Índice da edição nº 2.734, 2017 [de 10/04/17]

    O 'fator Tite', artigo de Montserrat Martins Rio Branco/Acre: a capital mais adiantada na transição religiosa, artigo de José Eustáquio Diniz Alves O Brasil rural é maior do que estimou o Governo, artigo de Nilo Sergio S. Gomes Em dez anos, fontes de energias renováveis podem ser mais baratas que combustíveis fósseis, estima ONU Incidência Política: a força indígena na defesa dos direitos Lucrativa, Sabesp quer aumentar tarifa residencial, mas

O ‘fator Tite’, artigo de Montserrat Martins

    [EcoDebate] Um colega médico que trabalha na Seleção Brasileira me dizia que um time não depende dos técnicos, mas dos jogadores. Dizia, até Tite assumir a Seleção e empilhar uma série inédita de vitórias consecutivas. É difícil imaginar como pode haver tanta diferença entre esse profissional e seus antecessores, com os quais o Brasil vinha penando uma baixa de seu prestígio no futebol na última década. Dois fatores, no mínimo, fazem

Rio Branco/Acre: a capital mais adiantada na transição religiosa, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] Depois de 500 anos de predominância católica, o Brasil está passando por uma transição religiosa, com declínio das filiações católicas e aumento das filiações evangélicas, além do aumento do percentual de outras religiões e do percentual de pessoas que se declaram sem religião. Esse fenômeno acontece em todo o território nacional, mas com ritmos diferentes nas regiões, nos estados e nos municípios. A Unidade da Federação com menor percentual de

O Brasil rural é maior do que estimou o Governo, artigo de Nilo Sergio S. Gomes

  [EcoDebate] Os dados apurados pelo Cadastro Ambiental Rural (CAR) revelam um Brasil rural maior do que as estimativas iniciais do próprio Serviço Florestal Brasileiro, do Ministério do Meio Ambiente. Além disso os números deixam evidente a forte concentração da terra em poucas propriedades, especialmente no Norte e no Centro-Oeste do país, realidade que se mantém desde os tempos do Brasil Colônia. O Cadastro foi criado a partir do novo Código Florestal

Em dez anos, fontes de energias renováveis podem ser mais baratas que combustíveis fósseis, estima ONU

  ONU Segundo a ONU Meio Ambiente, 100% da energia consumida no mundo pode ser proveniente de fontes renováveis até 2050, número que chega a 20% atualmente; custos desse sistema energético podem ser mais baratos do que combustíveis fósseis em dez anos. Foto: Banco Mundial / Dana Smillie Cem por cento da energia consumida no mundo pode ser proveniente de fontes renováveis até 2050 – e os custos desse sistema energético podem ser mais

Incidência Política: a força indígena na defesa dos direitos

  CIMI Tefé (AM) “O diálogo precisa acontecer e ser permanente. Os órgãos públicos precisam ouvir o povo indígena, conhecer as necessidades e assumir sua responsabilidade de criar e implementar políticas públicas específicas para nós”. Essa foi a principal reivindicação das lideranças dos povos Deni e Kanamari na reunião de incidência com órgãos públicos que aconteceu no município de Itamarati (AM), no dia 29 de março de 2017.     A reunião em Itamarati foi

Lucrativa, Sabesp quer aumentar tarifa residencial, mas continua dando desconto para grandes empresas

  A Pública obteve através da Lei de Acesso à Informação a lista de 466 empresas que têm contratos de demanda firme para abastecimento de água em São Paulo. Clientes como Volkswagen, Itaú e Nestlé pagam menos e consomem mais Por Natalia Viana, da Agência Pública   Dias depois de o presidente da Sabesp, Jerson Kelman, anunciar que busca um “pacto social” para aumentar a conta de água para a classe média, a Pública

MT: Indústria de processamento de produtos agrícolas mantinha 31 pessoas em situação análoga à escravidão

    Por Maíra Heinen, da Radioagência Nacional Trinta e uma pessoas foram resgatadas esta semana de uma multinacional chinesa em Mato Grosso, em situação semelhante à escravidão. O resgate ocorreu no município de Nova Maringá. As vítimas trabalhavam no manejo da soja para a empresa COFCO Agri, indústria de processamento de produtos agrícolas com sede nacional em São Paulo. Os trabalhadores foram recrutados pelo Sindicato dos Trabalhadores de Movimentação de Mercadorias de Nova

Top