Índice da edição nº 2.824, 2017 [de 04/09/17]

    A Amazônia é aqui, artigo de Montserrat Martins O Furacão Harvey e os desastres climáticos no Antropoceno, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Risco da ingestão de farinhas de mandioca e tucupi coloridos artificialmente, por Raimundo Nonato Brabo Alves e Moisés de Souza Modesto Junior Mineração na Amazônia: os impactos sociais e ambientais que não se pode deixar de lado #RetrocessoAmbientalNão: PGR pede inconstitucionalidade de lei que favorece grilagem e

A Amazônia é aqui, artigo de Montserrat Martins

    [EcoDebate] Gisele Bündchem e Ivete Sangalo entraram nessa causa, mas você talvez não tenha pensado ainda: o que muda na sua vida se o Temer extinguir essa Reserva na Amazônia, para liberar a exploração mineral na área? Fotos de perfil no Facebook estão com a tarja “SOS Amazônia” porque a medida abre a Amazônia à devastação por negócios predatórios, sem cuidados com a preservação dos nossos tesouros naturais. A derrubada da floresta

O Furacão Harvey e os desastres climáticos no Antropoceno, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] O furacão Harvey que atingiu a cidade de Houston e várias outras cidades do Texas e da Louisiana nos Estados Unidos (que matou cerca de 50 pessoas) não foi o único desastre climático que casou danos no final de agosto de 2017. Fortes chuvas também atingiram a cidade de Qinzhou na China e os efeitos das monções provocaram grandes inundações na Índia e no Sul da Ásia, deixando cerca

Risco da ingestão de farinhas de mandioca e tucupi coloridos artificialmente, por Raimundo Nonato Brabo Alves e Moisés de Souza Modesto Junior

  RISCO DA INGESTÃO DE FARINHAS DE MANDIOCA E TUCUPI COLORIDOS ARTIFICIALMENTE Raimundo Nonato Brabo Alves Eng. Agrôn. M.Sc. em Agronomia. Pesquisador da Embrapa Amazônia Oriental. E-mail: raimundo.brabo-alves@cpatu.embrapa.br Moisés de Souza Modesto Junior Eng. Agrôn. Especialista em Marketing e Agronegócio. Analista da Embrapa Amazônia Oriental. E-mail: moises.modesto@embrapa.br       [EcoDebate] Os amazônidas e especialmente os paraenses são consumidores natos de mandioca, principalmente na forma de farinha de mesa e na composição de pratos típicos como o

Mineração na Amazônia: os impactos sociais e ambientais que não se pode deixar de lado

  Exploração de minérios traz mais perdas que ganhos e enfraquece a conservação de áreas naturais, afirmam especialistas Após a decisão do Governo Federal, na última segunda-feira (28), de revogar o Decreto número 1.942 e editar um novo, especificando as áreas que serão exploradas pela mineração na Amazônia, o assunto voltou à tona com força. Nas últimas duas semanas o maior bioma do Brasil tem sido foco de notícias e especulações, e

#RetrocessoAmbientalNão: PGR pede inconstitucionalidade de lei que favorece grilagem e desmatamento na Amazônia

  Para Janot, Lei 13.465/2017 fere princípios constitucionais e resultará em um dos maiores processos de perda de patrimônio público da história do Brasil     O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ajuizou no Supremo Tribunal Federal (STF) ação em que pede a inconstitucionalidade da Lei 13.465, sancionada em julho deste ano, que trata da regularização fundiária rural e urbana e da ocupação de terras da União na Amazônia Legal. Segundo o PGR, a

As chuvas na área central do Brasil devem demorar para chegar, prevê MCTIC

  ABr Além disso, a tendência é que o volume de chuva em setembro, outubro e novembro fique abaixo da média histórica     As chuvas na área central do Brasil, que normalmente começam na segunda quinzena de setembro, devem demorar mais para chegar neste ano. Além disso, a tendência é que o volume de precipitação em setembro, outubro e novembro ocorra abaixo da média histórica. A previsão é do Grupo de Trabalho em Previsão

Redes da sociedade civil encaminham contribuições para Plano Decenal de Expansão de Energia 2026

  Por Sucena Shkrada Resk, do ICV Redes da sociedade civil organizada encaminharam um documento conjunto, no qual colocam suas contribuições para a versão preliminar do Plano Decenal de Expansão de Energia 2026 (PDE 2026), submetida à consulta pública pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e pelo Ministério de Minas e Energia (MME), cujo prazo terminou no dia 27 de agosto. O principal objetivo é incorporar efetivamente a dimensão socioambiental no planejamento do setor energético

Top