que vão contra o desenvolvimento econômico. Para tanto, demonstrarei que essas são posturas pregadas por radicais ou oportunistas, que, normalmente, ganham mais visibilidade em tempos de crise econômica e política, como a que vivemos. Temos visto uma crescente polarização entre grupos políticos nos últimos anos no Brasil. De um lado, egrégios

Vozes do Direito indígena refletem sobre cenário atual, artigo de Sucena Shkrada Resk

    Compreender os conceitos de bem-viver, de patrimônios imaterial e espiritual, do significado holístico da terra, do ecossistema e do território como casa (mãe “pachamama”) e local sagrado, é o grande desafio das visões herméticas dos Estados que ainda se estabelecem na lógica de commodities e de uma cultura colonizadora por séculos. Este universo que abriga polos opostos resulta atualmente na cobrança cada vez maior de respeito ao direito internacional de

Amazônia Protege: MPF busca a punição de todos os responsáveis por desmatamentos ilegais acima de 60 hectares

    Projeto mapeou mais de 1,2 mil grandes áreas desmatadas de forma irregular entre 2015 e 2016; 757 ações civis públicas já foram propostas Ação coordenada do Ministério Público Federal (MPF) com os órgãos ambientais federais identificou 1.262 áreas de desmatamento ilegal na Amazônia com mais de 60 hectares de extensão cada, registradas por monitoramento de satélite realizado de agosto de 2015 a julho de 2016. Por meio de cruzamento com bancos

Amazônia Protege: MPF propõe 757 ações civis públicas contra desmatamento ilegal

    Em solenidade de lançamento da ação coordenada, Raquel Dodge destacou o trabalho conjunto no combate ao desmatamento “Cada órgão pode fazer sua parte, mas juntos podemos apresentar resultados ainda melhores”. A declaração sobre ação coordenada do Ministério Público Federal (MPF) em parceria com órgãos de fiscalização para combater o desmatamento ilegal na floresta amazônica foi feita pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, durante o lançamento do Projeto Amazônia Protege, na Procuradoria-Geral

Indústria do açúcar dos EUA ocultou evidências dos efeitos da sacarose na saúde há quase 50 anos

  Um grupo de comércio da indústria açucareira dos EUA parece ter retirado um estudo que estava produzindo evidências de animais que ligavam a sacarose a doenças cardiovasculares há quase 50 anos. Por Henrique Cortez, EcoDebate, com informações da PLOS Os pesquisadores Cristin Kearns, Dorie Apollonio e Stanton Glantz, da Universidade da Califórnia em San Francisco, analisaram os documentos internos da indústria açucareira e descobriram que a Sugar Research Foundation (SRF) financiou pesquisa

Movimentos sociais divulgam carta onde questionam o atual modelo ‘desenvolvimentista’ que privatiza a água a grandes projetos

  Em carta, movimentos sociais questionam utilização da “água como mercadoria que promove carência, doença e morte” Fotos: Fórum de Mudanças Climáticas e Justiça Social Por Guilherme Cavalli, da assessoria de comunicação - Cimi “O povo sabe que precisa de um modo de convivência que promova o Bem Viver e aponte para a Terra Sem Males. Este processo será construído democraticamente desde as comunidades autogestionárias até o nível nacional e além”. Os participantes do seminário

Fiscalização interdita oito aeronaves agrícolas em MS por irregularidades na pulverização de agrotóxicos

  Uma das empresas investigadas foi autuada em R$ 1,6 milhão por irregularidades na pulverização de agrotóxicos     Foi deflagrada nesta segunda-feira (20) a operação Deriva II, uma fiscalização voltada ao combate de irregularidades na aplicação de agrotóxicos por empresas de aviação agrícola em Mato Grosso do Sul. Hangares localizados nos municípios de Ponta Porã, Rio Brilhante e Aral Moreira foram alvo das diligências, que continuam nesta terça-feira (21). A ação é desdobramento

Top