Índice da edição nº 2.819, 2017 [de 28/08/17]

    População e Pegada Ecológica na África, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Argumentos mentirosos para privatizar a Eletrobras, artigo de Heitor Scalambrini Costa Inscrição para Educação no Campo termina em 31 de agosto, na UnB, por Nilo Sergio S. Gomes Extinção da Reserva Nacional de Cobre e Associadas (Renca) coloca em risco nove áreas protegidas na Amazônia Estudo aponta altos níveis de mercúrio no sangue de moradores de Santarém, PA Pecuária, a máquina que move

População e Pegada Ecológica na África, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] O continente africano tem um grande desafio no século XXI: garantir bem-estar para sua crescente população e qualidade ambiental para um meio ambiente em constante deterioração. As projeções probabilísticas da ONU, conforme o gráfico acima, indicam que a África pode ter uma população entre 3 e 6 bilhões de habitantes em 2100, mas com a projeção média indicando a maior probabilidade de haver 4,5 bilhões de habitantes no final do

Argumentos mentirosos para privatizar a Eletrobras, artigo de Heitor Scalambrini Costa

    [EcoDebate] A palavra privatizar é definida como: “realizar a aquisição ou incorporação de (empresa do setor público) por empresa privada”, “colocar sob o controle de empresa particular a gestão de (bem público)”. Foi anunciado recentemente pelo atual governo golpista (sem voto, sem credibilidade popular) a aceleração do processo de depredação e entrega do patrimônio público com um amplo programa de privatizações, que pretende transferir áreas de mineração e exploração de petróleo

Inscrição para Educação no Campo termina em 31 de agosto, na UnB, por Nilo Sergio S. Gomes

  Vai até o próximo dia 31 o prazo para inscrição no vestibular que vai selecionar candidatos para o ingresso no curso de Licenciatura em Educação no Campo, em nível de graduação, ministrado na Universidade de Brasília (UnB). São 140 vagas que serão divididas em duas turmas de 70 alunos cada uma, A primeira turma terá início no primeiro semestre de 2018 e a outra, no segundo. A prova será realizada no

Extinção da Reserva Nacional de Cobre e Associadas (Renca) coloca em risco nove áreas protegidas na Amazônia

    Extinção da Reserva Nacional de Cobre e Associadas (Renca) deverá gerar uma série de conflitos entre a atividade minerária, a conservação da biodiversidade e os povos indígenas. O governo federal publicou nesta quarta-feira (23) o decreto que extingue a Reserva Nacional de Cobre e Associadas (Renca), uma área de 47 mil quilômetros quadrados entre o Pará e o Amapá – o equivalente ao tamanho do estado do Espírito Santo. A região,

Estudo aponta altos níveis de mercúrio no sangue de moradores de Santarém, PA

  Por Marcia Wonghon, da Radioagência Nacional Pesquisadores da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) identificaram, em estudo, altos níveis de mercúrio no sangue de moradores de Santarém, que têm hábito de consumir de peixes. A suspeita é que os peixes da região estejam contaminados pela substância, por conta de desmatamentos, queimadas e construção de usinas hidrelétricas. A bióloga Heloísa, de Moura Meneses, responsável pelo estudo com 144 pessoas, residentes na zona

Pecuária, a máquina que move o desmatamento da Amazônia

  IHU Pecuária avança por áreas protegidas e está por trás de 65% do desflorestamento. No Amazonas, moradores de unidades de uso sustentável tentam conter destruição da mata. A reportagem é de Nádia Pontes e publicada por Deutsche Welle, 24-08-2017. Na lógica que move a destruição da Floresta Amazônica, ainda é raro encontrar histórias de transformação como a de Roberto Brito de Mendonça, de 43 anos. Foram necessários 100 anos para que se rompesse

Desperdício, falhas de planejamento e ausência de integração ameaçam os recursos hídricos do país

  Dênio Simões/Agência Brasília Em audiência pública da Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia (CINDRA), pesquisadores e representantes de organizações não-governamentais apontaram falhas na elaboração, execução e acompanhamento das metas do Plano Nacional de Recursos Hídricos, um dos instrumentos que orienta a gestão e uso das águas no Brasil. A avaliação levou em conta a atual crise no abastecimento e a perspectiva de aumentar a necessidade de água para consumo

Alterações mais pronunciadas no desempenho cognitivo são encontradas em usuários precoces da cocaína

  Por Júlio Bernardes, do Jornal da USP Cocaína tem ação mais devastadora no cérebro de adolescentes - Usuários precoces também têm maior frequência de consumo de outras substâncias, como álcool e maconha, do que o grupo de início tardio, após os 18 anos Usuários de cocaína de início precoce, antes dos 18 anos, exibem alterações neuropsicológicas mais pronunciadas, com prejuízos nas funções do cérebro. A constatação foi feita em pesquisa do Instituto de

Top