Índice da edição nº 2.705, 2017 [de 21/02/17]

    Um novo arranjo de equilíbrio, artigo de Roberto Naime Cultivo de hortaliças em várzeas amazônicas: uma técnica tradicional para evitar a água e a umidade, por Cristiaini Kano e Daniel Felipe de Oliveira Gentil As commodities ambientais e a métrica do carbono, artigo de Amyra El Khalili Estudo mostra que, em 2015, apenas 42% dos esgotos eram tratados Combate ao desmatamento ilegal passa pela perda de capitais de fazendeiros Justiça determina que SP crie Área

Um novo arranjo de equilíbrio, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Países como o Butão já substituíram a noção de acumulação de bens que é sustentada no Produto Interno Bruto (PIB), por indicadores de felicidade existencial para mensurar parâmetros de vida. Também já induziram e determinaram o uso apenas da agricultura orgânica, dispensando a ‘venenama’ dos agrotóxicos ou aos organismos geneticamente modificados, chamados de transgênicos. Este é o caminho para novo arranjo de equilíbrio? Sem dúvida, pode ser uma nova trilha por

Cultivo de hortaliças em várzeas amazônicas: uma técnica tradicional para evitar a água e a umidade, por Cristiaini Kano e Daniel Felipe de Oliveira Gentil

Cultivo de hortaliças em várzeas amazônicas: uma técnica tradicional para evitar a água e a umidade excessiva Cristiaini Kano1, Daniel Felipe de Oliveira Gentil2 1 Engenheira Agrônoma, pesquisadora da Embrapa Monitoramento por Satélite. Campinas/SP. E-mail: cristiaini.kano@embrapa.br 2 Engenheiro Agrônomo, Professor da Universidade Federal do Amazonas. Manaus/AM. E-mail: dfgentil@ufam.edu.br A Amazônia compreende a maior extensão de floresta tropical úmida do planeta, com área de 6.099.788 km², distribuída nos territórios do Brasil (58,8%), Peru (13%), Colômbia

As commodities ambientais e a métrica do carbono, artigo de Amyra El Khalili

As commodities ambientais e a métrica do carbono Amyra El Khalili[1]* De acordo com o Ministério da Agricultura,  em 2013 o agronegócio brasileiro atingiu a cifra recorde de 99,9 bilhões de dólares em exportações. Soja, milho, cana ou carne ganham os mercados externos na forma de commodities: padronizadas, certificadas e atendendo a determinados critérios e valores regulados internacionalmente. No entanto, as monoculturas extensivas não deveriam ser a única alternativa de produção brasileira. A

Estudo mostra que, em 2015, apenas 42% dos esgotos eram tratados

  ABr Levantamento divulgado ontem (20) pelo Instituto Trata Brasil, em parceria com a consultoria GO Associados, revela que 50,3% dos brasileiros tinham acesso à coleta dos esgotos em 2015, porém somente 42% dos esgotos eram tratados. Cerca de 34 milhões de brasileiros não tinham acesso a água tratada naquele ano. O estudo mostra que, apesar dos investimentos feitos nos últimos cinco anos, o país avançou pouco em saneamento básico, inclusive nas capitais. Elaborado

Combate ao desmatamento ilegal passa pela perda de capitais de fazendeiros

    Por Michelle Moreira, da Radioagência Nacional As vantagens econômicas de quem desmata ilegalmente são maiores do que o risco de uma possível punição aos desmatadores. Esta é a conclusão do estudo do pesquisador e analista ambiental Jair Schimitt, da Universidade de Brasília (UnB) .   http://audios.ebc.com.br/2e/2ed54c9f5dffb510a26052ea3fc1a58d.mp3   A pesquisa – apresentada em tese de pós-graduação – avalia o efeito das punições administrativas aplicadas pelo Ibama para coibir o desmatamento na Amazônia. O pesquisador explica que para

Justiça determina que SP crie Área de Proteção Ambiental do aquífero Guarani

    Estado terá que criar Área de Proteção Ambiental do aquífero Guarani - Medida precisará ser implementada em até seis meses O governo do Estado terá que criar uma Área de Proteção Ambiental (APA) da recarga do aquífero Guarani, que abastece a região de Ribeirão Preto, no interior. A decisão é de novembro de 2016 e dá 180 dias para a implantação e regulamentação da medida, descriminada no Plano de Trabalho da

Estudo analisa impactos das mudanças climáticas na Amazônia

  Pesquisa - Estudo analisa os anéis de crescimento de três espécies de árvores nativas para medir alterações no clima da região Por Portal Brasil     Cientistas do Instituto Mamirauá em parceria com a Universidade de São Paulo (USP) estão adotando uma nova estratégia para medir o impacto das mudanças climáticas na floresta de várzea da Amazônia: por meio da análise dos anéis de crescimento de três espécies de árvores. "O que já sabemos é

Devedores da Previdência Social devem quase três vezes o déficit do setor

    Os devedores da Previdência Social acumulam uma dívida de R$ 426,07 bilhões, quase três vezes o atual déficit do setor, que foi cerca de R$ 149,7 bilhões em 2016. Na lista, com mais de 500 nomes, aparecem empresas públicas, privadas, fundações, governos estaduais e prefeituras que devem ao Regime Geral da Previdência Social, segundo levantamento da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, responsável por fazer a cobrança dessas dívidas. De acordo com o

Top